Menu
Natalia Gómez
Natalia Gómez
Balanço

Perto de ser vendida, Braskem amarga queda de 30% no lucro líquido em 2018

O resultado de R$ 2,9 bilhões da petroquímica ficou abaixo das expectativas dos analistas, que previam lucro líquido ajustado de R$ 3,276 bilhões em 2018

13 de março de 2019
19:28 - atualizado às 10:19
Em balanço, empresa destacou incertezas no cenário petroquímico global - Imagem: Estadão Conteúdo/Alex Silva

Em meio às expectativas de que pode ser vendida a qualquer momento, a Braskem divulgou nesta quarta-feira (13) resultados bem mais fracos do que no ano passado, com queda de 30% no lucro líquido, para R$ 2,907 bilhões em 2018. O resultado ficou abaixo da expectativa dos analistas – que previam lucro líquido de R$ 3,276 bilhões em 2018.

No quarto trimestre, a empresa teve prejuízo de R$ 179 milhões, ante um lucro líquido de R$ 313 milhões um ano antes. O prejuízo atribuível aos acionistas foi de R$ 78 milhões. O Ebitda recuou 35% para R$ 1,9 bilhão na mesma comparação, enquanto a receita líquida cresceu 17% para R$ 14,8 bilhões.

Segundo a Braskem, o resultado foi causado por uma série de “eventos extraordinários” ao longo do ano. A empresa citou a greve dos caminhoneiros, um incidente na planta de cloro soda de Alagoas, cortes de energia no Nordeste, um inverno rigoroso nos Estados Unidos, além da restrição logística no recebimento de propeno nas plantas da Europa, causada pelo baixo nível fluvial.

Além disso, a empresa destacou incertezas no cenário petroquímico global, como a desaceleração da economia chinesa e as políticas protecionistas adotadas pelos Estados Unidos e China.

Em 2018, a receita líquida da empresa, maior fabricante de resinas termoplásticas das Américas, avançou 18% para R$ 58 bilhões. O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) Ajustado foi de R$ 11,3 no ano, queda de 8% na comparação anual.

O resultado da companhia também foi impactado pela queda dos spreads (diferença de preço em relação à matéria-prima) de petroquímicos e vilínicos em praticamente todos os seus mercados de atuação, com exceção dos Estados Unidos, onde o spread aumentou 13%. No Brasil, a queda mais expressiva ocorreu no spread de vinílicos, que recuou 31% na variação anual.

E a demanda?

A demanda de resinas no mercado brasileiro – levando em conta polietileno (PE), polipropileno (PP) e PVC – foi de 5,187 milhões de toneladas no ano, avanço de 2,4% ante 2017. Segundo a Braskem, o aumento se explica pela melhora no nível de atividade econômica, impulsionada pela demanda dos setores agrícola, cosméticos, farmacêutico e de embalagens para alimentos.

No entanto, as vendas de resinas da Braskem no mercado brasileiro recuaram 2% na comparação anual, para 3,4 milhões de toneladas. Segundo a empresa, isso ocorreu devido à menor demanda no quarto trimestre, além da greve dos caminhoneiros e da interrupção de energia no Nordeste em março.

As exportações de resinas somaram 1,3 milhão de toneladas, queda de 14% na comparação anual. Os embarques dos principais químicos caíram 31% para 571 mil toneladas.

O aumento de preço de todas as matérias-primas provocou uma alta de 9% no Custo dos Produtos Vendidos (CPV) em 2018.

Outros mercados

Nos Estados Unidos e na Europa, as vendas de PP da Braskem caíram 9% em 2018 para 1,9 milhão de toneladas. A taxa de utilização das linhas de produção nestas regiões ficou em 87%, dez pontos porcentuais abaixo do ano anterior.

Segundo a empresa, a redução ocorreu devido a problemas operacionais nos Estados Unidos, por uma parada programada no Texas e pela restrição no recebimento de propeno na Europa devido ao baixo nível fluvial.

A taxa de utilização das linhas de PE no México, na Braskem Idesa, ficou em 77% no ano, 11 pontos porcentuais abaixo do ano anterior devido ao menor fornecimento de etano no período e da parada programada realizada em maio. Segundo o balanço, as vendas na operação do México somaram 798 mil toneladas, queda de 18%.

Dívida líquida caiu

No final do ano, a dívida líquida em dólares sem considerar Braskem Idesa somava US$ 5,12 bilhões, queda de 15% frente a um ano antes. Mesmo assim, a alavancagem financeira (relação entre a dívida líquida e o Ebitda) foi de 2,06 vezes, acima da 1,9 vez registrada um ano antes.

A Braskem investiu R$ 2,77 bilhões em 2018, 4% abaixo do previsto.

O mercado não esperava um resultado muito positivo para a Braskem no balanço divulgado hoje, mas os desafios apresentados hoje mostraram ter sido ainda maiores. Mesmo assim, as expectativas que rondam a Braskem são positivas, principalmente devido aos planos das suas principais acionistas – Odebrecht e Petrobras – de vender suas participações na empresa.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
Conteúdo patrocinado por Startse

Milionária sem sair da cama

O caso da inglesa que ficou milionária trabalhando de pijama no quarto – e o número de brasileiros que querem enriquecer da mesma forma.

Chegamos lá

Com Ibovespa a 100 mil pontos, ainda vale a pena entrar na bolsa?

Finalmente chegamos lá, os históricos 100 mil pontos! É claro que é só uma marca “psicológica”, mas a pergunta que fica realmente é: a bolsa já subiu demais, dadas as circunstâncias? Ainda vale a pena entrar ou aumentar posição? Ouvi alguns nomes de mercado para responder à questão

Venham para o Brasil!

Em discurso na Câmara de Comércio dos EUA, Guedes faz chamado aos investidores americanos

Ministro da Economia disse que o Brasil vive um novo momento econômico e citou as mudanças fiscais que o governo tem promovido como exemplo

Viagem aos Estados Unidos

Citando o recorde na bolsa, Bolsonaro fala em “amor à primeira vista” por Guedes

Presidente parabenizou o ministro pelo seu trabalho e colocou nas mãos dele a responsabilidade pelos 100 mil pontos do Ibovespa

Seu Dinheiro na sua noite

100 mil razões para celebrar

Ibovespa rompe marca dos 100 mil pontos pela primeira vez na história; na economia, governo já lança novo pacote de concessões de aeroportos

Pente-fino

Governo encaminha projeto contra grandes devedores da Previdência este mês

Membros do governo Bolsonaro acreditam que será possível recuperar em torno dos R$ 150 bilhões com o novo sistema

Mercado aquecido

Volume de operações de fusões e aquisições cresce 28% em 2018, diz Anbima

De acordo com dados da associação, a alta foi puxada pela transação entre a Suzano Papel e Celulose e Fibria

Aproximação comercial

Guedes diz que exportações e importações com dos Estados Unidos devem aumentar

Ministro destacou, no entanto, que as relações comerciais com a China, principal parceiro do Brasil, não sofrerão cortes

Presidente em exercício

Em encontro com Doria, Mourão fala em convergência de ideias

Presidente em exercício afirmou que o governo federal buscará estreitar relacionamento com os Estados para atrair investimentos

Seu mentor de investimentos

Encontro em Washington

Em minha opinião, será muito mais um encontro de Bolsonaro com um dos seus ídolos do que uma reunião de trabalho

Congresso está esperando

Governo corre para protocolar proposta de Previdência dos militares no dia 20

Ministro Paulo Guedes disse nesta segunda-feira que o texto será avaliado por Bolsonaro e em seguida enviado para o Congresso

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu