A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2022-02-11T18:40:57-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
DESTAQUE DO DIA

IRB (IRBR3) chega a disparar 9% após lenda do mercado financeiro confirmar compra de mais de 1,5 milhão de ações

Hoje considerada uma empresa-problema, o IRB já foi uma das queridinhas da bolsa, passando por momentos de alta volatilidade.

11 de fevereiro de 2022
14:02 - atualizado às 18:40
Tela de celular mostra logotipo do IRB Brasil RE com gráfico ao fundo
Imagem: Shutterstock

Contrariando os demais papéis que se destacaram no pregão desta sexta-feira (11), as ações do IRB (IRBR3) não repercutem nenhuma melhora operacional ou notícia animadora, mas ainda assim chegaram a disparar quase 9% na máxima do dia.

Em entrevista ao Infomoney, Luiz Barsi, um dos maiores investidores individuais da bolsa brasileira, afirmou que adquiriu mais 1,5 milhões de ações da companhia no dia 4 de fevereiro, quando a cotação dos papéis era de R$2,82. Nos últimos 12 meses, a resseguradora acumula uma queda de quase 50%.

Segundo Barsi, a aquisição dos papéis está alinhada com uma perspectiva de médio e longo prazo. As ações da resseguradora fecharam a sessão com alta de 0,95%, a R$ 3,18.

Felipe Vella, analista de research da Ativa Investimentos, deixa claro que não é a movimentação de Barsi em si que mexe com os papéis e sim o efeito manada gerado nos investidores de varejo que "estão comprando as ações única e exclusivamente porque o maior investidor do Brasil está comprando, isso gera um fluxo artificial".

Hoje considerada uma empresa-problema, o IRB já foi uma das queridinhas da bolsa, passando por momentos de alta volatilidade. Os primeiros sinais de problema começaram a aparecer em 2020, quando a gestora de fundos Squadra apontou inconsistências nos balanços apresentados pela companhia.

As fraudes fiscais e polêmicas envolvendo o mega-investidor Warren Buffett levaram a companhia a um processo de reestruturação que parece estar levando mais tempo do que o inicialmente planejado.

Em conversa com analistas no início do mês, o diretor financeiro do IRB, Willy Jordan, apontou que o processo estava levando mais tempo do que o inicialmente planejado, já que se descobriu que a empresa não era lucrativa.

Para reverter o quadro, a companhia pode se ver obrigada a realizar um novo aumento de capital e uma nova realocação de ativos estratégicos

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

AUTOMÓVEIS

Tá difícil comprar carro? 10 dicas que podem ajudar a ter um zero-km (ou quase isso) na garagem

13 de agosto de 2022 - 9:55

Cenário macroeconômico não ajuda, mas há formas de aproveitar o momento e garantir um carro mais novo ou até mesmo zero

TEMPORADA DE BALANÇOS

Lucro líquido da Eletrobras (ELET3) chega a R$ 1,4 bilhão no segundo trimestre, queda de 45%

13 de agosto de 2022 - 9:00

Segundo o balanço da Eletrobras (ELET3), resultado foi impactado negativamente pela provisão para perdas em investimentos no total de R$ 890 milhões

ANOTE NO CALENDÁRIO

Agenda econômica: ata do Fed, dados de varejo nos EUA e inflação na zona do euro são os destaques da semana

13 de agosto de 2022 - 8:11

A ata da última reunião do Fed é o principal dado da agenda econômica; a inflação ao consumidor (CPI) na Europa também é destaque

PAPO CRIPTO #025

Vai, Brasil! Mercado brasileiro de criptomoedas é o 11º maior do mundo — e diretor de associação aposta em tokenização; entenda

13 de agosto de 2022 - 7:30

Bernardo Srur, diretor da ABCripto, associação criada para fomentar os negócios em criptoeconomia no Brasil, é o convidado do Papo Cripto desta semana

NOITE CRIPTO

Bitcoin (BTC) sobe, mas perde o protagonismo para o ethereum (ETH); entenda

12 de agosto de 2022 - 20:29

Além de aproveitar a inflação dos EUA mais branda, o que ajudou as criptomoedas em geral, o ETH se beneficiou dos progressos na direção do The Merge

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies