Menu
Jasmine Olga
Publicações
Esquenta dos mercados

Um olho em Davos e outro na China: risco de epidemia entra no radar dos mercados

Autoridades chinesas agem rápido para tentar conter a nova espécie de coronavírus encontrada no país. Os mercados globais ensaiam uma recuperação após dia de perdas

mudanças à vista

Cosan anuncia mudanças e presidente da Raízen assume presidência do grupo

As mudanças começam a valer no dia 1º de abril. Por volta das 10h40, os papeís da Cosan caíam 0,77%, cotados a R$ 78,95.

o que mexe com os negócios hoje?

Mercados reagem e ficam no vermelho após aumento de casos do coronavírus na China

O Fórum Econômico Mundial de Davos fica em primeiro plano em dia de agenda esvaziada

O que esperar dos mercados?

BCs, Davos e feriados pautam os negócios na semana

Enquanto líderes mundiais viajam para o Fórum Econômico de Davos, os investidores aguardam novidades dos BCs e da atividade doméstica. Feriados diminuem a liquidez dos negócios

O que mexe com os mercados?

Crescimento da China desacelera, mas preocupação é o dólar

PIB chinês apresenta menor ritmo de crescimento em 29 anos, mas npumeros do varejo e indústria surpreendem. No Brasil, o mercado procura pistas do que deve acontecer com a Selic

Há luz no fim do túnel?

Nova diretoria da Oi traz melhora de perspectivas para a empresa, diz BTG

Banco mantém recomendação de compra para ações ordinárias da companhia, com o preço-alvo para os próximos 12 meses em R$ 2 – uma margem de aumento de 124%

o que mexe com os mercados hoje?

Agenda econômica doméstica recalibra apostas do mercado

Na ressaca da assinatura do acordo comercial sino-americano, a prévia do PIB deve ditar o tom dos negócios no Brasil

O que mexe com os mercados hoje?

Acordo comercial e vendas do varejo dividem a atenção dos investidores

Os investidores esperam com cautela os detalhes do acordo comercial preliminar entre Estados Unidos e China. O mercado local também fica atento aos números do varejo de novembro

O que mexe com os mercados hoje

Na espera de China e EUA, agenda doméstica ganha destaque

O alívio nas tensões e primeiras informações sobre o acordo comercial preliminar pautam os mercados. No Brasil, a agenda doméstica entra em destaque

o que mexe com os mercados hoje?

Assinatura de acordo entre EUA e China anima os negócios

Conclusão do acordo preliminar entre EUA e China embalam as expectativas positivas do mercado, que tem uma semana cheia de divulgações econômicas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements