Menu
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco) e “Abandonado” (Geração).
Balanço engordou

Melhor que a encomenda. Banco do Brasil supera projeções e tem lucro de R$ 13,5 bilhões, alta de 22%

A estimativa média dos analistas para o resultado do BB apontava para um lucro de R$ 13,2 bilhões. Para este ano, o Banco do Brasil espera lucrar até R$ 17,5 bilhões

14 de fevereiro de 2019
7:41 - atualizado às 11:40
agência bb banco do brasil
Imagem: Divulgação

De grão em grão, o Banco do Brasil (BB) apresentou mais um trimestre de melhora nos resultados. O banco registrou lucro líquido de R$ 13,513 bilhões no ano passado, um aumento de 22,2% em relação a 2017.

Foi um resultado melhor que a encomenda. A projeção média dos analistas apontava para um lucro de R$ 13,242 bilhões para o BB, de acordo com dados da Bloomberg. O lucro também ficou bem perto do topo da faixa prevista pelo banco, que variava entre R$ 11,5 bilhões e R$ 14 bilhões.

A rentabilidade acompanhou a melhora do resultado e atingiu 16,3% nos últimos três meses do ano passado e 13,9% em 2018.

Ou seja, o Banco do Brasil empregou bem o dinheiro dos acionistas (incluindo todos nós via Tesouro Nacional), se levarmos em conta que a taxa básica de juros (Selic) está em 6,5% ao ano.

O lucro do BB no quarto trimestre foi de R$ 3,845 bilhões, alta de 20,6% em relação ao mesmo período do ano anterior e também acima das projeções do mercado.

Apesar da recuperação, o banco segue distante da meta de se aproximar dos principais concorrentes privados. Para efeito de comparação, o Bradesco entregou um retorno de 19,7% no quarto trimestre, o Santander atingiu 21,1% e o Itaú Unibanco, 21,8%.

De onde veio o lucro do BB

Ao contrário dos outros bancões, o Banco do Brasil segue mais lento na retomada do crédito. O saldo de todos os financiamentos concedidos pela instituição encerrou o ano passado em R$ 697,3 bilhões, alta de apenas 1,8% em 12 meses.

Com o crédito mais lento, a margem financeira do BB, que inclui as receitas obtidas com a concessão de empréstimos, caiu 5,8% no ano passado.

Só que esse efeito negativo foi mais do que compensado com a redução nas despesas com provisão para calotes. Elas somaram R$ 14,2 bilhões, queda de 29,2% em relação a 2017.

O índice de atrasos acima de 90 dias na carteira do Banco do Brasil encerrou o ano passado em 2,53%. Em setembro, a inadimplência estava em 2,82% e em dezembro do ano anterior, em 3,72%.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Tarifas e despesas

As receitas com as tarifas cobradas na conta corrente também ajudaram no resultado do BB em 2018. O faturamento com a prestação de serviços atingiu R$ 27,5 bilhões, uma alta de 5,8%.

O Banco do Brasil ainda conseguiu fechar o ano passado com uma despesa 0,6% menor do que a registrada em 2017, em um total de R$ 32 bilhões.

Mais lucro e mais crédito neste ano

Para este ano, o BB espera registrar um lucro entre R$ 14,5 bilhões e R$ 17,5 bilhões. Isso significa que, na melhor das hipóteses, o resultado pode crescer 29,5%.

O Banco do Brasil também projeta um aumento entre 3% a 6% na carteira de crédito neste ano - sem considerar as operações realizadas com o governo.

Apesar da melhora, a estimativa do BB para o crédito é menor do que a dos bancos privados. O Bradesco, por exemplo, espera uma expansão de 13% nos financiamentos no melhor cenário, enquanto o Itaú pretende crescer até 11%.

A expectativa para o desempenho do Banco do Brasil é grande neste ano não apenas pelo balanço em si como com a nova gestão de Rubem Novaes. Ele concede entrevista coletiva na manhã de hoje para comentar os resultados.

O novo presidente do BB já anunciou a intenção de vender parte de negócios nas áreas de gestão de fundos, banco de investimento e recuperação de créditos. Lembrando que o banco já tem sócios na BB Seguridade, que reúne as participações da instituição em seguros, e na área de cartões, com a Cielo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Lula livre?

5ª turma do STJ reduz pena de Lula e abre espaço para que ex-presidente vá para o semiaberto

Com decisão unânime do tribunal, o petista agora cumpre pena de 8 anos, 10 meses e 20 dias

IR 2019

Plantão do IR: como declarar venda de ações no imposto de renda?

A repórter Julia Wiltgen conversou com o advogado tributarista Samir Choaib, da Choaib, Paiva e Justo Advogados, e respondeu às principais dúvidas dos leitores do Seu Dinheiro

Nada muda

Maia diz que acordo com “centrão” retirou trecho que não tem impacto fiscal na reforma da Previdência

Presidente da Câmara diz que vai aguardar a aprovação do texto na CCJ para se pronunciar sobre a criação da comissão especial

IR 2019

Plantão do IR: como declarar bonificação de ações no imposto de renda?

A repórter Julia Wiltgen conversou com o advogado tributarista Samir Choaib, da Choaib, Paiva e Justo Advogados, e respondeu às principais dúvidas dos leitores do Seu Dinheiro

IR 2019

Plantão do IR: comprei ações e as vendi no mesmo ano, como declarar?

A repórter Julia Wiltgen conversou com o advogado tributarista Samir Choaib, da Choaib, Paiva e Justo Advogados, e respondeu às principais dúvidas dos leitores do Seu Dinheiro

IR 2019

Plantão do IR: como declarar pagamento atrasado de IR sobre ganhos com renda variável?

A repórter Julia Wiltgen conversou com o advogado tributarista Samir Choaib, da Choaib, Paiva e Justo Advogados, e respondeu às principais dúvidas dos leitores do Seu Dinheiro

IR 2019

Plantão do IR: como declarar venda de ações que ainda não saíram do meu nome?

A repórter Julia Wiltgen conversou com o advogado tributarista Samir Choaib, da Choaib, Paiva e Justo Advogados, e respondeu às principais dúvidas dos leitores do Seu Dinheiro

Ficou para depois

Comissão do Congresso adia votação da MP que abre setor aéreo para capital estrangeiro

Líderes partidários que compõem o colegiado pediram um tempo para analisar o relatório e discutir a matéria

Após reflexos da greve de caminhoneiros

Comissão do Senado e TCU vão apurar política de preços da Petrobras

Trabalhos incluem uma análise das competências dos administradores da estatal e do Poder Executivo para determinar a política de preços

Próximo passo da reforma

Líder do governo na Câmara diz que instalação da comissão especial para Previdência será na 5ª feira

Instalação na sequência da CCJ deve funcionar como uma sinalização positiva de que a Câmara está empenhada na tramitação da reforma

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

GUIA GRATUITO

Como declarar seus investimentos no IR 2019