Menu
2019-07-02T18:13:14+00:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
Atenção, investidores!

Para Bradesco BBI, ações da JSL podem ter alta de 26% diante de cenário mais favorável de juros

A combinação de uma possível queda da taxa Selic com as recentes mudanças estruturais na companhia devem impactar positivamente a companhia em relação às demais do setor

2 de julho de 2019
14:35 - atualizado às 18:13
caminhao jsl vamos
Imagem: Divulgação

Com a expectativa dos analistas cada vez mais apontando para a queda da Selic para o patamar de 5,5%, uma das empresas que podem ser beneficiadas disso é a gigante do setor de logística, JSL SA (JSLG3). Quem diz isso é o analista do Bradesco BBI, Victor Mizusaki.

Segundo ele, as ações podem subir cerca de 26% e alcançar o preço-alvo de R$ 18 em 2020. As informações foram apresentadas ontem (1) em relatório enviado a clientes. O banco manteve a recomendação de compra e de que os papéis estão acima da média do mercado (outperform).

Na avaliação do analista, diante de um cenário de redução da taxa básica de juros, a empresa poderia poupar cerca de R$ 35 milhões de gastos que têm com despesas financeiras. Ou poderia aumentar o fluxo de caixa livre em R$ 23 milhões, já descontando os impostos.

Com isso, pode ocorrer também um aumento de 8% no lucro por ação da empresa (LPA). Na prática, esse indicador é um importante ponto de partida utilizado por analistas e investidores para verificar o preço justo de uma empresa.

Apenas para se ter uma ideia, hoje (2) as ações ordinárias da companhia fecharam o pregão cotadas em R$ 14,32, uma leve alta de 0,14%.

Combinação de fatores

E não é só isso. A mudança estrutural que a JSL passou com a criação de cinco frentes de negócio com presidentes e CFOs independentes também já vem impactando positivamente a companhia. Segundo o último balanço da empresa, o retorno sobre o capital investido (ROIC) da companhia aumentou 9,2%.

Em 2018, esse percentual teve expansão de 9%. Já em 2017, o aumento foi menor e ficou na casa dos 8,2%. Na prática, esse indicador mostra quanto de dinheiro a companhia tem capacidade de gerar com todo o capital que foi investido nela.

Mizusaki ainda disse que a ação deve continuar a ser reavaliada diante de um aumento do fluxo de caixa livre da empresa e da diminuição do risco de financiamento do BNDES Finame, que é usado para financiar a produção e aquisição de máquinas e equipamentos nacionais junto ao BNDES.

Em um cenário de taxas de juros mais baixas deve ocorrer também uma queda no custo de capital para financiamento, o que ajudaria a companhia. Hoje, segundo cálculos do banco, 52% da dívida bruta da empresa está atrelada à taxa Selic e 7,3% da dívida está relacionada ao Finame.

A combinação dos dois fatores - queda da Selic e mudança estrutural - deve fazer com que o valor da firma dividido pelo potencial de caixa (FV/EBITDA) que ela pode gerar passe de 5,6 vezes para 5,2 vezes o potencial de geração de caixa.

Na prática, quanto menor o múltiplo (FV/EBITDA), mais atraente é a companhia em comparação com as demais empresas do setor que ela faz parte.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Startup no banco dos réus

STJ vai decidir se condomínios podem proibir aluguéis por aplicativos como Airbnb

Tribunal julga recurso para anular uma decisão que proibiu um casal de Porto Alegre de alugar um apartamento por meio do aplicativo Airbnb

Santiago em chamas

Chile põe Exército nas ruas após protestos que deixaram três mortos

Manifestantes saíram às ruas contra o aumento de preço do metrô de Santiago, que passaria do equivalente a US$ 1,12 para US$ 1,16. Ontem, o governo anunciou a suspensão do reajuste

Seu dinheiro no domingo

Bancão X Fintech, um duelo que vi ao vivo

Você pode apostar comprando ou vendendo ações dos bancos e fintechs na bolsa. A batalha está longe de acabar, mas já temos o ganhador, o cliente

Varejo

Compras pela internet devem crescer 18% na Black Friday deste ano

Expectativa para a Black Friday de 2019 no e-commerce é de faturamento acima de R$ 3 bilhões. O dia de promoções no varejo neste ano será em 29 de novembro

Disputa política

Eduardo Bolsonaro publica vídeo com campanhas do PSL que citam presidente

No vídeo, protagonistas da nova crise, como os deputados Delegado Waldir (PSL-GO) e Joice Hasselmann (PSL-SP), pedem votos para si próprios mencionando Bolsonaro

Débito e crédito

Luiz Frias: o empresário da mídia que virou bilionário com as maquininhas

Conheça o herdeiro da Folha de S.Paulo e entusiasta da internet que revolucionou mercado de meios de pagamentos no Brasil com a PagSeguro

Ações para uma vida

Conheça os 5 maiores investimentos da carteira do bilionário Warren Buffett

Em junho deste ano, a holding de Warren Buffett detinha na carteira ações de 47 companhias. Mas cinco delas representavam 69% do total em valor de mercado. Confira quais são as queridinhas do “oráculo de Omaha”

QUER GANHAR DINHEIRO?

5 estratégias para lucrar na bolsa olhando apenas os gráficos

Quem souber interpretar esses movimentos pode ter insights valiosos sobre a tendência de preços.

Impasse sem fim

Hoje não? Hoje sim. Parlamento britânico volta a adiar votação sobre acordo do Brexit

Foi um duro golpe para primeiro-ministro Boris Johnson, que poderá se ver obrigado a pedir à União Europeia o adiamento da saída do Reino Unido

Sócios na bolsa

Banco do Brasil atrai mais de R$ 7 bilhões em recursos de pessoas físicas em oferta de ações

Uma parcela de 30% da emissão do Banco do Brasil foi destinada ao varejo, embora a demanda fosse suficiente para cobrir o total da oferta, de R$ 5,8 bilhões

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements