🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-06-17T11:42:40-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
GASOLINA MAIS CARA

Petrobras (PETR4) volta a reajustar gasolina após 99 dias – e aproveita para responder críticas do governo

A Petrobras fez questão de destacar que apesar do momento difícil do mercado mundial de energia, a empresa não tem adotado o repasse imediato das cotações internacionais, conseguindo manter os preços estáveis por mais tempo, além de gerar recursos que podem financiar políticas públicas

17 de junho de 2022
11:07 - atualizado às 11:42
O presidente Jair Bolsonaro, em montagem ao lado do logotipo da Petrobras
O presidente Jair Bolsonaro, em montagem ao lado do logotipo da Petrobras - Imagem: Montagem Andrei Morais/Shutterstock

Apesar da forte pressão governamental para que a Petrobras (PETR4) evite repassar aos consumidores a alta do barril de petróleo, a estatal acaba de anunciar um novo reajuste para diesel e gasolina. 

A partir do dia 18 de junho, o preço médio de venda de gasolina para as distribuidoras passará a ser de R$ 4,06 por litro, um aumento de 5,2%. Já o diesel terá um preço médio de R$ 5,61 – alta de 14,2%. Apesar disso, os preços praticados pela Petrobras seguem abaixo da paridade internacional. 

Petrobras se justifica

Com a forte pressão em torno dos preços praticados pela companhia, e que já levou o governo a mudar o ministro de Minas e Energia, o presidente da Petrobras e membros do conselho, a companhia fez uma ampla defesa de sua política de preços e de seu caráter social na nota divulgada nesta manhã. 

A estatal fez questão de destacar que apesar do momento difícil do mercado mundial de energia, a empresa não tem adotado o repasse imediato das cotações internacionais, conseguindo manter os preços estáveis por mais tempo – a gasolina ficou sem reajuste por 99 dias, enquanto o diesel ficou 39 dias sem aumento. 

Respondendo também as críticas feitas repetidamente pelo presidente Jair Bolsonaro, a Petrobras se mostrou sensibilizada pelo impacto do preço dos combustíveis na vida dos cidadãos, mas que também é preciso manter os seus preços competitivos e em equilíbrio com o mercado. 

A empresa também lembrou que a Petrobras é responsável por apenas uma parte do preço ao consumidor, já que a formação na bomba leva em conta outras parcelas de misturas produzidas em refinarias, custos e margens de distribuição e revenda, e tributos federais e estaduais.. 

Outro ponto de ataque do governo é o lucro bilionário registrado pela companhia nos últimos trimestres. A estatal fez questão de ressaltar que os valores também retornam para a União por meio de dividendos, tributos e royalties, quantias que podem financiar políticas públicas. 

“Em 2021, a empresa recolheu R$ 203 bilhões em tributos próprios e retidos, maior valor anual já pago pela companhia, um aumento de 70% em relação a 2020. No primeiro trimestre de 2022, somente, a Petrobras pagou R$ 70 bilhões aos cofres públicos, entre tributos e participações governamentais, praticamente o dobro do valor recolhido no mesmo período de 2021. Adicionalmente, no ano de 2021, a Petrobras pagou de dividendos para a União o montante de R$ 27 bilhões, e no ano corrente, até julho, destinará ao acionista controlador o montante de R$ 32 bilhões”.

Reação negativa

O presidente da Câmara, Arthur Lira, foi rápido em criticar a atuação da Petrobras. Em declaração nas redes sociais, Lira pediu que João Mauro Coelho, presidente já demitido da Petrobras, renunciasse imediatamente ao cargo. Após ser dispensado, Coelho aguarda a Assembleia Geral Extraordinária para entregar o cargo à Caio Paes, novo indicado do governo ao cargo.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

NOITE CRIPTO

Sem fôlego: bitcoin (BTC) opera em alta, mas ainda não volta para os US$ 20 mil; entenda por quê

Apesar do respiro desta sexta-feira (1), o bitcoin ainda sente todo o peso de um Federal Reserve mais agressivo contra a inflação. A semana também não foi tão positiva assim com o noticiário do universo digital.

VAI TER QUE PAGAR!

Um acordo de milhões: Petrobras (PETR4) se entende com a ANP sobre royalties da operação de xisto no Paraná

Segundo a estatal, o acordo envolve o pagamento de R$ 601 milhões pela companhia — um montante que já foi provisionado nas demonstrações financeiras

CASOU!

Enfim, sós! Localiza (RENT3) e Unidas (LCAM3) consumam combinação de negócios; confira detalhes

Por conta do enlace, hoje foi o último dia de negociação das ações de emissão da Unidas na B3

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ibovespa começa julho com o pé direito, o reforço de caixa da MRV (MRVE3) e a semana em cripto; confira os destaques do dia

Que sexta-feira costuma ser o dia da semana favorito de muita gente não é novidade, mas você já reparou na tendência que temos de tentar fazer dele o mais leve de todos para não atrapalhar o descanso do fim de semana? Seja no escritório ou no mercado financeiro, o último dia útil é o momento […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa dá uma pausa nas perdas e sobe 0,29% na semana, mas dólar dispara e chega a R$ 5,32

O começo de julho foi mais animador para o Ibovespa, mas as dificuldades seguem pressionando o câmbio

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies