A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2022-07-07T13:36:11-03:00
Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
OPERAÇÃO BILIONÁRIA

Por que a BR Properties (BRPR3) quer reduzir o capital em mais de R$ 1,1 bilhão e distribuir o dinheiro para os acionistas?

A empresa calcula que, sem novos investimentos relevantes no curto prazo após a venda de parte do portfólio para a Brookfield, seu capital social se tornará excessivo e optou restituir os investidores

6 de julho de 2022
20:33 - atualizado às 13:36
Vista aérea de um prédio com o logo da BR Properties (BRPR3) sobreposto à imagem | Dividendos
Imagem: Divulgação, com intervenção de Larissa Vitória

A BR Properties (BRPR3) está prestes a encher o caixa após a venda de cerca de 80% de seu portfólio para a Brookfield. Enquanto aguarda a conclusão da operação — e a chegada do pagamento — a companhia já sabe o que fará com o dinheiro.

A prioridade será amortizar todas as emissões de dívidas, transformando a posição de dívida líquida em uma de caixa líquido. Mas a empresa calcula que, sem novos investimentos relevantes no curto prazo, o capital
social se tornará excessivo. Na prática, o caixa estará gordo demais.

Considerando o cenário, o conselho de administração da BR Properties decidiu que o melhor a se fazer é restituir aos acionistas parte dessa quantia por meio de uma redução de capital de R$ 1,125 bilhão sem o cancelamento de ações.

Segundo fato relevante divulgado nesta terça-feira (6), a companhia do setor imobiliário convocará uma assembleia geral ordinária, marcada para 28 de julho, para que os investidores possam deliberar a proposta da operação.

A empresa estima que pagará o equivalente a R$ 2,423298 por papel, considerando pouco mais de 464,2 milhões de ações (sem contar as mantidas em tesouraria), aos acionistas.

Se a proposta for aprovada, a BR Properties informará o procedimento adotado para a restituição posteriormente, assim como o montante exato, data de pagamento e quando as ações começarão a ser negociadas "ex-restituição".

Há uma condição

Vale destacar que a operação só será possível caso a venda de parte do portfólio para o fundo canadense seja aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e concluída.

A Brookfield pagará cerca de R$ 5,9 bilhões por 12 imóveis comerciais da empresa em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília — incluindo a Torre B do JK Iguatemi, o mais famoso deles.

De acordo com os termos da negociação, a companhia receberá 70% da soma total no fechamento da aquisição de cada um dos imóveis. Os 30% restantes serão pagos 12 meses após essa data.

Veja também: Conheça os fundos com retorno de até 8% acima da inflação

Árabes de saída da BR Properties (BRPR3)

Além de representar um movimento importante no atual cenário macroeconômico brasileiro, a transação marca a saída de boa parte do capital do fundo soberano de Abu Dhabi (ADIA) da empresa.

O ADIA investiu no ativo há seis anos por meio do GP Capital Partners VI — que detém 60% da empresa —, mas já vinha dando indícios de que pretendia se desfazer de seu portfólio no país.

Segundo informações do Brazil Journal, o fundo árabe zerou posições em quase 30 empresas da B3 e encerrou as operações do time de análise dedicado à América Latina.

Antes de receber a proposta da Brookfield, os gestores consideraram duas opções: fechar o capital da BR Properties ou vender os ativos separadamente.

A primeira alternativa foi descartada porque exigiria a injeção de capital na empresa. Já a segunda demandaria um grande esforço de negociação e poderia terminar com ofertas apenas para os principais imóveis da carteira.

É importante destacar que, durante o primeiro trimestre, as ações da companhia operaram com um desconto de 41% em relação ao Valor Patrimonial Líquido (NAV). Ou seja, as cotações ficaram bem abaixo do valor intrínseco do negócio.

Por isso, a transação com o fundo canadense chegou na hora certa para arrematar, de uma só vez, boa parte do portfólio.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

DE OLHO NA REDES

O Magazine Luiza vai decepcionar? A situação ainda está feia para a varejista e você deveria ficar longe de MGLU3, diz analista — descubra o que esperar dos resultados

10 de agosto de 2022 - 16:46

Resultados da varejista serão divulgados amanhã, mas analista alerta: os números não devem vir fortes e você deve ficar longe de MGLU3

APETITE POR RISCO

Destaques da bolsa: Inflação americana derruba juros futuros e Yduqs (YDUQ3), Totvs (TOTS3) e IRB (IRBR3) aproveitam; JHSF (JHSF3) pega carona com números da Cury (CURY3)

10 de agosto de 2022 - 15:34

O apetite por risco dos investidores acompanha as projeções de juros menores nos Estados Unidos

DESTAQUE DA CONSTRUÇÃO

Cury (CURY3) dispara mais de 9% após apresentar receita recorde e margens saudáveis no segundo trimestre; confira os destaques do balanço da companhia

10 de agosto de 2022 - 12:27

O apetite pelos papéis da empresa e de outras construtoras também é alimentado pelo arrefecimento da inflação em julho

TEMPORADA DE BALANÇOS

XP em foco: mercado desaprova despesas maiores e BDRs XPBR31 desabam mais de 8% após balanço do 2º trimestre

10 de agosto de 2022 - 12:25

O mercado ainda mantém recomendações positivas para XP (XPBR31), mas faz ressalvas a respeito de algumas tendências do balanço no 2T22

DEGRINGOLÂNDIA

Os EUA viraram uma república de bananas? O que se sabe até agora sobre a operação do FBI contra Donald Trump

10 de agosto de 2022 - 11:43

Aliados de Donald Trump saíram-se com reações exacerbadas; Casa Branca exaltou respeito ao estado de direito

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies