Insights de investimento, análises de mercado e muito mais! Siga o Seu Dinheiro no Instagram

2022-01-18T13:37:19-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Fatia maior

Gestora Alaska aumenta participação na Cogna (COGN3) para mais de 15%, e ação dispara

Papel tem uma das maiores altas do Ibovespa depois que gestora de Henrique Bredda e Luiz Alves Paes de Barros informou ter adquirido mais ações na companhia de educação

18 de janeiro de 2022
13:35 - atualizado às 13:37
Painel colorido com o símbolo da Cogna
Empresas de educação, como a Cogna, estão entre as que mais sofreram na pandemia. Imagem: Divulgação/Cogna

Uma das posições mais conhecidas dos fundos da gestora Alaska é numa ação que vem apanhando há algum tempo na bolsa brasileira: a Cogna Educação (COGN3), antiga Kroton, dona de instituições de ensino superior e básico.

Pois mesmo num ano que promete ser cruel com as empresas altamente expostas ao mercado interno, a gestora de Henrique Bredda e Luiz Alves Paes de Barros aumentou sua posição na companhia.

Ontem à noite, a Cogna informou ao mercado, como é de praxe nessas situações, o aumento da participação da Alaska para 285.779.108 ações ordinárias, totalizando uma fatia de 15,23%. Anteriormente, a Alaska detinha 10,05% de participação na Cogna, segundo o site da própria empresa.

A notícia impulsiona as ações da antiga Kroton na bolsa nesta terça-feira (18). Perto das 13h, COGN3 subia 4,61%, a R$ 2,27, maior alta do Ibovespa hoje. Acompanhe nossa cobertura completa de mercados.

Segundo correspondência enviada pela Alaska à Cogna, a gestora adquiriu mais ações da companhia no dia 14 de janeiro, por meio dos fundos de investimento sob sua gestão.

Além disso, a Alaska afirma que "o aumento da participação acionária dos Fundos tem por objetivo a mera realização de operações financeiras; não objetiva alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa da Companhia; e, por fim os Fundos não têm o objetivo de atingir qualquer participação acionária em particular."

As ações da Cogna acumulam uma queda de mais de 50% nos últimos 12 meses e foram fortemente castigadas pela pandemia de covid-19, dado que os efeitos econômicos da crise atingiram em cheio o público-alvo da companhia, tirando a educação superior da lista de prioridades dessas pessoas.

No entanto, os papéis vêm sofrendo desde 2017, pois a redução de recursos do Fies, o programa de financiamento ao ensino superior privado do governo federal, atingiu em cheio as empresas de educação.

Já o fundo Alaska Black Institucional - fundo de ações da Alaska aberto ao público em geral - conseguiu obter um retorno de 4,41% em 2021, contra uma queda de 11,93% do Ibovespa. Desde o início, o fundo tem um desempenho de 162,11%, contra uma alta de 51,80% do Ibovespa.

Por outro lado, o Alaska Black FIC FIA II - BDR Nível I, fundo de ações que também pode operar juros, câmbio e derivativos, vem apresentando um desempenho bem abaixo do Ibovespa, mas menos por suas posições no mercado de ações e mais por suas posições nos demais mercados.

Em 2021, teve recuo de 17,88%, e em 2020 sofreu um tombo de 45,04%. Desde o início, a alta é de apenas 37,87%, contra 69,58% do Ibovespa.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

A PARTIR DE JUNHO

Quer um pedacinho da Eletrobras (ELET3)? O trabalhador poderá usar recursos do FGTS para comprar ações

O trabalhador deverá fazer reserva de aquisições entre 3 e 9 de junho. O governo liberou o uso de até 50% do FGTS para compra de ações da Eletrobras

DESINVESTIMENTO

Em meio à turbulências, Petrobras (PETR4) assina mais um contrato de venda de refinaria

A operação ainda deve passar pelo crivo do Cade. A venda da refinaria Lubnor por US$ 34 milhões faz parte do plano de desinvestimento

DIPLOMACIA RUSSA

Bandeira branca? Putin diz que vai viabilizar comércio de grãos ucranianos e fertilizantes

Em conversa com o presidente da França e o chanceler da Alemanha, Putin afirmou que vai aumentar a oferta de grãos e fertilizantes

NÃO VINGOU

Terra 2.0 derrete mais de 60% no dia do lançamento; saiba por quê

A Terra 2.0 já acumula perdas; o renascimento da criptomoeda sofre com a perda de credibilidade, após falhas no protocolo da antiga moeda

NOVA CRIPTO NA ÁREA

Lançamento da Terra 2.0: vale a pena investir em um projeto criado pelos mesmos desenvolvedores da extinta Terra (LUNA)? Especialistas falam sobre nova criptomoeda

A resposta foi quase unânime: os analistas deixaram de acompanhar a Terra (LUNA) e não acreditam mais no projeto

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies