Menu
2021-02-03T17:58:11-03:00
Renan Sousa
parceiro improvável

Efeito Apple: ações da Kia disparam após anúncio de parceria

Essas notícias fizeram com que as ações da Kia tivessem a maior alta em 23 anos, atingindo o patamar de US $87,70

3 de fevereiro de 2021
12:49 - atualizado às 17:58
Apple
Imagem: Shutterstock

O toque de Midas da gigante de tecnologia Apple chegou ao outro lado do mundo. O anúncio de que a montadora coreana Kia Motors está desenvolvendo um projeto de carro em parceria com a empresa criada por Steve Jobs fez as ações da companhia  dispararem quase 10%  na bolsa de Seul.

De acordo com o jornal coreano Dong-a Ilbo, a Apple fará um investimento de US$ 3,6 bilhões na produção de novos veículos. O acordo com a Kia deve ser formalmente assinado no dia 17 de fevereiro, com expectativa de lançamento do primeiro modelo em 2024.

As notícias fizeram com que as ações da empresa coreana registrassem a maior alta em 23 anos, atingindo o patamar de US$ 87,70. Questionadas pela imprensa sobre a parceria, nem Hyundai — dona da Kia — nem a Apple se manifestaram. 

Ainda de acordo com o jornal sul-coreano, a Kia passará a fazer os carros na Geórgia, Estados Unidos. A meta atual é produzir 100 mil unidades por ano, mas dada a capacidade da fábrica, o número pode ser quatro vezes maior.

História repetida

Essa não é a primeira vez que a Apple tem uma conversa mais próxima com a Coreia do Sul. Mês passado, havia especulações de que a Hyundai estava desenvolvendo um projeto de carros elétricos com a fabricante do iPhone. Na época, as ações da montadora tiveram os seus melhores dias em duas décadas.

Apesar desta ser uma colaboração de peso, a Hyundai não ficou parada. A montadora tem conversado com a gigante chinesa de tecnologia Baidu e a fabricante de chips Nvidia para produção de carros autônomos e já tem um projeto bem desenvolvido de carros movidos a células de hidrogênio, além de uma fábrica voltada para a produção de veículos elétricos.

Toda essa visão de futuro chamou a atenção da Apple, que está interessada em entrar no ramo. O CEO da Tesla, Elon Musk, já mencionou que chegou a negociar a venda de sua empresa para a gigante, mas nenhum acordo foi feito.

*Com informações da CNN Business

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Fechou bem o ano

Petrobras tem lucro de quase R$ 60 bi no 4º trimestre e anuncia R$ 10 bi em dividendos

Alta extraordinária de 635% no lucro teve influência de itens não recorrentes de peso, mas mesmo o lucro recorrente totalizou R$ 28 bilhões, alta de 120% na comparação anual; em 2020, estatal lucrou R$ 7,1 bilhões, queda de 82% em relação a 2019

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Quanto vale a Eletrobras privatizada

Ontem à noite, o governo federal entregou ao Congresso a Medida Provisória que possibilita a privatização da Eletrobras e de quase todas as suas subsidiárias. O procedimento será feito por meio de uma capitalização que vai diluir a participação da União, que apenas manterá uma ação com poderes especiais de veto, a chamada golden share. […]

FECHAMENTO

Eletrobras dá susto na reta final, mas Ibovespa segue se recuperando do tombo recente; dólar recua

Estatais seguem se recuperando do tombo recente e a bolsa brasileira também conta com uma ajudinha do exterior

De volta ao topo

País volta a ser maior mercado de caminhão da Mercedes, que reafirma investimento

O volume supera os 24,5 mil caminhões vendidos na Alemanha, que caiu para a segunda posição no ranking de mercados globais da montadora.

Retomada

Faturamento da indústria de máquinas sobe 38,5% em janeiro em comparação anual

A expectativa é de que as vendas internas continuem positivas.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies