Menu
2020-09-21T10:01:48-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
Cursando jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Foco no centro-oeste

Hapvida segue ampliando seus horizontes e anuncia novo pacote de aquisições

No começo do mês, a companhia já havia engrossado a lista de ativos adquiridos nos últimos anos, com um ‘pacotão’ bilionário de aquisições.

18 de setembro de 2020
10:18 - atualizado às 10:01
médico/hapvida
Imagem: Shutterstock

A operadora de saúde Hapvida (HAPV3) segue indo às compras para colocar em prática a sua estratégia de expansão e consolidação nacional. Depois de anunciar um 'pacotão' bilionário de aquisições no começo do mês, a companhia divulgou nesta sexta-feira (18) a celebração de dois novos acordos de compra e venda, totalizando cerca de R$ 30 milhões.

Inicialmente com forte presença no Norte e Nordeste, a Hapvida tem buscado novos mercados. As transações anunciadas envolvem entidades de saúde da região Centro-Oeste, onde a Hapvida já possui cerca de 220 mil beneficiários.

A primeira delas é a carteira de beneficiários da Plamheg Plano de Assistência Médica e Hospitalar do Estado de Goiás, que atualmente conta comm 18 mil beneficiários na região de Anápolis e Goianésia, por R$ 23 milhões. O ativo contém majoritariamente planos coletivos corporativos (91%) e sinistralidade de 69,8% nos últimos doze meses até junho.

Ainda na região, a Hapvida também adquiriu 100% do capital votante da Clínica Nossa Senhora Aparecida, localizado em Anápolis (GO). A unidade possui 53 leitos e passará por investimentos de ampliação, modernização de infraestrutura e equipamentos e a implantação de um centro cirúrgico. A operadora de saúde também arrendou um imóvel adjacente ao hospital, onde serão instaladas uma clínica médica Hapvida e uma unidade de diagnóstico.

Segundo a Hapvida, a aquisição do hospital, no valor R$ 6 milhões, permitirá a verticalização do atendimento hospitalar na região e sustentará o crescimento orgânico da operadora no curto prazo.

A conclusão das transações está condicionada a negociações bem-sucedidas, condução de maneira satisfatória dos procedimentos de diligência legal, contábil e apreciação e aprovação de órgãos reguladores.

Projeto de consolidação nacional

No começo do mês, a companhia já havia engrossado a lista de ativos adquiridos nos últimos anos, com um 'pacotão' bilionário de aquisições.

A compra mais significativa foi a do Grupo Promed, em uma transação de mais de R$ 1,5 bilhão e que marca a entrada da operadora no Estado de Minas Gerais.

Na ocasião do anúncio, a Hapvida também informou o acordo de arrendamento por R$ 11 milhões do Hospital Materno Infantil Sinhá Junqueira, em Ribeirão Preto, e a aquisição da carteira de beneficiários da Samedh, por um valor inicial de R$ 20 milhões.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

LUTO

Morre presidente da Samsung, aos 78 anos

Lee Kun-hee foi responsável por transformar a companhia em um dos maiores conglomerados do mundo

INFLAÇÃO

Custo alto deve se manter até 2021 no material de construção

Superaquecimento de itens é reflexo de distorção entre oferta e demanda, diz pesquisadora da FGV

“efeito de três pontos”

O [mau] comportamento dos mercados: as semelhanças entre a trajetória do câmbio e de uma bola de basquete

O câmbio vai oscilar ao gosto das notícias – das guerras comerciais à falta de agenda econômica do governo federal. Mas existe um estranho – e ainda pouco compreendido – “efeito de três pontos”.

DRAGÃO COM FOME

Comida pressiona inflação até o fim do ano, dizem analistas

Dólar em alta, oferta escassa por causa da entressafra e o auxílio emergencial estão provocando o aumento dos preços

CCR: Alerj recomenda retomar concessão de rodovia, mas governo é contra

Assembleia quer retomada da rodovia para reduzir tarifas, consideradas altas devido a irregularidades no contrato de concessão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies