Menu
2020-11-24T19:03:33-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
HOMEM NEGRO ESPANCADO

Carrefour reitera que está tomando medidas após morte de João Alberto de Freitas

Empresa divulga comunicado um dia após perder quase R$ 2 bilhões em valor de mercado por conta do episódio

24 de novembro de 2020
11:54 - atualizado às 19:03
Logo do Carrefour
Carrefour - Imagem: Shutterstock

Em meio às repercussões negativas a respeito da morte de João Alberto de Freitas, 40 anos, ocorrida na quinta-feira (19) em uma de suas lojas em Porto Alegre, o Carrefour Brasil (CRFB3) reiterou que está tomando todas as medidas para apurar os fatos e treinar seus colaboradores.

Em fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a rede de supermercados informou que está adotando todas as medidas cabíveis para responsabilizar os envolvidos no espancamento de Freitas e que rescindiu o contrato com a empresa de segurança.

Ela repetiu que todas as vendas feitas durante o dia 20 serão revertidas a projetos de combate ao racismo, reforçou o treinamento de funcionários e terceirizados, falou sobre as políticas de inclusão que possui e que vai criar um fundo para promover a inclusão racial e o combate ao racismo, com aporte inicial de R$ 25 milhões.

“O Grupo Carrefour Brasil continuará acompanhando os desdobramentos do caso e oferecendo todo suporte para as autoridades locais, e reforça seu compromisso de transparência na divulgação de informações a seus acionistas, investidores e ao mercado em geral”, diz trecho do fato relevante.

Reação

A divulgação do comunicado pelo Carrefour Brasil ocorreu um dia após suas ações fecharem com queda de 5,3%, a R$ 19,30, fazendo com que a empresa perdesse cerca de R$ 2 bilhões em valor de mercado. Hoje, as ações fecharam em queda de 0,52%, a R$ 19,20.

O mercado reagiu mal ao caso e seus desdobramentos. Freitas, um homem negro, foi espancado por dois seguranças do estabelecimento, e sua morte provocou uma onda de indignação, com muitos vendo o caso como racista. Diversas manifestações ocorreram em várias cidades no dia seguinte, dia 20, quando se comemora o Dia da Consciência Negra.  

Usuários de redes sociais e artistas, como os cantores Emicida e Preta Gil, pediram boicote dos consumidores à rede. Fornecedores também demonstraram indignação. A fabricante de bebidas Ambev cobrou do supermercado "medidas imediatas e efetivas" que possam evitar novos episódios de discriminação.

Do ponto de vista financeiro, os investidores se preocupam com os impactos de manifestações e boicotes nas operações da empresa em um momento importante do calendário, aproveitando para se desfazer dos papéis.

É no período de fim de ano que as vendas do varejo costumam se sair melhor, em razão das festas de Natal e Ano Novo. O receio é que o incidente possa impactar a receita da empresa ao longo dos próximos meses.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Prepare o bolso

Petrobras diz que manterá ritmo de reajustes nos preços de combustíveis

Um executivo confirmou que não haverá mudanças na política de preços da estatal, que segue sem frequência definida

Educação

Ações da Cogna avançam, mesmo com prejuízo líquido de R$ 90,975 milhões no 1º trimestre

Confira outros destaques do balanço da empresa, que viu uma queda de 18,1% nos investimentos

Exile on Wall Street

As bolsas deixaram os fundamentos de lado esta semana — mas você não deve!

A semana é de resultados, mas não se fala em outra coisa a não ser na alta de juros, após reunião do Copom que levou a Selic para 3,5% ao ano. Além disso, a inflação americana, que veio acima da expectativa, elevou as estimativas de juros futuros nos Estados Unidos.  Com isso, mesmo empresas com […]

esg

BTG e consórcio de investidores compram ativos florestais da Arauco no Chile por US$ 385,5 milhões

Segundo o banco, a transação do TIG envolve cerca de 80,5 mil hectares de áreas florestais de “alta qualidade e com manejo sustentável”, nas regiões do Centro e Sul do país

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies