Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-11-23T19:24:09-03:00
Felipe Saturnino
Felipe Saturnino
Graduado em Jornalismo pela USP, passou pelas redações de Bloomberg e Estadão.
homem negro espancado

Carrefour tomba 5,3% após protestos e pedidos de boicote pela morte de João Alberto de Freitas

Homem negro foi assassinado por dois seguranças de um estabelecimento da rede de supermercados em Porto Alegre. Ato gerou pedidos de boicotes por artistas e usuários de redes sociais, além de manifestações em frente e dentro de lojas do Carrefour

23 de novembro de 2020
14:07 - atualizado às 19:24
Fachada do Carrefour
Imagem: Shutterstock

As ações do Carrefour Brasil estiveram entre as maiores quedas do Ibovespa nesta segunda-feira (23), após a morte de João Alberto de Freitas - espancado por dois seguranças em um estabelecimento da rede de supermercados em Porto Alegre, na quinta (19).

Os papéis Carrefour Brasil ON (CRFB3) caíram 5,3% no pregão, cotados a R$ 19,30 - a baixa é de 16% neste ano.

Em diversas partes do país, foram realizadas manifestações antirracistas após o assassinato de Freitas, homem negro. Foram registrados atos em São Paulo, Sorocaba, Jundiaí e Santos no Estado de São Paulo; no Rio de Janeiro e São Gonçalo, no Rio; em Salvador, na Bahia, e em Vila Velha, no Espírito Santo.

As hashtags #justicaporbeto e #VidasPretasImportam viraram "trending topics" ao lado de "Carrefour" na sexta (20), em que se comemora o Dia da Consciência Negra, chegando a contar 350 mil tuítes até 14h daquele dia, segundo o site Poder360. Usuários de redes sociais e artistas, como os cantores Emicida e Preta Gil, pediram boicote dos consumidores à rede.

Fornecedores também demonstraram indignação. A fabricante de bebidas Ambev cobrou do supermercado "medidas imediatas e efetivas" que possam evitar novos episódios de discriminação.

O empresário Abílio Diniz, que integra os Conselhos de Administração do Carrefour Global e do Carrefour Brasil, disse à empresa que trabalhe "incansavelmente para que fatos trágicos como este jamais se repitam no Brasil".

Na sexta, o CEO global do Carrefour, Alexandre Bompard, solicitou à subsidiária brasileira do grupo uma "revisão completa" do treinamento de colaboradores e de terceiros.

O executivo classificou como "insuportáveis" as imagens da morte do homem, que tinha 40 anos.

Do ponto de vista financeiro, os investidores se preocupam com os impactos de manifestações e boicotes com as operações da empresa em um momento importante do calendário, aproveitando-se assim para se desfazer dos papéis.

É no período de fim de ano que as vendas do varejo costumam ir melhor, em razão das festas de Natal e Ano Novo. O receio é que isso possa impactar a receita da empresa ao longo dos próximos meses.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Casamento legal

Cade mantém aprovação de compra de fatia da BRF (BRFS3) pela Marfrig (MRFG3)

A conselheira que havia pedido a reabertura da análise da operação mudou de posição e desistiu da reavaliação

SEGURADORA EM APUROS

Vítima de ataque cibernético, Porto Seguro (PSSA3) diz ter restabelecido canais após quase uma semana de instabilidade

Corretores ouvidos pela reportagem disseram que, nos últimos dias, os sistemas da seguradora apresentaram problemas

CRYPTO NEWS

Cotação do bitcoin (BTC) bate recorde histórico — o que fazer com a criptomoeda a partir de agora?

Depois de alguns meses sendo um investimento “ruim”, porque teve 50% de queda, o bitcoin volta a ganhar os holofotes do mercado e as manchetes da mídia especializada

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Auxílio Brasil, recorde do bitcoin, balanço da Tesla e produção da Vale: confira as principais notícias do dia

Com a temporada de balanços americana trazendo resultados animadores, o empurrãozinho em direção a um dia de ganhos poderia ter sido maior, mas não tem como negar que a grande pedra no sapato do investidor brasileiro é o novo programa social pretendido pelo governo federal. O saldo final do pregão de hoje foi positivo, mas […]

Problemas nas refinarias?

Com ameaça de desabastecimento no radar, produção da Petrobras (PETR4) recua 4,1% no 3º trimestre

Antes da divulgação do relatório, a petroleira já havia informado que não teria capacidade para atender, em sua totalidade, os pedidos por fornecimento de combustível em novembro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies