Menu
2020-01-24T08:07:21-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Esquenta dos mercados

Mercado reage à posição da OMS e ensaia dia de ganhos

A Organização Mundial da saúde afastou a possibilidade de uma emergência global causada pelo coronavírus. A notícia animou os mercados, que monitoram de perto a situação

24 de janeiro de 2020
7:49 - atualizado às 8:07
Mercado de ações Ibovespa
Imagem: Shutterstock

A semana chega ao fim com a divulgação dos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Os números devem ajudar a ratificar a expectativa por um novo corte na Selic em fevereiro.

Para os números de dezembro, as projeções são todas negativas, já que o mês é marcado pela demissão em massa de trabalhadores temporários.

Os investidores, então, calibram as apostas e seguem atentos aos próximos passos do Copom. Hoje as atenções se voltam para o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, que participa nesta manhã de evento em São Paulo.

Mais embaixo?

O piso da Selic pode ser ainda mais baixo do que o atual. Pelo menos é o que acreditam os investidores após os dados recentes da econômia brasileira e as falas do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.

Em entrevista ao jornal Valor Econômico, Campos Neto afirmou que o choque do preço das carnes logo passará e diminuiu o impacto dos dados decepcionantes da atividade doméstitica dizendo que o BC já previa que o crescimento em 2019 não seria intenso.

Após a fala do presidente do BC, a curva de juros voltou a cair, mesmo após o resultado acima do esperado do IPCA-15.

Agenda

O presidente Jair Bolsonaro inicia viagem oficial à India.

Hoje também é o último dia do Fórum Econômico de Davos. No encerramento, Christine Lagarde, presidente do BCE, e Steve Mnuchin, secretário do Tesouro dos EUA, participam de painel.

Temos também a divulgação das leituras preliminares do PMI composto dos Estados Unidos, zona do euro, Alemanha e Reino Unido.

Sem emergência

A OMS avaliou que o coronavírus não representa uma ameaça global no momento. A doença, que tem contaminado também os mercados na última semana já infectou 830 pessoas. Pelo menos 25 mortes foram registradas.

Mas, o feriado do Ano Novo Lunar na China continua sendo um foco de tensão, já que pode desencadear uma contaminação em massa. No momento, nove cidades chineses estão isoladas.

Com esse cenários, as bolsas asiáticas subiram levemente. Na Ásia, as bolsas chinesas se encontram fechadas para a celebração da chegada do Ano Novo Lunar. Eles permanecem fechados até a próxima quinta-feira (30).

Nos Estados Unidos as bolsas também surfaram no viés positivo dado pela Organização Mundial da Saúde e diminuiram as perdas apresentadas no começo do dia. O S&P chegou a cravar um novo recorde de fechamento, com uma alta de 0,11%. Hoje, os índices futuros operam no positivo em Wall Street.

Na Europa, o boletim da OMS e os dados positivos do PMI da zona do euro embalam o pregão na abertura.

No Brasil, o Ibovespa chegou a apresentar queda de 1,25%, mas se recuperou e fechou o dia com novo recorde, após avançar 0,96%, aos 119.527,63 pontos.

O movimento positivo foi puxado pela alta das ações dos bancos, que vinham sofrendo nos últimos pregões, e pelas correções do mercado após vários dias de perdas.

Fique de olho

  • Itaú Unibanco anunciou isenção de tarifa do cheque especial. A medida é válida para todos os clientes.
  • Eletrobras abriu edital de licitação para consultoria que vai rever sua estrutura organizacional.
  • Braskem divulgou paralisação da produção de cloro soda em Camaçara, na Bahia.
  • Petrobras deu início a fase não vinculante para venda da BSBios, da qual sua subsiária detém 50% de participação.
  • Minerva precificou suas ações a R$ 13. A oferta movimentou R$ 1,235 bilhões.
Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Maquininhas internacionais

De malas prontas: presidente da Getnet revela planos para o início das operações na Europa em 2022

A empresa se tornou peça-chave nos planos do espanhol Santander de criar uma plataforma global de pagamentos

Renda variável

Na batalha das corretoras, Rico vai zerar taxa em operações com opções

A medida busca tornar a corretora mais competitiva e reforçar a atuação do grupo no ramo da renda variável

Concursos públicos

De olho nos concurseiros, Yduqs anuncia aquisição da plataforma de EaD Qconcursos

Plataforma de cursos preparatórios para concursos públicos tem 412 mil alunos pagantes e mira mercado potencial de 17 milhões de pessoas; valor da operação não foi divulgado

Mostrando as garras

Dirigente do Fed fala em alta de juros em 2022 e admite postura mais agressiva contra inflação

Em entrevista à CNBC, Bullard disse que o Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC, na sigla em inglês) adotou uma posição mais dura no encontro deste mês

Entrando no pet shop

O plano da BRF: colocar comida na sua mesa e ração no potinho do seu pet

A BRF comprou o grupo Hercosul, produtor e distribuidor de ração para cães e gatos, entrando no mercado pet. Entenda o racional da operação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies