Menu
2019-12-27T11:59:13-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Sonho americano

Ações da MRV sobem após empresa mudar proposta por empresa nos EUA

No novo desenho, a MRV vai incorporar a participação de Rubens Menin na AHS antes de fazer o aporte na construtora que atua nos EUA

27 de dezembro de 2019
11:59
Empreendimento da AHS, empresa dos donos da MRV Engenharia
Empreendimento da AHS, empresa dos donos da MRV Engenharia - Imagem: Reprodução

A MRV Engenharia decidiu atender aos acionistas minoritários na bolsa e mudou a forma como fará o investimento na AHS Residential, que constrói imóveis para alugar nos Estados Unidos.

Os investidores reagem bem à notícia. Por volta das 11h30, as ações da incorporadora (MRVE3) eram negociadas em alta de 4,88%, cotadas a 22,58. Leia também nossa cobertura de mercados.

Na época do anúncio do negócio, porém, os papéis da empresa brasileira reagiram em forte queda. Além da natural desconfiança, o "sonho americano" chamou a atenção por outro motivo: a AHS é controlada pela família Menin, que também é a principal acionista da MRV.

Na versão original, a empresa brasileira ficaria com 51% na AHS. A família Menin, que hoje possui 94,5% do capital, seria diluída para 46,3%.

Novo desenho

Depois de ouvir as sugestões dos minoritários, a companhia decidiu refezer a proposta para evitar um potencial conflito de interesses. No novo desenho, a MRV vai incorporar a participação de Rubens Menin na AHS.

Ou seja, toda a participação do empresário ocorrerá por meio da MRV. Com isso, a incorporadora passará a deter 94,5% do capital da AHS, que também receberá um aporte de capital de US$ 236 milhões (R$ 958 milhões, no câmbio de hoje).

Após o negócio, a participação de Menin na MRV subirá de 32,48% para 37,78%, e os demais acionistas serão diluídos dos atuais 67,27% para 61,99%.

Menin também ganhou direito a um bônus de subscrição em ações da MRV dependendo do desempenho da AHS. Caso a taxa interna de retorno (TIR) do investimento, em dólares, supere 15% ao ano em 2027, ele terá direito a 2% do capital da companhia. Se a TIR passar de 20%, o bônus de subscrição dará direito a 3% da MRV.

A proposta ainda precisa passar por uma assembleia de acionistas, que será convocada para o dia 31 de janeiro de 2020.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

De volta aos 118 mil pontos

Noticiário corporativo dá as cartas e Ibovespa sobe mais de 1%; dólar cai a R$ 4,17

Num dia de calmaria no exterior, o Ibovespa fechou em alta firme, impulsionado pelo bom desempenho das ações das siderúrgicas, da Eletrobras e do setor de papel e celulose.

PETRÓLEO

Campo de Lula permanece em 2019 como o maior produtor de petróleo do Brasil

Primeiro campo supergigante brasileiro, Lula foi descoberto em 2006, representando hoje 34,2% da produção do País

PETRÓLEO

Produção de petróleo no Brasil cresce 7,78% em 2019, diz ANP

A maior alta foi registrada pela produção de petróleo na região do pré-sal, de 21,56%, para 633,9 milhões de barris, segundo agência

MAIS ESCLARECIMENTOS

Contrato para abrir ‘caixa-preta’ é da gestão Temer, diz presidente do BNDES

“Não foi esta diretoria que contratou a auditoria. Chegamos em julho no banco e 90% do relatório estava pronto”, afirmou Montezano

OLHO NO VAREJO

XP diz que ações de varejistas não estão caras e coloca Lojas Renner, Via Varejo e Vivara entre as apostas para setor

Para o analista, a alta nos múltiplos é reflexo do aumento das expectativas dos investidores com a melhora do consumo e expansão das varejistas. Mas ponderou que, ao mesmo tempo, tal fato diminui a margem de erro por parte das empresas

Altas e baixas

Eletrobras, siderúrgicas, Marfrig, JBS e Klabin: os destaques do Ibovespa nesta quarta-feira

As ações da Eletrobras reagiram positivamente à recomendação de compra pelo Itaú BBA. Siderúrgicas e Klabin também subiram, enquanto Marfrig e JBS caíram

em compasso de espera

Gol nega revés após Boeing adiar novamente retorno do 737 MAX

Modelo foi suspenso por autoridades em todo o mundo após dois acidentes deixarem centenas de mortos no fim de 2018 e início de 2019

de olho na avaliação

Aprovação de Bolsonaro cai para 47,8% em um ano, diz CNT/MDA

O chefe do Planalto, no entanto, se recuperou quando a comparação ocorre entre a última pesquisa, em agosto, e agora

Bolada no Caixa

BNDES vai repassar R$ 15 bilhões em dividendos para a União

Receita de dividendos do BNDES em 2019 “salvou” o governo num momento em que o Orçamento estava bloqueado e alguns órgãos da Esplanada dos Ministérios operando numa situação de quase paralisação

Fórum Econômico Mundial

Em Davos, governo encontra investidores para oferecer projetos, incluindo o 5G

Governo vai apresentar todos os 115 projetos já estruturados ou ainda em fase de estudo que compõem a carteira para 2020 e 2021, que equivalem a R$ 320 bilhões

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements