Menu
2019-12-27T11:59:13-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Sonho americano

Ações da MRV sobem após empresa mudar proposta por empresa nos EUA

No novo desenho, a MRV vai incorporar a participação de Rubens Menin na AHS antes de fazer o aporte na construtora que atua nos EUA

27 de dezembro de 2019
11:59
Empreendimento da AHS, empresa dos donos da MRV Engenharia
Empreendimento da AHS, empresa dos donos da MRV Engenharia - Imagem: Reprodução

A MRV Engenharia decidiu atender aos acionistas minoritários na bolsa e mudou a forma como fará o investimento na AHS Residential, que constrói imóveis para alugar nos Estados Unidos.

Os investidores reagem bem à notícia. Por volta das 11h30, as ações da incorporadora (MRVE3) eram negociadas em alta de 4,88%, cotadas a 22,58. Leia também nossa cobertura de mercados.

Na época do anúncio do negócio, porém, os papéis da empresa brasileira reagiram em forte queda. Além da natural desconfiança, o "sonho americano" chamou a atenção por outro motivo: a AHS é controlada pela família Menin, que também é a principal acionista da MRV.

Na versão original, a empresa brasileira ficaria com 51% na AHS. A família Menin, que hoje possui 94,5% do capital, seria diluída para 46,3%.

Novo desenho

Depois de ouvir as sugestões dos minoritários, a companhia decidiu refezer a proposta para evitar um potencial conflito de interesses. No novo desenho, a MRV vai incorporar a participação de Rubens Menin na AHS.

Ou seja, toda a participação do empresário ocorrerá por meio da MRV. Com isso, a incorporadora passará a deter 94,5% do capital da AHS, que também receberá um aporte de capital de US$ 236 milhões (R$ 958 milhões, no câmbio de hoje).

Após o negócio, a participação de Menin na MRV subirá de 32,48% para 37,78%, e os demais acionistas serão diluídos dos atuais 67,27% para 61,99%.

Menin também ganhou direito a um bônus de subscrição em ações da MRV dependendo do desempenho da AHS. Caso a taxa interna de retorno (TIR) do investimento, em dólares, supere 15% ao ano em 2027, ele terá direito a 2% do capital da companhia. Se a TIR passar de 20%, o bônus de subscrição dará direito a 3% da MRV.

A proposta ainda precisa passar por uma assembleia de acionistas, que será convocada para o dia 31 de janeiro de 2020.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

mercado de ações

A B3 vai ter concorrência, mas não hoje: os riscos e oportunidades dos desafiantes ao monopólio da bolsa brasileira

Autorização para a empresa Mark2Market operar como central depositária de títulos volta a esquentar debate sobre atuação da B3, mas mercado vê quebra de monopólio improvável no curto prazo

Triste marca

Brasil registra mais de 500 mil mortos por covid-19

Em 24 horas foram 2.301 óbitos e 82.288 novos casos. Em nota, Conass ressalta que o Brasil tem 2,7% da população mundial, e é responsável por 12,8% das mortes

Here comes the sun

Energia solar ruma para liderança no País até 2050

O sol será responsável por 32% da geração, ao mesmo tempo em que a participação das hidrelétricas deve cair para cerca de 30%

ESTRADA DO FUTURO

Os três setores mais lucrativos em tecnologia, e por que você deve investir neles

Integração entre softwares e Inteligência Artificial são dois dos segmentos que devem fazer parte de qualquer portfólio de investimentos vencedor

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies