Menu
2019-12-27T17:33:43-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
Bolsa e dólar hoje

Ibovespa vira para o campo negativo, com investidores embolsando lucros; dólar cai a R$ 4,05

Após a forte alta acumulada ao longo de dezembro, o Ibovespa cede a um movimento de realização de lucros nesta sexta-feira. O clima para os mercados, no entanto, segue bastante tranquilo — tanto é que o dólar à vista continuou encontrando espaço para alívio

27 de dezembro de 2019
10:12 - atualizado às 17:33
Selo Mercados AGORA Ibovespa dólar
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Teremos mais recordes do Ibovespa nesta sexta-feira (27)? Há duas maneiras de abordar essa pergunta. Em termos intradiários, a resposta é sim: o índice chegou a subir 0,51% mais cedo e tocou os 117.802,86 pontos, marcando uma nova máxima nessa base de comparação.

Mas e em termos de fechamento? Bem, ainda estamos longe do fim do pregão, mas a perspectiva não é muito animadora nesse front: por volta de 17h25, o Ibovespa recuava 0,60%, aos 116.500,95 pontos, influenciado por um movimento de realização dos lucros recentes.

Apesar da baixa, o ambiente segue tranquilo para os mercados financeiros, tanto aqui como lá fora — e o tom de calmaria visto no câmbio mostra que não há uma onda de pessimismo tomando conta dos agentes financeiros. O dólar à vista fechou em queda de 0,28%, a R$ 4,0503, acumulando baixa de 1,08% na semana.

Lá fora, os índices acionários americanos têm um dia de pouca movimentação: o Dow Jones (+0,15%) e o S&P 500 (+0,04%) operam em alta e flertam com mais recordes, enquanto o Nasdaq (-0,13%) cai.

Agenda econômica em foco

O principal destaque da agenda desta sexta-feira foi a divulgação da taxa de desemprego, que recuou de 11,6% para 11,2% no trimestre encerrado em novembro, de acordo com o IBGE.

A queda reforça a tendência de recuperação da economia observada em outros dados, o que favorece as ações das empresas ligadas ao setor de consumo, grande destaque do rali recente da bolsa.

A melhora na atividade também se reflete na inflação medida pelo IGP-M, que acelerou e bateu em 2,09% em dezembro, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV). O dado assusta à primeira vista, mas ficou levemente abaixo da mediana apurada pela pesquisa Projeções Broadcast, que previa alta de 2,12%.

Animação com a China

No exterior, atenção para o avanço de 5,4% no lucro das indústrias da China em novembro — o dado tinha recuado 9,9% em outubro. O indicador foi comemorado pelos mercados globais por sinalizar a recuperação da atividade do gigante asiático.

Considerando a perspectiva otimista em relação à China, as bolsas americanas tentam dar continuidade ao rali recente, buscando novas máximas. Esse noticiário também dá aval para um alívio generalizado no câmbio.

O dólar perde terreno em relação às divisas de países emergentes, como o peso mexicano, o rublo russo, o rand sul-africano e o peso chileno — o real, assim, pega carona no contexto internacional.

Juros estáveis

As curvas de juros não acompanharam o alívio no dólar e terminaram o dia com um viés de estabilidade. Por mais que o mercado de câmbio estivesse tranquilo hoje, a aceleração na inflação trouxe instabilidade ao mercado.

Veja como ficaram os principais DIs:

  • Janeiro/2021: de 4,59% para 4,58%;
  • Janeiro/2023: de 5,85% para 5,86%;
  • Janeiro/2025: estável em 6,51%;
  • Janeiro/2027: de 6,84% para 6,85%.

MRV em foco

No front corporativo, destaque para as ações ON da MRV (MRVE3), que operam em alta de 1,72% e lideram os ganhos do Ibovespa. Mais cedo, a construtora anunciou uma alteração na proposta de incorporação da companhia americana AHS Residential — um movimento que atendeu às demandas dos acionistas minoritários.

Veja quais são as ações de melhor desempenho do Ibovespa:

  • MRV ON (MRVE3): +1,72%
  • Braskem PNA (BRKM5): +1,39%
  • Weg ON (WEGE3): +1,09%
  • Cosan ON (CSAN3): +1,04%
  • Fleury ON (FLRY3): +1,03%

Confira também as cinco maiores quedas do índice:

  • B3 ON (B3SA3): -5,04%
  • CSN ON (CSNA3): -3,03%
  • Lojas Americanas PN (LAME4): -2,74%
  • GPA PN (PCAR4): -2,54%
  • Via Varejo ON (VVAR3): -2,12%
Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Mais um capítulo da novela

Reatando laços: Elon Musk diz que Tesla pode voltar a adotar bitcoin e moeda dispara 10%

Depois de uma semana do tweet que pegou o mercado de surpresa com o “fim do namoro”, Musk volta atrás e tenta reconciliação

Nas alturas

Eve Urban Air Mobility, empresa da Embraer, fecha parceria com a Ascent

A Ascent conta atualmente com uma base de dados de operadoras aéreas parceiras para serviços dedicados de UAM em toda a Tailândia e nas Filipinas, e está preparada para expandir sua presença na região

Pronta para decolar

Gol conclui aumento de capital e levanta mais R$ 423 milhões

Incluindo a incorporação da Smiles, a companhia aérea emitiu mais de R$ 1 bilhão somente neste mês de junho, e no trimestre, captação chega a R$ 2,7 bilhões

segredos da bolsa

Com “Super Quarta” à frente, semana deve ser marcada por cautela e otimismo dos mercados

A divulgação de outros dados econômicos ao longo da semana deve colocar ainda mais pressão da decisão do Fed e do BC brasileiro

Novo apagão?

Governo federal prepara MP que abre caminho para racionamento de energia

Intenção é criar um comitê de crise que terá o poder de adotar medidas como a redução obrigatória de consumo e acionamento de termoelétricas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies