Menu
2019-07-26T11:17:17+00:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Vídeo

IFIX: conheça o Ibovespa dos fundos imobiliários

Saiba o que é o IFIX, o índice dos fundos imobiliários, e quais fundos são elegíveis para fazer parte deste indicador

26 de julho de 2019
12:00 - atualizado às 11:17

O mercado financeiro é repleto de indicadores que podem ajudar você a acompanhar melhor os seus investimentos. No mercado de ações, o principal deles é o Ibovespa. E no mercado de fundos imobiliários - aqueles fundos que investem em imóveis e têm cotas negociadas em bolsa - o índice para se ficar de olho é o IFIX. Você já ouviu falar dele?

No vídeo a seguir, eu explico o que é o IFIX e os critérios para que um fundo imobiliário faça parte desse indicador:

Leia a transcrição do vídeo sobre o que é o IFIX

Os índices de mercado permitem ao investidor acompanhar o desempenho médio dos diferentes tipos de investimento e avaliar se a sua carteira está indo bem. Na bolsa brasileira, o mais conhecido desses índices é o Ibovespa, integrado pelas principais ações do nosso mercado. Mas existe um outro índice na bolsa muito importante para o investidor pessoa física: o Índice de Fundos de Investimento Imobiliários, o IFIX. E é dele que eu vou falar nesse vídeo.

O IFIX é o indicador do desempenho médio das cotações dos fundos imobiliários que têm cotas negociadas nos mercados de bolsa e balcão organizado da B3. Ele representa uma carteira teórica dos fundos mais negociados e de maior liquidez. A composição do índice é revista três vezes por ano, quando os fundos que deixaram de preencher os critérios para fazer parte do IFIX são retirados, e os fundos que passaram a atender os pré-requisitos são integrados ao índice.

Em outras palavras, o IFIX está para o mercado de fundos imobiliários como o Ibovespa está para o mercado de ações. Por meio das variações do IFIX, o investidor pode ter uma ideia de como os fundos imobiliários brasileiros estão se saindo.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

É importante ressaltar que o IFIX é um índice de retorno total, ou seja, ele procura refletir não só as variações nos preços das cotas dos fundos, mas também o impacto que a distribuição de proventos tem no retorno do índice. Isso significa que os rendimentos distribuídos pelos fundos imobiliários, como os aluguéis dos imóveis da carteira, são levados em consideração no desempenho do IFIX.

Mas quais são os critérios para um fundo imobiliário fazer parte do IFIX? Bem, o primeiro deles é estar entre os fundos mais negociados do último ano, tanto em número de negócios quanto em volume financeiro. O segundo é ter sido negociado em pelo menos 60% dos pregões no último ano. Outro critério é não ter uma cota com valor médio ponderado menor que R$ 1 durante o período de vigência da carteira teórica anterior. E, por último, não ser objeto de resgate total pelo fundo emissor durante a vigência da carteira teórica.

Os fundos imobiliários que fazem parte do IFIX são ponderados pelo valor de mercado das suas cotas. Em bom português, isso significa que cada fundo tem um peso diferente no índice de acordo com o seu valor de mercado. Mas um único fundo não pode ter peso maior do que 20% do índice.

Como a composição do IFIX pode mudar a cada quatro meses, eu vou deixar aqui o link pra página do site da B3 onde você pode encontrar a composição atual do índice.

Gostou do vídeo? Então não se esquece de se inscrever no canal do Seu Dinheiro no YouTube e deixar suas dúvidas e ideias pra outros vídeos nos comentários.

Investir no IFIX

O IFIX é um ótimo indicador para quem deseja acompanhar o desempenho médio do mercado de fundos imobiliários. É uma boa medida para saber, por exemplo, se os fundos imobiliários têm sido, no geral, um investimento rentável. Também serve para o investidor saber se os fundos da sua própria carteira estão sendo capazes de superar o índice.

Infelizmente, ainda não é possível investir no IFIX. O investimento em um índice de mercado pode ser feito por meio de ETFs, os Exchange Traded Funds, fundos de investimento com cotas negociadas em bolsa que replicam fielmente o desempenho das carteiras teóricas dos seus índices de referência.

Existem ETFs de Ibovespa e outros índices de ações e renda fixa. Mas, pelo menos por ora, ainda não existem ETFs de IFIX.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Aquecendo o mercado imobiliário

Novo programa habitacional pode ter verba de R$ 450 milhões em 2020

Governo quer substituir o atual programa habitacional por um sistema de “voucher”, um vale que assegurará um crédito às famílias para a casa própria

Destinos no Brasil e América do Sul

Latam Brasil amplia acordo de codeshare com a Qatar Airways

Agora bilateral, a parceria proporcionará aos clientes da Qatar Airways conexões para destinos em todo o Brasil e América do Sul

Seu Dinheiro na sua noite

Não é só a Previdência

Quando Paulo Guedes assumiu o comando da economia no governo Bolsonaro, formou-se no mercado um misto de grande expectativa e curiosidade. Afinal, era a primeira vez que o Brasil teria uma diretriz liberal “puro sangue”. Parte dos investidores esperava que as primeiras medidas de abertura comercial fossem tomadas logo em janeiro, já que não dependiam […]

Mercado paralelo

Unick Forex é alvo de operação da PF por esquema de pirâmide financeira

A empresa vinha sendo investigada por atuar no mercado financeiro paralelo com a captação ilegal de recursos de cerca de um milhão de clientes

Caged saindo do forno

Saldo líquido de emprego formal foi positivo em 157.213 vagas em setembro

Saldo de setembro do Caged decorre de 1,341 milhão de admissões e 1,184 milhão de demissões

Não está sendo fácil

Campos Neto destaca nos EUA choques internacionais que afetaram PIB em 2019

Apresentação do presidente do BC mostra que a projeção do mercado financeiro para o crescimento do Produto Interno Bruto em 2019 é de 0,87%

Crise profunda no PSL

Bolsonaro tenta derrubar líder na Câmara, sofre derrota e destitui Joice Hasselmann da liderança no Congresso

Presidente atuou pessoalmente para tentar derrubar Delegado Waldir, mas movimento foi falho e apenas aprofundou a crise no partido

falam os analistas

UBS eleva preço-alvo da Via Varejo, mas diz que ainda não é hora de comprar a ação da companhia

Analistas do banco suíço avaliam que mudanças promovidas na varejista após a retomada do controle acionário pelo bloco da família Klein ainda não são suficientes para recomendar a compra dos papeis, que ontem fecharam cotados a R$ 7,82

Tá bem na fita

Santander recomenda compra das ações do Banco Pan, chama ativo de “melhor dos dois mundos” e papéis disparam na bolsa

Setor de investimentos do banco espanhol iniciou sua cobertura das ações com um preço-alvo de R$ 14

Balanço SPE

Queda do juro no Brasil é estrutural, diz Ministério da Economia

Entre 2011 e 2013, queda de juros foi feita “na marra” e se tornou insustentável. Agora, Selic menor é vista como sustentável

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements