Menu
2019-10-14T14:25:10+00:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa e UBS Escola de Negócios. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência CMA, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico.
A alma do negócio

Com a publicidade em alta, a dona do Google deu um salto no segundo trimestre

A Alphabet, controladora do Google, reportou resultados fortes no segundo trimestre, sustentada pelo crescimento nas receitas com propaganda. E o mercado recebeu bem os números da gigante do setor de tecnologia

25 de julho de 2019
20:17 - atualizado às 14:25
Sede do Google
Google - Imagem: Shutterstock

A propaganda é a alma do negócio, diz o velho bordão. Bem, a dona do Google leva essa máxima às últimas consequências — e essa postura rendeu enormes frutos à empresa no segundo trimestre deste ano.

No início da noite desta quinta-feira (25), a Alphabet — um conglomerado multinacional que engloba o Google e todas as suas subsidiárias — reportou um conjunto bastante forte de resultados financeiros no período entre abril e junho de 2019, surpreendendo positivamente o mercado.

A receita líquida da Alphabet somou US$ 38,9 bilhões no trimestre, o que representa um crescimento de 19% em relação ao mesmo período de 2018. E esse salto se deve ao forte desempenho do setor de publicidade: as receitas obtidas com propagandas chegaram a US$ 32,6 bilhões, um avanço de 16% na mesma base de comparação.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

"Das melhorias em produtos-chave — como o serviço de buscas, o Maps e o assistente Google — às inovações na inteligência artificial e nossas ofertas crescentes de computação em nuvem, estamos incrivelmente animados com o momento atual dos negócios do Google e com a inovação que está impulsionando nosso crescimento", diz Sundar Pichai, CEO da empresa, em mensagem aos acionistas.

A forte expansão das receitas com publicidade deu sustentação a todo o balanço da Alphabet no trimestre. Como resultado, a empresa obteve um lucro líquido de US$ 9,947 bilhões no período, mais que o triplo dos ganhos registrados há um ano, de US$ 3,195 bilhões.

Vale ressaltar, no entanto, que os números do segundo trimestre do ano passado foram impactados pelo pagamento de uma multa bilionária imposta pela Comissão Europeia — descontando o efeito dessa sanção, a Alphabet teria lucrado US$ 8,266 bilhões entre abril e junho de 2018. Ainda assim, o resultado atual representa um avanço expressivo no lucro.

Hora de comprar

Como resultado, as ações da Alphabet dispararam no after market de Nova York — uma espécie de prorrogação do pregão regular. A dona do Google possui dois tipos de ativos em negociação: os papéis tipo A (GOOGL) e tipo C (GOOG), sendo que a segunda variedade é mais líquida, mas não dá direito de voto aos seus detentores.

Por volta de 19h45, as ações classe C subiam 8,65% no after market, a US$ 1.230,00, enquanto os papéis tipo A avançavam 8,50%, a US$ 1.232,45. As cotações de ambos os ativos não ultrapassavam a marca de US$ 1.200 desde abril.

Mas, além dos fortes resultados financeiros em si, outros fatores colaboram para gerar toda essa animação aos mercados. A Alphabet também divulgou no início da noite que seu conselho de administração autorizou a recompra de até US$ 25 bilhões em ações do tipo C (GOOG), as mais líquidas.

Por fim, a ausência de um detalhe no balanço da dona do Google também serviu para animar os agentes financeiros. Ao contrário do que parte do mercado esperava, a Alphabet não fez qualquer menção à abertura de alguma investigação específica por parte das autoridades americanas, no âmbito das revisões regulatórias que atingem as empresas do setor de tecnologia online do país.

Vale lembrar que, na quarta-feira (24), o Facebook afirmou que a Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos (FTC, na sigla em inglês) abriu uma análise antitruste contra a companhia — a empresa de Mark Zuckerberg, contudo, não deu maiores detalhes quanto ao teor desse processo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Adiós, hermanos

Petrobras deixa de negociar ações na bolsa de valores da Argentina

Companhia informou que os investidores argentinos que tenham ações da Petrobras poderão mantê-las na Caja de Valores ou vendê-las em mercados estrangeiros

um taxa a menos

Governo acaba com seguro obrigatório DPVAT

Medida foi assinada por Jair Bolsonaro e passa a valer já em 2020

Ponto polêmico

Excluído da MP da liberdade econômica, trabalho aos domingos volta

MP inclui a possibilidade na CLT, com a ressalva de que para os estabelecimentos do comércio deverá ser observada a legislação local

Desacelerou

Ministros de comércio dos Brics observam perda de impulso na economia mundial

Autoridades dizem concordar que a “liberalização do comércio é um elemento essencial para liberar o potencial de crescimento econômico

Seu Dinheiro na sua noite

Onde Bolsonaro encontra Dilma

Albert Einstein já dizia que é loucura repetir a mesma coisa esperando obter resultados diferentes. Pois o governo aposta em uma fórmula que já se mostrou equivocada no passado recente para tentar resolver um problema crônico do país: o desemprego. A desoneração da folha de pagamento, medida que foi adotada no governo Dilma, é um […]

Onda tecnológica

Fintechs de crédito são ‘sucesso absoluto’, diz diretor do BC

Autoridade monetária já concedeu licenças a dez SCD e quatro Sociedades de Crédito Entre Pessoas (SEP)

Programa Verde Amarelo

Bolsonaro assina medida que reduz custo para contratação de jovens

Programa atenderá jovens entre 18 e 29 anos que ainda não tiveram seu primeiro emprego. Custo da mão de obra cai entre 30% e 34% para as empresas que aderirem

Valeu, foi bom, adeus

Bolsonaro deve anunciar amanhã saída do PSL em reunião com deputados aliados

Segundo deputados do PSL, o presidente deve se manter, por enquanto, independente, até encontrar um novo partido

Esfarelando

Biscoito murcho: ações da M. Dias Branco caem após (mais um) trimestre ruim

A M. Dias Branco encerrou o terceiro trimestre com um lucro líquido de R$ 134,5 milhões, cifra 42,6% menor na base anual. Esse dado, somado a outras informações preocupantes do balanço, trouxe preocupação ao mercado

Mudanças no radar

Petrobras conquista mais prazo com ANP para vender campos em terra

Novos prazos da estatal agora são dezembro, para a maioria dos campos, e junho de 2020 para ‘uma pequena quantidade’

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements