Menu
2019-08-03T10:41:12+00:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa e UBS Escola de Negócios. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência CMA, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico.
Mudando de mãos

Negócio fechado! BRMalls vende sua participação em sete shoppings por R$ 700 milhões

Um fundo imobiliário administrado pelo BTG Pactual será o novo dono da fatia detida pela BRMalls em sete shoppings. O valor integral da transação será distribuído aos acionistas

3 de agosto de 2019
10:41
Shopping center
Imagem: Shutterstock

A operadora de shoppings centers BRMalls já tinha avisado: estava em "tratativas avançadas" para vender sua participação em sete ativos de seu portfólio para um fundo imobiliário administrado pelo BTG Pactual. E, na noite desta sexta-feira (2), o negociação foi concluída.

A transação envolve as fatias detidas pela BRMalls em três shoppings no Rio de Janeiro (Ilha Plaza, Casa & Gourmet e Plaza Macaé), um no Paraná (Londrina Norte), um em São Paulo (Osasco Plaza), um em Minas Gerais (Contagem) e um no Tocantins (Capim Dourado), pelo valor total de R$ 696,4 milhões — a cifra já foi liquidada.

"Os ativos alienados são shoppings sólidos, mas dentro de um portfólio maior, recebiam menor priorização e poderão receber mais investimentos e atenção pelo novo comprador", diz a BRMalls, em mensagem aos acionistas. A companhia ainda afirma que pretende vender sua fatia em outros dois empreendimentos — os shoppings São Luis (MA) e Via Brasil (RJ) — nos próximos trimestres.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

A companhia possuía 100% de participação em apenas três dos empreendimentos negociados com o fundo imobiliário do BTG Pactual: os shoppings Casa & Gourmet, Londrina Norte e Capim Dourado. Com a venda da fatia detida nos sete estabelecimentos, a BRMalls ficará com 29 ativos em seu portfólio.

"Acreditamos que a correta alocação de capital é uma variável crítica de sucesso no nosso setor, que possui natureza capital-intensiva", afirma a companhia. "Manteremos nossa disciplina nos investimentos e continuaremos perseguindo a nossa estrutura ótima de capital".

A operadora ainda diz que o valor integral dessa transação será distribuído aos acionistas, tendo como base a posição do dia 7 de agosto. Dos R$ 696,4 milhões, R$ 526,4 milhões serão repassados sob a forma de dividendos — os R$ 170 milhões restantes serão pagos em juros sobre o capital próprio (JCP).

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

atenção

Confiança do consumidor sobe em agosto, mas ainda há cautela, diz FGV

Índice de Confiança do Consumidor subiu 1,1 ponto no mês em comparação a julho, chegando a 89,2 pontos

segue a tensão

China promete novamente contramedidas em reação a tarifas dos EUA

Segundo o porta-voz, apesar da decisão do presidente americano, Donald Trump, de adiar algumas das cobranças, as tarifas violaram um consenso entre as potências

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quinta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Prudência

Cautela no exterior faz Ibovespa operar em queda; dólar sobe a R$ 4,05

O Ibovespa aparece no campo negativo e volta ao patamar dos 100 mil pontos, pressionado pelo tom de maior precaução que toma conta dos ativos globais

Câmbio

BC vende US$ 550 milhões em leilão à vista de dólar

Com venda integral do lote ofertado, não teremos, hoje, o leilão de swap tradicional. Mercado trocou swap por dólar de verdade

no documento

BCE discutiu pacote de estímulos monetários em reunião de julho, mostra ata

Banco Central Europeu também considerou examinar formas de fortalecer sua orientação futura (“forward guidance”) paras os juros

tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

Bienvenido ao paraíso dos especuladores

Enquanto (quase todos) os bancos centrais do mundo reduzem os juros, há uma taxa em escalada aqui do lado. A Argentina subiu seu juro para 74% ao ano diante do pânico dos investidores com a vitória da esquerda nas eleições primárias no início do mês. Poxa, 74% ao ano na renda fixa é uma bolada, […]

será que vai?

Guedes não mostrou proposta de privatização da Petrobras, diz Bolsonaro

Ontem, reportagem disse que o governo quer concluir a venda da estatal até 2022; as ações da Petrobras dispararam

mais um que passou

Câmara aprova projeto que permite posse de arma em toda a propriedade rural

Projeto segue para Bolsonaro sancionar ou vetar; regra atual diz que posse só é permitida na sede da propriedade

Bolsa

Ação da Telebras dispara com privatização no radar, mas não deveria

Com a alta de mais de 60% ontem na bolsa, o valor de mercado da Telebras na bolsa passou para mais de R$ 1,9 bilhão, mas os resultados da estatal nem de longe justificam toda essa euforia. E os minoritários ainda correm o risco de diluição

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements