Menu
2019-10-24T16:13:35+00:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Jornalista formado pela Universidade de Federal do Paraná (UFPR). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros veículos.
dia da catarinense

Ação da Weg sobe 4,45% após lucro de R$ 418 milhões no 3º trimestre e anúncio de fábrica na Índia

Receita cresceu 3,5%, chegando a R$ 3,3 bilhões, enquanto o ebitda atingiu R$ 579,1 milhões – alta de 18,4%; retorno sobre capital foi a 19,2%; papeis chegavam a R$ 25,85 no início da tarde desta quarta-feira

23 de outubro de 2019
13:36 - atualizado às 16:13
Fábrica da WEG em Santa Catarina
Fábrica - Imagem: Jonne Roriz/Estadão Conteúdo

A ação ON da Weg (WEGE3) liderou os ganhos do Ibovespa nesta quarta-feira (23) após a companhia reportar crescimento da receita, do Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) e do retorno sobre capital investido (ROIC) no terceiro trimestre desse ano. A empresa também anunciou uma nova fábrica na Índia.

Os ativos terminaram o pregão com alta de 4,45%, a R$ 25,84. A reação do mercado é semelhante à da última temporada de balanços, quando a companhia apresentou um lucro 15,6% maior que o apurado no segundo trimestre de 2018. No ano, os papeis da Weg já acumulam alta de quase 50%.

No geral, o desempenho da empresa catarinense pode ser explicado pela gama de áreas de atuação: desde equipamentos eletroeletrônicos industriais até motores para uso doméstico; de geração, transmissão e distribuição de energia (GTD) a tintas e vernizes. O leque funciona como seguro para eventuais dificuldades de alguma divisão ou mercado.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Os analistas do Itaú BBA mantiveram o preço-alvo para a ação da Weg em 12 meses a R$ 18, mas disseram que essa projeção será atualizada em breve. A instituição ainda espera vendas mais fracas no segmento de geração de energia eólica.

"Haverá espaço para melhorias adicionais nas margens, já que o segmento de equipamentos industriais no Brasil começa a se recuperar, mas apenas uma vez que os projetos de expansão de capacidade ou novos investimentos ganhem força", afirmam os analistas.

Aos números

No terceiro trimestre deste ano, o lucro líquido da Weg foi de R$ 418,2 milhões - 9,7% a mais do que o mesmo período do ano passado. Analistas ouvidos pela Bloomberg esperavam que a cifra chegasse a R$ 410 milhões.

A receita cresceu 3,5%, chegando a R$ 3,3 bilhões, enquanto o Ebitda atingiu R$ 579,1 milhões - alta de 18,4%. O ROIC foi a 19,2% - crescimento de 2 pontos percentuais, na mesma base de comparação.

Em documento que acompanha o relatório, a Weg diz que o desempenho no mercado brasileiro no trimestre mostrou-se positivo nas principais linhas de negócio, "apesar da receita ainda impactada pela menor participação dos projetos de geração eólica".

A demanda por equipamentos de ciclo curto continua positiva, em especial em equipamentos eletroeletrônicos industriais, motores de uso doméstico e tintas, reflexo da melhora gradual do cenário econômico, diz a empresa.

Segundo a Weg, em equipamentos de ciclo longo, os negócios de T&D (transformadores e subestações) e geração solar continuam apresentando boa performance, com crescimentos consistentes desde o ano passado.

"No mercado externo continuamos a observar bom desempenho na receita e sustentação na entrada de pedidos para equipamentos de ciclo longo", diz a empresa. A Weg cita como exemplo geradores, transformadores e motores de alta tensão - usados em projetos de expansão e novos investimentos em segmentos de mercados como óleo e gás, mineração e água e saneamento.

"Para os equipamentos de ciclo curto começamos a sentir redução no ritmo dos negócios, com entrada de pedidos em ritmo menor do que os últimos meses, reflexo das mudanças do cenário macroeconômico que sinalizam menores perspectivas de crescimento global", diz a Weg.

Fábrica na Índia

A Weg também anunciou a instalação de uma nova fábrica de motores elétricos de baixa tensão em Hosur, na Índia. Com investimentos de aproximadamente US$ 20 milhões, a fábrica terá 13 mil metros quadrados de área construída e capacidade para produzir até 250 mil motores por ano, atingindo potências até 355 kW, diz a empresa.

Segundo a companhia, a unidade terá também serviços de engenharia de desenvolvimento e aplicação de produto, vendas e assistência técnica para atender aos clientes deste mercado.

Prevista para começar as atividades em 2021, a nova unidade será construída no mesmo parque fabril onde a Weg já possui uma fábrica de motores de indução e geradores síncronos e assíncronos de média e alta tensão. A empresa diz que vai empregar cerca de 320 novos colaboradores.

A Weg iniciou suas atividades na Índia em 2011, com a inauguração de uma fábrica com 32 mil metros quadrados de área construída em uma área de 170 mil metros quadrados. A unidade atende a Ásia, Oriente Médio, África e Oceania, e emprega 800 colaboradores no país.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

dinheiro na mão

Receita paga nesta segunda-feira as restituições do 6º lote do Imposto de Renda 2019

Lote contempla também restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2018; crédito bancário atende a 1,3 milhão de contribuintes

Prós e contras

Vale a pena optar pelo saque aniversário do FGTS?

Nova modalidade permite ao trabalhador ter acesso a uma parte dos recursos do fundo de garantia ainda que não se enquadre em outros pré-requisitos, mas é preciso abrir mão de sacar o fundo em caso de demissão sem justa causa

Nova modalidade

Você já pode optar pelo saque aniversário do FGTS; confira as regras atualizadas

Opção de saque de parte do FGTS anualmente já pode ser feita desde outubro e não é obrigatória; também não há prazo

A Bula do Mercado

Mercado tem ajuste positivo na volta do feriado

Recorde triplo em Nova York, em meio à otimismo com negociações comerciais entre EUA e China, contrata ajuste positivo no mercado doméstico

A Bula do Mercado

A Bula da Semana: Os sinais da economia

Varejo e serviços no Brasil crescem acima do esperado em setembro, sinalizando expansão mais forte do PIB no 3T19

Fusão no horizonte

O megainvestidor Carl Icahn está dando uma mãozinha para a Xerox comprar a HP

Em meio às notícias de que a Xerox estaria interessada em comprar a HP, o megainvestidor Carl Icahn resolveu entrar no jogo para viabilizar a operação

Contrato fechado

Embraer recebe seis novos pedidos por aeronaves; encomendas somam US$ 374 milhões

A companhia aérea nigeriana Air Peace e a arrendadora egípcia CIAF Leasing acertaram novos pedidos de aeronaves à Embraer

Depois da Previdência...

Reforma tributária pode sair em março, diz Maia

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, tem planos para dar encaminhamento à reforma tributária ainda no primeiro trimestre de 2020

Seu Dinheiro no domingo

O fim do mundo como o conhecemos — ao menos, na renda fixa

Com os juros cada vez mais baixos, é hora de buscar alternativas às opções tradicionais de investimento em renda fixa: eis o tema da pensata de hoje, enviada primeiro aos assinantes da newsletter do Seu Dinheiro

Uma gigante chega ao mercado

A Saudi Aramco quer levantar até U$ 25,5 bi com seu IPO e quebrar o recorde da Alibaba

Considerada uma das empresas mais rentáveis do mundo, a petroleira Saudi Aramco divulgou a faixa de preço e a quantia de ações a serem emitidas em seu IPO

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements