🔴 QUER SAIR DO ALUGUEL? NÃO USE O FGTS PARA FINANCIAR O IMÓVEL – CONHEÇA ESTA ESTRATÉGIA

Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
DESTAQUES DA BOLSA

Ações da Moura Dubeux (MDNE3) abrem a semana em disparada; Santander vê espaço para alta de mais de 50% dos papéis e dividendos

O banco reforçou a recomendação de compra para os papéis e elevou também as estimativas e o preço-alvo da construtora

Projeção digital da fachada do Parque das Dunas, um dos empreendimentos da Mood, marca da construtora Moura Dubeux
O Parque das Dunas, localizado em Natal, é um dos primeiros empreendimentos lançados pela Mood, marca da Moura Dubeux criada para atender consumidores de classe média - Imagem: Foto e logo: Divulgação/Montagem: Larissa Vitória

As ações da Moura Dubeux (MDNE3) começaram a semana e o mês de julho em uma nota muito positiva. Por volta das 11h20 desta segunda-feira (1º), os papéis operavam em alta de 5,33%, cotados em R$ 11,67.

Um dos combustíveis para o desempenho é um relatório publicado mais cedo pelo Santander. O banco revisou os números para a construtora e incorporadora, elevando as estimativas e também o preço-alvo para as ações.

Os analistas enxergam espaço para a cotação alcance os R$ 18 em 2024, um avanço de 54% ante o valor atual e de 12,5% na comparação com o preço-alvo anterior, de R$ 16.

Além disso, reforçaram a recomendação de compra para os papéis com base na posição competitiva nas principais capitais da região Nordeste — onde a companhia é líder de mercado —, valuation e estimativas atrativos e um balanço sólido.

Competição limitada favorece Moura Dubeux (MDNE3)

O banco elevou também as estimativas operacionais para a Moura Dubeux no próximo ano. A nova projeção é que a companhia lance R$ 2,5 bilhões em imóveis em 2025, uma alta de 25% na comparação com 2024.

A cifra também representa um crescimento de 28% em relação à projeção anterior do Santander. Segundo o banco, o número maior deve ser possível graças aos seguintes fatores:

  • Demanda resiliente por residências no Nordeste e a competição limitada nas praças em que a companhia atua;
  • Procura maior que a esperada por empreendimentos feitos no modelo de condomínio, que se beneficiam de um risco menor de caixa nos projetos e devem representar 40% da operação;
  • Potencial "robusto" de expansão da Mood, a marca da construtora voltara para imóveis de média e baixa renda

"É importante ressaltar que os clientes da Mood aderem principalmente à modalidade de crédito associativo, o que também diminui a exposição de caixa no nível do projeto e permite um crescimento mais forte no curto prazo", afirmam os analistas.

Além disso, considerando os últimos balanços apresentados, o Santander vê espaço para que a Moura Dubeux vire uma "pagadora recorrente de dividendos" em 2025, distribuindo cerca de R$ 100 milhões por ano.


Compartilhe

NOVA INADIMPLÊNCIA

Fundo imobiliário SARE11 leva calote da WeWork pelo segundo mês seguido e cotas recuam na B3; os dividendos também vão cair?

24 de julho de 2024 - 12:36

O FII aluga quatro unidades do condomínio WT Morumbi, localizado na cidade de São Paulo, para a companhia, que é pioneira no modelo de escritórios flexíveis

DESTAQUES DA BOLSA

Falta de apetite chinês derruba as ações de Vale (VALE3), Gerdau (GGBR4) e CSN (CSNA3); mineradoras e siderúrgicas lideram quedas do Ibovespa hoje

23 de julho de 2024 - 14:18

A performance dos papéis reflete a queda da matéria-prima do aço no mercado internacional pelo segundo dia consecutivo

Novo indicador no mercado

Novo índice da B3 combina ações e BDRs mais negociados; confira os detalhes

22 de julho de 2024 - 18:17

Bolsa prepara para agosto o lançamento do novo indicador, que reunirá as ações do Ibovespa com recibos de ações de empresas internacionais

RECOMENDAÇÕES DE VENDA

HCTR11, DEVA11 e IRDM11: por que você deveria evitar esses três fundos imobiliários, na visão do Itaú BBA

22 de julho de 2024 - 14:50

O banco de investimentos analisou as perspectivas para diversos nomes do segmento de acordo com o contexto do mercado, a qualidade do portfólio, histórico e experiência da gestão

RECOMENDAÇÕES DA CLASSE

Dividendos altos e portfólios robustos: KNSC11, KNIP11 e outros seis fundos imobiliários de ‘papel’ para comprar agora, segundo o Itaú BBA

22 de julho de 2024 - 13:49

Os fundos que investem em títulos de crédito do setor imobiliário são tema de um relatório publicado pelo banco de investimentos hoje

EMISSÃO DE COTAS

HGRU11 quer captar até R$ 1,5 bilhão na bolsa e oferece um ‘desconto’ nas cotas, mas nem todo mundo poderá participar da oferta; entenda

22 de julho de 2024 - 12:35

A oferta é destinada exclusivamente a investidores profissionais, mas há uma exceção

ANOTE NO CALENDÁRIO

Agenda econômica: semana das big techs divide espaço com inflação e PIB dos EUA e congelamento de despesas; fique por dentro

22 de julho de 2024 - 7:01

Ganha destaque a próxima divulgação do Boletim Focus, com expectativas em relação a mudanças após o anúncio de R$ 15 bi em contingenciamento de despesas do governo

ENTREVISTA EXCLUSIVA

Bradesco Asset revela cinco apostas em ações para lucrar na bolsa brasileira — e um setor para manter distância

22 de julho de 2024 - 6:04

Ao Seu Dinheiro, Rodrigo Santoro Geraldes conta que a gestora também possui quatro apostas na carteira de ações fora do Ibovespa

FRIGORÍFICOS

Problemas para a BRF (BRFS3) e a JBS (JBSS3)? Brasil suspende exportações de carne de aves para 44 países — e a China é um deles

20 de julho de 2024 - 12:19

O Ministério da Agricultura decidiu voluntariamente paralisar as exportações de carnes de aves e seus produtos, com restrições que variam de acordo com os mercados

DÁ O PLAY!

Agora vai? Por que a bolsa brasileira despertou em julho e o que esperar das ações agora

20 de julho de 2024 - 11:00

Ibovespa já acumula alta de 3% em julho, depois de quase perder os 120 mil pontos no último mês; mas as ações finalmente vão decolar, ou será mais um voo de galinha?

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar