O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-04-05T17:34:52-03:00
Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
RECORDE DE VENDAS

Hora de comprar Multiplan (MULT3)? Ações sobem após prévia operacional do 1T22 — e analistas veem potencial de alta de até 33%

Os consumidores tiraram as máscaras e os escorpiões do bolso nos shoppings da companhia, com vendas recorde para o período

5 de abril de 2022
13:43 - atualizado às 17:34
Fachada do shopping Village Mall, da Multiplan (MULT3)
Localizado no Rio de Janeiro, o VillageMall é um dos principais shoppings do portfólio da Multiplan (MULT3) - Imagem: Divulgação

A chegada das vacinas e o fim da quarentena levaram muita gente de volta aos shoppings. Mas, para que os consumidores passassem a gastar como antes, faltava ainda um elemento essencial relevado pela prévia operacional da Multiplan (MULT3): a queda na obrigatoriedade do uso de máscaras.

Os números divulgados ontem pela empresa de shoppings indicam que, na semana anterior à flexibilização, os empreendimentos vendiam 19% a mais do que no mesmo período de 2019. Após os decretos estaduais sobre o tema, o indicador acelerou para 25,1%, na mesma base de comparação.

“Os shoppings do Rio de Janeiro, primeira cidade a flexibilizar a obrigatoriedade, foram o grande destaque do trimestre, registrando 28,7% de crescimento em relação à 2019”, destaca, em nota, a Multiplan.

Com isso, as vendas totais da companhia chegaram a R$ 1,4 bilhão em março, valor recorde para o mês e 20,6% superior ao período pré-covid. Outra máxima histórica foi registrada no indicador trimestral, que subiu 13,4% na comparação com o primeiro trimestre de 2019, para R$ 4 bilhões.

O desempenho mostra ainda que, mesmo em meio à alta da inflação, os consumidores estão dispostos a gastar mais, pois as taxas de tráfego e ocupação ainda permanecem abaixo dos níveis de três anos atrás.

O resultado e suas implicações animaram investidores e analistas. O primeiro grupo demonstrou o sentimento no apetite pelos papéis MULT3, que avançaram 2,10% nesta terça-feira (5), a R$ 25,76.

Já o segundo grupo divulgou uma leva de relatórios elogiosos e recomendações positivas para as ações.

Analistas projetam mais altas para Multiplan (MULT3)

Entre os entusiastas está o BTG Pactual, que destaca que a companhia teve um bom desempenho e subiu 18% desde que atualizou a recomendação para os papéis, há duas semanas. “Mas ainda vemos espaço para mais”, afirmam os analistas.

O banco recomenda compra para as ações, com preço-alvo de R$ 30,00 em 12 meses. A cifra representa um potencial de crescimento de 17,37% em relação à cotação atual.

O Morgan Stanley reforça que, quando se trata de múltiplos de valor de mercado, os shoppings brasileiros estão próximos das mínimas histórias. “Achamos essas avaliações injustificadas, especialmente com a visão mais clara em relação ao retorno ao shopping”, argumentam os analistas em relatório.

A instituição, porém, tem recomendação neutra para Multiplan — brMalls (BRML3) e Iguatemi (IGTM11) são suas favoritas do setor —, com preço alvo de R$ 24,00. Nesse caso, a previsão é de queda de 6,10% para os papéis.

Fechando as lacunas

Além de animarem por si só, as vendas maiores também ajudam, segundo o Santander, a acalmar as preocupações dos acionistas em outro departamento: o aluguel de lojas.

No quarto trimestre, o custo de ocupação dos shoppings subiu para 12,7%, percentual 50 pontos base acima dos padrões históricos da empresa. O avanço gerou dúvidas quanto à sustentabilidade dos 41,4% anotados pela Multiplan no indicador de Aluguel nas Mesmas Lojas (SSR).

“Acreditamos que o gap mencionado deve desacelerar nos próximos trimestres, refletindo uma recuperação nos segmentos de serviços e entretenimento após o relaxamento nas regras de máscaras”, escrevem os analistas.

Por isso, e pelo portfólio considerado resiliente, a Multiplan é a top pick do setor para a equipe de análise do banco. O preço-alvo de R$ 29 implica em uma alta de 13,46% nos próximos meses.

Correndo atrás da inflação

Outra lacuna fechada pela companhia no período foi a da inflação. Conforme apontam os analistas do Bradesco BBI, a alta de 20,6% das vendas em março equivale ao acumulado do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) entre os primeiros trimestres de 2019 e 2022.

“Agora precisamos aguardar a divulgação dos resultados do 1T22 (prevista para 28 de abril) para ver a evolução das receitas, embora não esperemos surpresas negativas”, salientam.

O banco também coloca Multiplan como a favorita do setor, com recomendação de compra e preço-alvo de R$ 34 por ação. O valor implica no maior potencial de alta entre os quatro banco citados, projetando ganhos de 33% para MULT3.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

DE VOLTA DAS CINZAS

Nova esperança da Terra (LUNA)? Criador do projeto tenta salvar criptomoeda que desapareceu com proposta de atualização; é o suficiente?

O relançamento da Terra inclui distribuição gratuita de novas criptomoedas para alguns investidores; saiba se você pode receber

concorrência no varejo

Magalu ameaçada? Dona da rival Shopee tem salto na receita e lidera aplicativos baixados no Brasil

Papéis da controladora da Shopee subiram 14% na bolsa de Nova York (Nyse) ontem (18) e fecharam o pregão valendo US$ 80,14

EM TEMPO REAL

TCU retoma julgamento da privatização da Eletrobras (ELET3) hoje; acompanhe ao vivo

O governo está otimista com a perspectiva de que o processo seja aprovado pelo tribunal

DE ROUPA NOVA

Com foco em criptomoedas e NFTs, Zuckerberg muda o nome do Facebook Pay para Meta Pay; entenda as alterações

Novo passo em direção ao metaverso inclui na plataforma de pagamentos e negociações usada no WhatsApp as funções de empréstimos e investimentos em ativos digitais

NA SAÚDE E NA DOENÇA

Parceria bilionária entre Dasa (DASA3) e Inspirali, da Ânima (ANIM3), sai do papel com foco em formação médica; confira detalhes do projeto

Iniciativa deve beneficiar os mais de 10 mil estudantes de Medicina da Inspirali assim como os médicos que fazem parte das mais de 900 unidades de medicina diagnóstica e hospitais da Dasa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies