🔴 NOVA META: RENDA EXTRA DE ATÉ R$ 2 MIL POR DIA – SAIBA COMO

Redação SD
tempestade elétrica

Ford divide operações de veículos elétricos e tradicionais de olho na Tesla

A montadora americana Ford quer acelerar a produção de veículos elétricos e pretende investir US$ 5 bilhões no segmento neste ano.

Redação SD
2 de março de 2022
17:28 - atualizado às 15:03
Ford e Tesla Carro
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

De olho na expansão da demanda por veículos elétricos, endereçada, principalmente, pela Tesla, a Ford decidiu separar sua operação em duas unidades de negócio. A Ford Model e se dedicará aos veículos elétricos, enquanto a Ford Blue seguirá no segmento dos motores a combustão.

"Isso permitirá que a Ford supere tanto montadoras tradicionais, que não estão fazendo isso, quanto concorrentes de elétricos, que não têm nossos ativos", disse o CEO, Jim Farley. Farley também assume a presidência da Ford Model e, acumulando os dois cargos.

O anúncio, especulado pelo mercado há semanas, parece ter gerado entusiasmo nos investidores, uma vez que a ação chegou a subir mais de 8% nesta quarta-feira (2) na NYSE. Os papéis da Tesla, contudo, tiveram alta bem mais tímida, sem ultrapassar 1%.

Durante coletiva de imprensa para anunciar as novidades, ficou claro que as mudanças na Ford foram feitas para correr atrás da empresa de Elon Musk. Segundo Farley, a Ford está desenvolvendo uma “lista concisa de padrões para uma nova experiência que será melhor que a Tesla".

De acordo com a companhia, a ideia é que as duas verticais operem separadamente, mas compartilhando tecnologia e melhores práticas.

A montadora também anunciou que ambiciona produzir mais de 2 milhões de veículos elétricos anualmente até 2026, o que representa um terço do volume total de produção da Ford. A empresa prevê investir US$ 5 bilhões em veículos elétricos neste ano.

O pacote de novidades vai ao encontro do compromisso estabelecido pela montadora de se tornar neutra em emissão de carbono até 2050. A empresa também prometeu usar energia 100% local e renovável nas suas operações até 2035.

Como vai funcionar a Ford elétrica

A Ford Model e será o centro de inovação e crescimento da montadora americana. A empresa desenhou a unidade de negócios de forma a atrair - e reter - os melhores talentos das áreas de software, engenharia, design e experiência do usuário (UX).

Com a meta de criar veículos elétricos inovadores, a Ford Model e vai desenvolver desde as baterias e motores elétricos até sua reciclagem.

A empresa também promete criar uma nova experiência de compra para os consumidores, que inclui transparência de preços e atendimento personalizado.

E a Ford tradicional?

Sob a batuta do indiano-americano Kumar Galhotra, a Ford Blue será responsável por dar continuidade aos investimentos em novos modelos dos veículos já consolidados no mercado. É o caso, por exemplo, dos caminhões F-Series, as picapes Ranger e Maverick, os SUVs Bronco e Explorer, e o Mustang.

Com isso, a ideia é que a Ford Blue também sirva de apoio para a Ford Model e, por meio de engenharia de larga escala, produção e teste dos veículos elétricos.

Também caberá à nova unidade acabar com o desperdício e reduzir drasticamente os custos de produto, fabricação e qualidade da companhia.

Leia também:

Compartilhe

PROPAGANDA ENGANOSA

Oi, Vivo e Tim vão ter que pagar milhões: operadoras de celular são enquadradas por crime contra o consumidor

23 de julho de 2024 - 18:01

As empresas foram acusadas pela Senacon de propaganda enganosa sobre 5G, mas ainda podem recorrer

CHEQUE DE QUASE R$ 7 BI

Privatização da Sabesp (SBSP3) é concluída e Equatorial (EQTL3) tem que pagar a conta: presidente da companhia diz ter mais ativos prontos para vender e levantar recursos

23 de julho de 2024 - 16:45

Augusto Miranda destacou que a empresa tem tempo para estruturar uma saída do empréstimo ponte tomado junto a um grupo de bancos

DESTAQUES DA BOLSA

Carrefour Brasil (CRFB3) volta a ter lucro e supera expectativas no 2º trimestre – mas o que explica a queda das ações na B3 hoje?

23 de julho de 2024 - 14:17

Grupo anunciou um lucro líquido de R$ 330 milhões e a abertura de novas lojas da rede de varejo; analistas, contudo, não são unânimes sobre a compra da ação

DESTAQUES DA BOLSA

Embraer arremete e volta a voar na B3; EMBR3 lidera os ganhos do Ibovespa hoje. O que está por trás da alta da ação?

23 de julho de 2024 - 13:59

O desempenho positivo das ações da Embraer hoje vem na esteira do anúncio de mais uma encomenda de aviões militares no exterior; veja os detalhes

SÓ AS PONTINHAS

Após privatização, Sabesp (SBSP3) anuncia corte nas tarifas de água — mas você nem deve perceber

23 de julho de 2024 - 11:43

Também passam a vigorar no novo estatuto social da companhia e novas políticas internas, relacionadas à distribuição de dividendos e governança corporativa

NOVO EXECUTIVO

Com foco na transição energética e no ‘petróleo branco’, Vale (VALE3) anuncia Shaun Usmar como o novo CEO da divisão de metais

23 de julho de 2024 - 10:17

Indicação ocorre em meio a um racha entre os conselheiros para o futuro presidente da mineradora

SOB MEDIDA

Hapvida (HAPV3) mira expansão no Sudeste com investimento de R$ 600 milhões em novos hospitais. É hora de comprar a ação?

23 de julho de 2024 - 9:50

A companhia assinou um memorando de entendimentos com a Riza Gestora de Recursos para o financiamento de duas novas unidades no Rio de Janeiro e em São Paulo

Prévias de balanços

Dos números ‘chatos’ do Itaú às preocupações com Nubank: veja o que esperar dos balanços dos bancos no 2º trimestre

23 de julho de 2024 - 7:00

A temporada de balanços do segundo trimestre de 2024 começa nesta semana e, como de costume, os bancos estão entre as primeiras empresas a divulgar resultados. O primeiro a soltar seus números é o Santander (SANB11), na quarta-feira (24) antes da abertura da bolsa. Depois é a vez do Bradesco (BBDC4), que divulga seus resultados […]

LEVANTANDO VERBA

Com cheque de quase R$ 7 bilhões na privatização da Sabesp (SBSP3), Equatorial (EQTL3) engorda o caixa com aumento de capital

22 de julho de 2024 - 18:47

Considerando todo os papéis subscritos e integralizados, a operação alcançou o montante máximo previsto de R$ 516,19 milhões

Novo negócio

Braskem prepara nova operação fora da área petroquímica. Saiba qual é

22 de julho de 2024 - 16:37

Segundo a companhia, primeira operação de cabotagem será entre a Bahia e o Rio de Janeiro

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar