🔴 RECEBA ANÁLISES DE MERCADO DIÁRIAS: CLIQUE AQUI E SIGA O SEU DINHEIRO NO INSTAGRAM

2022-03-03T15:03:47-03:00
Redação SD
tempestade elétrica

Ford divide operações de veículos elétricos e tradicionais de olho na Tesla

A montadora americana Ford quer acelerar a produção de veículos elétricos e pretende investir US$ 5 bilhões no segmento neste ano.

2 de março de 2022
17:28 - atualizado às 15:03
Ford e Tesla Carro
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

De olho na expansão da demanda por veículos elétricos, endereçada, principalmente, pela Tesla, a Ford decidiu separar sua operação em duas unidades de negócio. A Ford Model e se dedicará aos veículos elétricos, enquanto a Ford Blue seguirá no segmento dos motores a combustão.

"Isso permitirá que a Ford supere tanto montadoras tradicionais, que não estão fazendo isso, quanto concorrentes de elétricos, que não têm nossos ativos", disse o CEO, Jim Farley. Farley também assume a presidência da Ford Model e, acumulando os dois cargos.

O anúncio, especulado pelo mercado há semanas, parece ter gerado entusiasmo nos investidores, uma vez que a ação chegou a subir mais de 8% nesta quarta-feira (2) na NYSE. Os papéis da Tesla, contudo, tiveram alta bem mais tímida, sem ultrapassar 1%.

Durante coletiva de imprensa para anunciar as novidades, ficou claro que as mudanças na Ford foram feitas para correr atrás da empresa de Elon Musk. Segundo Farley, a Ford está desenvolvendo uma “lista concisa de padrões para uma nova experiência que será melhor que a Tesla".

De acordo com a companhia, a ideia é que as duas verticais operem separadamente, mas compartilhando tecnologia e melhores práticas.

A montadora também anunciou que ambiciona produzir mais de 2 milhões de veículos elétricos anualmente até 2026, o que representa um terço do volume total de produção da Ford. A empresa prevê investir US$ 5 bilhões em veículos elétricos neste ano.

O pacote de novidades vai ao encontro do compromisso estabelecido pela montadora de se tornar neutra em emissão de carbono até 2050. A empresa também prometeu usar energia 100% local e renovável nas suas operações até 2035.

Como vai funcionar a Ford elétrica

A Ford Model e será o centro de inovação e crescimento da montadora americana. A empresa desenhou a unidade de negócios de forma a atrair - e reter - os melhores talentos das áreas de software, engenharia, design e experiência do usuário (UX).

Com a meta de criar veículos elétricos inovadores, a Ford Model e vai desenvolver desde as baterias e motores elétricos até sua reciclagem.

A empresa também promete criar uma nova experiência de compra para os consumidores, que inclui transparência de preços e atendimento personalizado.

E a Ford tradicional?

Sob a batuta do indiano-americano Kumar Galhotra, a Ford Blue será responsável por dar continuidade aos investimentos em novos modelos dos veículos já consolidados no mercado. É o caso, por exemplo, dos caminhões F-Series, as picapes Ranger e Maverick, os SUVs Bronco e Explorer, e o Mustang.

Com isso, a ideia é que a Ford Blue também sirva de apoio para a Ford Model e, por meio de engenharia de larga escala, produção e teste dos veículos elétricos.

Também caberá à nova unidade acabar com o desperdício e reduzir drasticamente os custos de produto, fabricação e qualidade da companhia.

Leia também:

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

O MEDO SE ESPALHA

Por que o petróleo tomba mais de 10% e arrasta as ações da Petrobras (PETR4) e PRIO (PRIO3) hoje

5 de julho de 2022

A projeção pessimista vem em um momento em que as cotações estão sob pressão. Desde o início do ano, quando as tensões entre Rússia e Ucrânia se intensificaram, o preço do barril saltou mais de 40%

SEM ACORDO

Greve do BC termina na data marcada; paralisação durou 95 dias

5 de julho de 2022

Os servidores do Banco Central cruzaram os braços em abril e reivindicavam reajuste salarial e reestruturação da carreira — demandas que não foram atendidas a tempo

ELEIÇÕES 2022

Pode isso, Arnaldo? Lula critica orçamento secreto enquanto oposição discute divisão das verbas em 2023

5 de julho de 2022

O orçamento secreto envolve a distribuição, sem transparência, de recursos federais a redutos eleitorais de deputados e senadores. O governo usa os pagamentos para comprar apoio político no Congresso.

DE NOVO?

A crise não acabou na Loft: startup faz nova demissão em massa e corte atinge cerca de 380 funcionários

5 de julho de 2022

Segundo a empresa, o novo corte acontece em razão da “reorganização” dos negócios. Em abril, a Loft demitiu cerca de 159 funcionários

A BOLSA COMO ELA É

Isso também vai passar: Entenda por que é hora de aproveitar a baixa do mercado para investir em ações da bolsa

5 de julho de 2022

O Ibovespa negocia aos menores múltiplos desde 2008. Portanto, se ainda não começou a investir, este é um ótimo momento para começar

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies