A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2022-06-25T11:00:22-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
NOVO PARCEIRO, VELHOS PROBLEMAS

Bitcoin (BTC) avança para os US$ 21 mil e criptomoedas criam “suporte” para aguentar falta de liquidez; veja o que movimentou o mercado esta semana

Entre os destaques dos últimos dias estão a nova parceria da Binance no Brasil, o ataque ao site do Tether (USDT) e os problemas na Celsius

24 de junho de 2022
15:51 - atualizado às 11:00
Bitcoin (BTC) na semana confira o que movimentou as criptomoedas esta semana
Bitcoin (BTC) na semana: confira o que movimentou as criptomoedas nos últimos dias.Imagem: Shutterstock

A maior criptomoeda do mundo mostrou esta semana que a volatilidade do mercado é o teste de fogo de todo investidor. O bitcoin (BTC) ficou a maior parte dos últimos dias no zero a zero, mas aproveitou o “sextou” para engatar uma alta e criar um suporte nos US$ 21 mil. 

A alta do dia conseguiu reverter a tendência de queda na semana das maiores criptomoedas do mundo, que também registram ganhos hoje. Quem sustenta o otimismo são as bolsas de Nova York, que ampliaram os ganhos da última sessão e contagiaram o sentimento do mercado cripto. 

Os temores de uma recessão global preocupam os investidores, mas a busca por barganhas falou mais forte hoje. Com isso, o mercado aguarda maiores estudos sobre o tamanho da desaceleração econômica.

Confira como andam as dez maiores criptomoedas do mundo hoje: 

#NomePreço24h %7d %
1Bitcoin (BTC)US$ 21.155,864,18%2,49%
2Ethereum (ETH)US$ 1.208,5210,68%11,85%
3Tether (USDT)US$ 0,99940,01%0,04%
4USD Coin (USDC)US$ 1,000,02%0,00%
5BNB (BNB)US$ 236,656,06%9,99%
6Binance USD (BUSD)US$ 1,000,11%0,05%
7XRP (XRP)US$ 0,360610,72%12,99%
8Cardano (ADA)US$ 0,49766,56%2,38%
9Solana (SOL)US$ 40,219,77%27,81%
10Dogecoin (DOGE)US$ 0,66386,11%17,36%
Fonte: Coin Market Cap

ETF de bitcoin e criptomoedas da bolsa brasileira

TickerGestoraPreçoVariação (24h%)Variação (7d%)
HASH11HashdexR$ 18,650,76%5,97%
ETHE11HashdexR$ 18,787,38%14,44%
BITH11HashdexR$ 26,220,46%5,30%
DEFI11HashdexR$ 18,800,91%28,68%
WEB311HashdexR$ 18,83-1,88%16,45%
QBTC11QR CapitalR$ 7,010,43%6,21%
QETH11QR CapitalR$ 4,5910,34%13,90%
QDFI11QR CapitalR$ 3,676,38%27,87%
NFTS11InvestoR$ 29,986,05%15,35%
CRPT11VítreoR$ 5,303,92%-7,02%
Fonte: Google Finance

O que esperar do bitcoin na próxima semana

Com o medo da recessão dominando os mercados tradicionais, as criptomoedas não poderiam fazer diferente. Ainda que seja um universo que engatinha na escolha de uma dinâmica própria, os ativos digitais seguem o comportamento dos demais, em especial das ações de empresas de tecnologia. 

Dessa forma, tudo que influencia negativamente as ações do setor também afetam as moedas digitais. 

Na próxima semana, a publicação dos dados de inflação ao consumidor norte-americano, medidas pelo PCE (na sigla em inglês), são o grande evento da semana. O indicador é o preferido do Federal Reserve para balizar a decisão de alta nos juros.

Perspectiva

O Federal Reserve não descartou uma nova alta de 75 pontos-base nos juros estadunidenses, mas entende que o ciclo de aperto não pode acelerar a chegada da recessão.

Aliás, na visão do BC americano, a economia norte-americana está “sólida” o bastante para aguentar a desaceleração, nas palavras de Jerome Powell, presidente da instituição. 

É preciso ponderar, no entanto, que a inflação não dá sinais de arrefecimento — o que pode estender o ciclo de aperto. E os juros mais altos costumam limitar os investimentos em empresas mais arriscadas, como as do setor de tecnologia.

Colchão para o fim de semana no mercado de criptomoedas

A alta do dia forma um suporte para as criptomoedas durante o fim de semana. Apesar de o mercado continuar 24h por dia, mesmo durante a pausa dos mercados tradicionais, a liquidez acaba sendo reduzida.

Em outras palavras, as oscilações — positivas e negativas — tendem a ser mais intensas. E, sem boas perspectivas, a probabilidade de o investidor voltar à mesa de operações na segunda-feira e tomar um susto é alta.

O oposto também é verdadeiro. Qualquer nova notícia pode fazer as cotações dispararem. Por isso, os especialistas recomendam que o investidor não tenha uma parcela muito maior que 5% do seu portfólio em criptomoedas.

O que foi notícia esta semana no mundo das criptomoedas

Confira os destaques da semana para o bitcoin e as criptomoedas:

Binance anuncia Latam Gateway como novo parceiro de pagamentos, mas conseguirá escapar das regras do Banco Central? Entenda

Uma semana após o fim do acordo com o Capitual, a Binance anuncia a Latam Gateway como sua nova parceira nos saques e depósitos em reais. Porém, existe um problema legal envolvendo o Banco Central e a maior corretora do mundo. Não deixe de ler a matéria e ficar por dentro do caso. 

Mercado Pago está a um passo de se tornar carteira de criptomoedas; aplicativo já permite receber em bitcoin (BTC), ethereum (ETH) e stablecoin em dólar

O braço financeiro do Mercado Livre, o Mercado Pago, acaba de dar mais um passo em direção ao universo das criptomoedas.

O aplicativo da carteira digital passou a aceitar transferências em bitcoin (BTC), ethereum (ETH) e Pax Dollar (USDP), a stablecoin da Paxos, nesta semana. Confira os próximos passos do Mercado Pago para as criptomoedas.

O Seu Dinheiro pergunta, Roberto Campos Neto responde: Banco Central está pronto para organizar o mercado de criptomoedas no Brasil

O Banco Central (BC) está pronto para receber a responsabilidade de organizar o mercado de criptomoedas no Brasil.

A afirmação foi feita no fim da manhã da última quinta-feira (23) pelo presidente do BC, Roberto Campos Neto, em questionamento enviado pelo Seu Dinheiro durante entrevista coletiva concedida em Brasília e transmitida pela internet. Leia os destaques da coletiva. 

Método para ‘prever’ bitcoin (BTC) errou preço em US$ 89 mil e recebeu críticas do fundador do ethereum (ETH); entenda o que é o stock-to-flow (S2F)

Um dos tuítes que mais movimentou os ativos digitais na última terça-feira (21) veio de um dos fundadores do ethereum (ETH), Vitalik Buterin.

O desenvolvedor da segunda maior criptomoeda do mundo veio a público criticar um método que busca prever o preço do bitcoin (BTC), o chamado stock-to-flow (S2F).

E com certa razão: o gráfico do stock-to-flow indica que o preço do bitcoin deveria ser de US$ 109 mil. Contudo, segundo o Coin Market Cap, as cotações à vista do BTC giram em torno de US$ 20.100. Entenda como acabou a principal briga da semana. 

Recessão, o devorador de criptomoedas: Bitcoin (BTC) cai com temores globais em relação à economia; moedas digitais sobreviverão? Entenda

Um dos principais vilões da Marvel, Galactus, o Devorador de Planetas, é conhecido por sua fome insaciável e crueldade. Ele não faz distinção entre os globos habitados e tudo que puder entrar em sua imensa boca, vira comida.

Assim acontece com a recessão: ela devora os investimentos e não faz distinção entre as ações, bitcoin (BTC) e outras criptomoedas. Leia a análise sobre como a desaceleração econômica afeta as moedas digitais.

Atentos ao prazo: Alter vai encerrar contas de clientes, que devem migrar para Méliuz (CASH3); confira datas

Pouco mais de um ano após comprar a fintech de criptomoedas Alter, a Méliuz (CASH3) deu um passo além na incorporação da companhia. A empresa relacionada às operações envolvendo moedas digitais anunciou que deve descontinuar sua plataforma.

“A infraestrutura do Alter será encerrada totalmente no dia 06/08/2022 e os serviços serão descontinuados conforme calendário abaixo. Por isso, não será possível manter seus bitcoins e reais em sua AlterConta”, informa o portal da companhia. Leia mais aqui.

Uma Terra (LUNA) 3.0 se aproxima? USDD segue sem paridade com o dólar há mais de uma semana e assusta mercado (mais uma vez)

“Dias de luta, dias de glória…” Se as criptomoedas precisassem de um tema, Charlie Brown Jr. seria uma boa escolha. Só que, por enquanto, esse mercado não saiu do primeiro trecho da canção.

Não bastasse todas as crises recentes, a USDD, stablecoin algorítimica da Tron, surge para assustar quem já ficou de cabelo em pé por conta da Terra (LUNA). 

O alerta veio na semana passada, quando a chamada USDD (USDD ) caiu ainda mais em relação ao dólar, em um sinal de estresse contínuo nos mercados de criptomoedas. Entenda os riscos de uma “nova” Terra (LUNA) aqui. 

Site da terceira maior criptomoeda do mundo sofre ataque hacker; stablecoin Tether (USDT) tenta manter paridade com o dólar

O mercado de criptomoedas tem enfrentado dias difíceis em relação à segurança dos tokens.

No mais recente episódio relacionado, o portal oficial da Tether (USDT), maior stablecoin do mundo e terceira maior moeda digital do planeta, sofreu um ataque hacker no final da última segunda-feira (20).

Felizmente, de acordo com o CTO da Tether, Paolo Ardoino, apenas o site teve um congestionamento. A rede da stablecoin USDT não foi afetada, mas entenda aqui porque esse tipo de ataque é extremamente perigoso. 

Entenda por que a Regra da Morte (ainda) não foi acionada mesmo com bitcoin abaixo dos US$ 21 mil — e se ainda existe chance de acontecer

Um dos maiores temores do mercado de criptomoedas se realizou: o bitcoin (BTC) chegou ao patamar de US$ 21 mil e foi além disso, tocando no piso de US$ 17 mil durante o fim de semana. Mas quem esperava que a Regra da Morte fosse acionada se surpreendeu: simplesmente nada aconteceu.

Os motivos por trás do “desarmamento” da bomba da regra da morte você lê na nossa matéria sobre o tema. 

Sem previsão de volta, Celsius está há uma semana com criptomoedas ‘travadas’ na rede; quando as moedas serão ‘descongeladas’? Entenda

Depois de deixar o mercado em pânico por mais de 48 horas, a plataforma de staking e lending Celsius permanece com as negociações de criptomoedas suspensas. O congelamento das moedas dos investidores já dura mais de uma semana. 

E quem quiser suas criptomoedas de volta precisa esperar sentado: na noite do último domingo (19), uma postagem no blog da Celsius afirmou que estabilizar a liquidez da plataforma “exigirá tempo”, sem especificar quando as negociações voltam. Leia mais aqui. 

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

CRYPTOSTORM

‘Nenhuma criptomoeda vai conseguir bater de frente depois dessa atualização’: analistas comentam como The Merge mudará o ethereum (ETH)

15 de agosto de 2022 - 15:35

Para Valter Rebelo, analista de cripto da Empiricus, a resposta é clara: “não vejo nenhum protocolo que consiga bater de frente com o ethereum”

BOMBOU NAS REDES

Banco do Brasil ‘vence’ Bradesco em rentabilidade e ações disparam 53% no ano — estatal ainda pagará R$ 2 bilhões em dividendos e analista alerta: BBAS3 supera Nubank (NUBR33)

15 de agosto de 2022 - 13:49

Após resultados fortíssimos no segundo trimestre, as ações do Banco Brasil estão em disparada. Descubra se vale a pena comprar os papéis

ESTÁGIO E TRAINEE

Santander e Braskem abrem vagas para estágio; veja oportunidades com bolsas-auxílio de até R$ 8 mil

15 de agosto de 2022 - 13:31

Os processos seletivos aceitam candidaturas até setembro, com início previsto em janeiro de 2023; as inscrições para trainee no Itaú continuam abertas

BOMBOU NAS REDES

Adeus, Nubank: após causar a ira de clientes e com “saída” de Anitta, roxinho deve dar prejuízo de novo — analista revela ação de “bancão” barata que vence a fintech

15 de agosto de 2022 - 12:45

Depois de a NuConta virar quase uma poupança e Anitta ‘abandonar’ o conselho, o Nubank deve reportar mais um trimestre de prejuízo; veja o que esperar e qual é o bancão que pode colocar o roxinho para comer poeira

BAIXOU DE NOVO

Petrobras (PETR4) corta preço da gasolina em 5% — saiba para quanto vai e quando a redução chega nas bombas

15 de agosto de 2022 - 12:43

Segundo a estatal, a redução acompanha a evolução dos preços de referência e é coerente com a prática de preços da companhia, que busca o equilíbrio dos seus valores com o mercado global

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies