🔴 TCHAUZINHO, NUBANK: Itaú BBA revela o nome da ação que pode colocar o roxinho para comer poeira; CLIQUE AQUI  e descubra a resposta no nosso Telegram

2022-09-12T15:20:18-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
PREPARE A PIPOCA

Terra (LUNA), o retorno: por que você não deve investir na criptomoeda que disparou 120% em uma semana

Nos últimos sete dias, a “família Terra” registrou ganhos substanciais e gerou um grande fluxo de pesquisa sobre essa que foi uma das maiores criptomoedas do mundo

12 de setembro de 2022
15:19 - atualizado às 15:20
Terra (LUNA) voltou a disparar confira se vale a pena investir na criptomoeda
Terra (LUNA) voltou a disparar: confira se vale a pena investir na criptomoeda. Imagem: Divulgação

O mercado de criptomoedas é conhecido por sua alta volatilidade e retornos astronômicos. Altas na casa dos 1.000% foram comuns durante o bull market de 2021 e uma das moedas que aproveitou aqueles dias de glória foi a Terra (LUNA)

O tempo passou, a Terra (LUNA) passou a se chamar Terra Classic (LUNC) e outro token (criptomoeda) recebeu seu nome. Até mesmo a stablecoin TerraUSD (UST) passou por uma repaginada e agora se chama TerraClassicUSD (USTC). 

Nos últimos sete dias, a “família Terra” registrou substanciais altas e gerou um grande fluxo de pesquisa sobre essa que foi uma das maiores criptomoedas do mundo. À exceção da LUNC, as duas outras moedas digitais registraram alta na casa dos dois dígitos:

#NomePreço24h %7d %
73Terra (LUNA)US$ 4,28-25,21%123,57%
86TerraClassicUSD (USTC)US$ 0,04516-16,68%32,09%
32Terra Classic (LUNC)US$ 0,0003384-17,08%-0,55%
Fonte: Coin Market Cap

Isso acontece porque o rali da LUNC aconteceu na semana passada, com o token disparando mais de 60%. Nesta segunda-feira (12), o noticiário perdeu força. 

O que houve com a família Terra?

Depois do “desaparecimento” da Terra (LUNA) e o surgimento da Terra 2.0, essas criptomoedas praticamente caíram no esquecimento. Analistas deixaram as recomendações e análises sobre a blockchain de lado e passaram a dar atenção para outros projetos.

E na sombra desse mercado, as notícias começaram a aparecer. 

Os desenvolvedores da blockchain Terra firmaram uma parceria com os programadores da Entropic Labs, o que impulsionou as cotações na época. Além disso, a Binance — maior corretora de criptomoedas (exchange) do mundo — também ajudou na disparada de preços.

Derivativos na Binance

Recentemente, a Binance passou a permitir a negociação de LUNC para margin trading (ou negociação em margem, na tradução do inglês). Somado a isso, a corretora ainda permitiu a conversão de LUNC e USTC em criptomoedas como bitcoin (BTC) e tether (USDT)

Dessa forma, a procura pelo token gerou um rali nas cotações. Enquanto isso, outras criptomoedas — o bitcoin inclusive — registram altas modestas.

Vale a pena investir em Terra?

Diz o ditado que “quem compra terra, não erra”, mas essa máxima não serve aqui —só no mundo real, mas isto é outra história. 

O protocolo Terra e todos os membros dessa família são considerados projetos extremamente centralizados e pouco transparentes. E vale ressaltar que a Terra Classic — antiga Terra (LUNA) — foi um dos motivos para o mercado desabar nos últimos meses.

Como dito anteriormente, os analistas deixaram de acompanhar o projeto e preferem “ver para crer” se essa criptomoeda irá atender aos 3 pontos essenciais para qualquer projeto entrar na lista de recomendações:

  • Resolver um problema real do mundo digital;
  • Ter uma economia de token (chamada de tokenomics) sustentável;
  • Ter uma boa gestão de recursos e transparência no desenvolvimento do projeto.

Até lá, os investidores devem evitar colocar dinheiro em qualquer protocolo da família Terra.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Eleições 2022

Pesquisa Ipespe/Abrapel mostra Lula oscilando para cima e Bolsonaro estável

24 de setembro de 2022 - 11:41

Pesquisa mostrou que votos brancos e nulos também subiram, assim como o número de eleitores que não souberam ou preferiram não responder

Tax the rich!

Imposto sobre heranças vai aumentar? Saiba quais candidatos à presidência são a favor de tributá-las ou de taxar grandes fortunas

24 de setembro de 2022 - 10:00

A discussão sobre o aumento de impostos sobre os ricos ou os “super-ricos” é tendência mundial, e no Brasil não é diferente. Mas nem todos os candidatos à presidência têm propostas nesse sentido

Banho mais caro

Tarifa de energia elétrica deve subir mais do que toda a inflação projetada pelo Banco Central em 2023, dizem especialistas

24 de setembro de 2022 - 9:47

Reajuste das tarifas chegaria a 5% em 2023, enquanto a projeção do Banco Central para a inflação é de 4,6%

Irregularidades

TSE vê indício de fraude em R$ 605 milhões em gastos das campanhas eleitorais

24 de setembro de 2022 - 9:22

Na lista de casos suspeitos estão gastos que teriam sido feitos por parentes e empresas de fachada, além de doações feitas por pessoas mortas

ESPECIAL SD 4 ANOS

Bolsa vai andar bem depois das eleições e sem o risco de ruptura política, diz Felipe Miranda, da Empiricus

24 de setembro de 2022 - 7:19

Fundador e estrategista-chefe da Empiricus vê Bolsonaro mais liberal caso seja reeleito ou um governo “Lula 1.3”, mais próximo do primeiro mandato do que do segundo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies