🔴 25 IDEIAS DE ONDE INVESTIR EM DEZEMBRO VEJA DE GRAÇA

Cotações por TradingView
Ricardo Gozzi
HORIZONTE RELEVANTE

O Seu Dinheiro pergunta, Roberto Campos Neto responde: Banco Central está pronto para organizar o mercado de criptomoedas no Brasil

Roberto Campos Neto também falou sobre real digital, greve dos servidores do Banco Central e, claro, política monetária

Lei bitcoin (BTC) no Brasil o que pensam os novos chefes das agências que podem regular as criptomoedas
Projeto de lei incumbe o Banco Central, chefiado por Campos Neto, de regulamentar o mercado de criptomoedas no Brasil. - Imagem: Shutterstock

O Banco Central (BC) está pronto para receber a responsabilidade de organizar o mercado de criptomoedas no Brasil. A afirmação foi feita no fim da manhã desta quinta-feira (23) pelo presidente do BC, Roberto Campos Neto, em questionamento enviado pelo Seu Dinheiro durante entrevista coletiva concedida em Brasília e transmitida pela internet.

Campos Neto qualificou o projeto de lei (PL) em tramitação no Congresso como um marco inicial. A primeira fase será regular as corretoras de criptomoedas.

Campos Neto vê longo caminho pela frente para regulamentação de criptomoedas

Ele enfatizou que o PL foi elaborado com a participação do BC e disse estar em contato constante com a Comissão de Valores Mobiliários, mas ainda há caminho longo pela frente em termos de regulamentação.

“Os bancos centrais de todo o mundo ainda estão em fase de aprendizado [sobre as criptomoedas e as finanças descentralizadas]. Temos que fazer a regulação hoje olhando como o mercado vai ser no futuro”, explicou o presidente da autoridade monetária.

A entrevista coletiva de Campos Neto aconteceu apesar do adiamento da divulgação do Relatório Trimestral de Inflação (RTI).

Originalmente, o Banco Central deveria divulgar hoje o RTI. Entretanto, a greve dos servidores da autoridade monetária fez com que a liberação do relatório ficasse para a semana que vem.

Greve atrasa projeto do real digital

Diante da greve, diversos projetos e documentos do Banco Central estão em atraso.

Uma das propostas afetadas é a implementação do real digital.

Também em resposta ao Seu Dinheiro, Roberto Campos Neto limitou-se a informar que a autoridade monetária vai se pronunciar novamente sobre o cronograma do projeto do real digital depois que as operações do BC forem normalizadas.

Em relação à greve em si, Campos Neto disse que a direção do Banco Central vem tentando trabalhar em cima das exigências dos servidores, mas ainda não é possível fazer projeções quanto ao fim da paralisação.

Entrevista coletiva foi mantida para preservar ‘transparência’

Sem o RTI como pauta, o evento do Banco Central foi aberto para perguntas dos jornalistas.

“É um pouco atípico, mas entendemos que era importante manter a data” da entrevista coletiva, que costuma suceder a divulgação do RTI, disse Campos Neto em uma breve introdução antes de abrir espaço para as perguntas.

A intenção, segundo ele, é enfatizar a relevância de uma comunicação transparente para o BC.

O Banco Central e o ‘horizonte relevante’

A inclusão da projeção da inflação para 2024 no comunicado da última reunião de política monetária foi o primeiro tema abordado.

Como o ano de 2024 só vai entrar no chamado “horizonte relevante” do Comitê de Política Monetária (Copom) em agosto, a ênfase ao dado foi recebida com certa surpresa.

Segundo Campos Neto, a inflação de 2024 foi citada por transparência, uma vez que a “incerteza está muito acima do usual”.

Afinal, a greve dos servidores do Banco Central não adiou apenas o RTI ou a implementação do real digital.

A pesquisa Focus, que em tempos normais é divulgada semanalmente, não é publicada desde o início de maio.

Enfim uma fala mais clara sobre o significado de 'ao redor da meta'

Outra dúvida deixada pelo comunicado — e também pela ata do Copom — refere-se à intenção do Banco Central de trazer a inflação para “ao redor da meta” de 4% em 2023.

“Ao redor é menos que 4%”, esclareceu Campos Neto. “A gente fala de uma taxa [de juro] mais alta por um horizonte maior por considerar que isso é o suficiente para que a inflação volte a convergir e fique ao redor dessa meta”, acrescentou o presidente do BC.

No mais, tanto Roberto Campos Neto quanto o diretor de política econômica, Diogo Abry Guillen, deram respostas bastante cuidadosas, sem avançar nada além do que vem sendo abordado na comunicação oficial do Banco Central.

Compartilhe

SOBE MAIS UM POUQUINHO?

Campos Neto estragou a festa do mercado e mexeu com as apostas para a próxima reunião do Copom. Veja o que os investidores esperam para a Selic agora

15 de setembro de 2022 - 12:41

Os investidores já se preparavam para celebrar o fim do ciclo de ajuste de alta da Selic, mas o presidente do Banco Central parece ter trazido o mercado de volta à realidade

PREVISÕES PARA O COPOM

Um dos maiores especialistas em inflação do país diz que não há motivos para o Banco Central elevar a taxa Selic em setembro; entenda

10 de setembro de 2022 - 16:42

Heron do Carmo, economista e professor da FEA-USP, prevê que o IPCA registrará a terceira deflação consecutiva em setembro

OUTRA FACE

O que acontece com as notas de libras com a imagem de Elizabeth II após a morte da rainha?

9 de setembro de 2022 - 10:51

De acordo com o Banco da Inglaterra (BoE), as cédulas atuais de libras com a imagem de Elizabeth II seguirão tendo valor legal

GREVE ATRASOU PLANEJAMENTO

Banco Central inicia trabalhos de laboratório do real digital; veja quando a criptomoeda brasileira deve estar disponível para uso

8 de setembro de 2022 - 16:28

Essa etapa do processo visa identificar características fundamentais de uma infraestrutura para a moeda digital e deve durar quatro meses

FAZ O PIX GRINGO

Copia mas não faz igual: Por que o BC dos Estados Unidos quer lançar um “Pix americano” e atrelar sistema a uma criptomoeda

30 de agosto de 2022 - 12:08

Apesar do rali do dia, o otimismo com as criptomoedas não deve se estender muito: o cenário macroeconômico continua ruim para o mercado

AMIGO DE CRIPTO

Com real digital do Banco Central, bancos poderão emitir criptomoeda para evitar “corrosão” de balanços, diz Campos Neto

12 de agosto de 2022 - 12:43

O presidente da CVM, João Pedro Nascimento, ainda afirmou que a comissão será rigorosa com crimes no setor: “ fraude não se regula, se pune”

AGORA VAI!

O real digital vem aí: saiba quando os testes vão começar e quanto tempo vai durar

10 de agosto de 2022 - 19:57

Originalmente, o laboratório do real digital estava previsto para começar no fim de março e acabar no final de julho, mas o BC decidiu suspender o cronograma devido à greve dos servidores

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

O ciclo de alta da Selic está perto do fim – e existe um título com o qual é difícil perder dinheiro mesmo se o juro começar a cair

2 de agosto de 2022 - 5:58

Quando o juro cair, o investidor ganha porque a curva arrefeceu; se não, a inflação vai ser alta o bastante para mais do que compensar novas altas

PRATA E CUPRONÍQUEL

Banco Central lança moedas em comemoração ao do bicentenário da independência; valores podem chegar a R$ 420

26 de julho de 2022 - 16:10

As moedas possuem valor de face de 2 e 5 reais, mas como são itens colecionáveis não têm equivalência com o dinheiro do dia a dia

AGRADANDO A CLIENTELA

Nubank (NUBR33) supera ‘bancões’ e tem um dos menores números de reclamações do ranking do Banco Central; C6 Bank lidera índice de queixas

21 de julho de 2022 - 16:43

O banco digital só perde para a Midway, conta digital da Riachuelo, no índice calculado pelo BC

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies