🔴 RECEBA ANÁLISES DE MERCADO DIÁRIAS: CLIQUE AQUI E SIGA O SEU DINHEIRO NO INSTAGRAM

2022-06-14T18:32:37-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
COMECE A REZAR

Bitcoin (BTC) está a menos de US$ 2.500 do gatilho da ‘Regra da Morte’ — e isso pode fazer criptomoedas derreterem ainda mais; entenda

A Microstrategy tem mais de US$ 3 bilhões de bitcoin em caixa, o que ameaça as cotações à vista da maior criptomoeda do mundo

13 de junho de 2022
11:00 - atualizado às 18:32
Até onde vai a alta do bitcoin? Especialistas respondem
Bitcoin (BTC) pode estar ameaçado com 'regra da morte'; entenda. Imagem: Shutterstock

As cotações do bitcoin (BTC) caíram mais de 10% durante a madrugada no Brasil. Com o mercado global de criptomoedas em queda, os investidores precisam ficar atentos a uma regra específica da Microstrategy, conhecida como "regra da morte" — que pode fazer as cotações despencarem ainda mais.

Esse dispositivo diz que a Microstrategy deve vender bitcoins se o preço da criptomoeda atingir o patamar de US$ 21 mil. Isso pode desencadear um efeito dominó no mercado e derrubar as cotações ainda mais, de acordo com José Arthur, CEO da Coinext.

Microstrategy e bitcoin em números — e por que isso preocupa

Mas qual o tamanho da posição da Microstrategy em bitcoin? De acordo com a última apresentação de resultados da empresa à SEC — a CVM americana —, a companhia possui a maior exposição do mundo a criptomoedas, com 129.218 BTCs.

Esse montante é mais que o dobro do que a segunda colocada possui: a Tesla, empresa de carros elétricos do bilionário Elon Musk, tem o equivalente a 42.902 BTCs (cerca de US$ 1,3 bilhão).

Já a Microstrategy tem US$ 3,03 bilhões em bitcoin, com o preço médio de US$ 38.865 por criptomoeda. E a injeção desse montante de tokens (criptomoedas) no mercado, caso a “Regra da Morte” seja acionada, certamente derrubaria ainda mais as cotações.

Entendendo a Regra da Morte

A Microstrategy comprou bitcoins com um financiamento junto ao Silvergate Bank — processo conhecido como alavancagem, que é comum em empresas, mas desaconselhado para investidores pessoa física — sob uma condição. 

Os bitcoins da Microstrategy precisam valer pelo menos US$ 410 milhões no total — o dobro dos US$ 205 milhões tomados em dívida com o banco. Em caso de perda desse montante, a empresa teria que capitular (vender) suas criptomoedas.

No patamar de US$ 21 mil por BTC, a Microstrategy será obrigada a vender seus bitcoins; a cotação representa uma queda de 30% em relação aos patamares atuais da principal criptomoeda do mundo.

Qual a chance disso acontecer com as criptomoedas?

O mercado de criptomoedas como um todo está em estado de pânico desde o desaparecimento da Terra (LUNA). Somado a isso, os investidores estão cautelosos com as atualizações do ethereum (ETH) — vale lembrar que nenhuma delas falhou ainda, mas o medo de que aconteça algo com a segunda maior criptomoeda do mundo ainda existe.

Assim, o bitcoin está a pouco menos de US$ 2.500 do patamar de US$ 21 mil, o que pode aprofundar ainda mais o Longo Inverno Cripto. Por volta das 10h30, a maior criptomoeda do mundo era negociada a US$ 23.458,57, queda de 14% nas últimas 24 horas.

Com a palavra, Michael Saylor

Para tentar amenizar a situação, o CEO da Microstrategy, Michael Saylor, afirmou que existem outros dispositivos antes de a Regra da Morte precisar ser acionada.

“Antes de atingirmos perdas de 50%, nós podemos pegar outro empréstimo com colateral em bitcoin, então nós nunca chegaríamos a essa situação”, afirmou Saylor, na entrevista de apresentação de resultados do primeiro trimestre da Microstrategy.

Na publicação de resultados do primeiro trimestre deste ano, a empresa reportou perdas de US$ 170,1 milhões com o investimento em BTC no período. Desde agosto de 2020, a empresa tem usado o bitcoin como hedge (proteção) contra a inflação, de acordo com o Saylor.

O castigo das ações de tecnologia e das criptomoedas

A perspectiva de juros mais altos também derrubou o setor de tecnologia no último ano. Em 12 meses, o Nasdaq caiu 30,24%, e as ações da Microstrategy acompanharam esse desempenho. 

No período, os papéis MSTR perderam cerca de 74,46% do valor — os recibos de ações (BDRs, em inglês) na bolsa brasileira também recuaram 61,97%. Já o bitcoin cai 49,31% no mesmo intervalo de tempo.

Essa não é uma exclusividade dessas empresas. De acordo com a pesquisa da Kaiko, companhias com exposição ao bitcoin — além da Microstrategy, também é possível citar Tesla, Coinbase e Block — acumulam perdas de mais de 50%.

A queda das ações da Coinbase, inclusive, foi um dos motivos que levou à desistência do acordo de compra com o Mercado Bitcoin, o unicórnio brasileiro de criptomoedas.

Ele perdeu bilhões na bolha pontocom — e agora está prestes a perder outra fortuna com bitcoin; conheça Michael Saylor, CEO da MicroStrategy

Em uma publicação na nossa página do Instagram, falamos mais sobre Michael Taylor, o CEO da empresa que tem o poder para causar um belo estrago no mercado cripto. Spoiler: há alguns anos, ele perdeu rios de dinheiro na bolsa pontocom.

Para mais saber mais sobre ele, veja o post abaixo. Aproveite par nos seguir por lá (basta clicar aqui). Assim, você recebe diariamente insights de investimento que podem proteger seu patrimônio do caos no mundo cripto, análises de mercado exclusivas e decisivas para seus investimento e a opinião dos principais analistas do país consultados pelos repórteres do Seu Dinheiro.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

NOITE CRIPTO

Na luta: bitcoin (BTC) opera em alta, mas performance não dá inveja; confira cotações

Apesar do avanço, o último mês foi o pior da história do bitcoin. A queda de 37,9% se consolidou como a mais terrível da história, desbancando maio de 2021, quando o recuo foi de 35,4%

PROBLEMAS FINANCEIROS

Tenda (TEND3) negocia com credores e consegue sinal verde para flexibilizar endividamento

Os detentores de debêntures da empresa aceitaram mudar os termos das dívidas em troca de garantias – e remuneração – extras

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

‘Pane’ nas exchanges, os limites para a Rússia e a queda do Ibovespa; confira os destaques do dia

Os corredores do mercado financeiro estavam mais silenciosos do que o habitual nesta segunda-feira (04).  Nos Estados Unidos, as bolsas em Wall Street ficaram fechadas devido ao feriado do Dia da Independência americana, mas parece que boa parte dos investidores brasileiros também deu uma esticadinha no fim de semana.  Sem Nova York e com o […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa cai abaixo dos 99 mil pontos em dia de baixa liquidez; dólar e juros sobem com petróleo

Sem Wall Street, o Ibovespa teve um dia de movimentação limitada. Apesar da alta do petróleo, o índice não conseguiu se consolidar em alta

ELEIÇÕES 2022

Quem é Maria Luiza Ribeiro Viotti, a primeira mulher a comandar o Itamaraty se Lula vencer as eleições?

A indicação de uma mulher para o Itamaraty contemplaria o movimento feminino na diplomacia, que ganhou força política no Congresso e foi incentivado por Amorim no passado; o Brasil nunca teve uma chanceler

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies