Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-06-04T11:29:30-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
De olho na expansão

XP adquire participação na Giant Steps e mira no mercado de fundos quantitativos no Brasil

No Brasil, atualmente, os fundos quantitativos são menos de 2% do total de patrimônio em fundos

4 de junho de 2021
11:29
XP investimentos Escritório Fotos Google Street
Imagem: Divulgação

Duas gigantes resolveram se unir para aumentar a oferta de fundos quantitativos no mercado brasileiro. A XP Inc., maior empresa de investimentos do Brasil, anunciou a aquisição de uma participação minoritária na Giant Steps, maior gestora de fundos de investimento sistemáticos do país.

Fundos quantitativos ou sistemáticos utilizam modelos matemáticos que analisam e programam estratégias por meio de Inteligência Artificial (IA). O time da Giant Steps conta com matemáticos, engenheiros e programadores para aumentar a rentabilidade dos investimentos.

E é um mercado em expansão. Atualmente, 8 das 10 maiores gestoras do mundo são quantitativas, e este tipo de estratégia representa mais de 30% do total de gestão nos Estados Unidos. No Brasil, atualmente, este tipo de estratégia representa menos de 2% do total de patrimônio em fundos. “Com cerca de R$ 7 bilhões sob gestão, a Giant Steps é a principal referência num dos mercados com maior potencial de crescimento do setor financeiro”, afirma a corretora.

De acordo com as empresas, a entrada da XP na sociedade acelerar o projeto da Giant de se tornar a “Renaissance brasileira”, uma corretora tida como modelo para esse segmento.

“Vamos acelerar ainda mais nossos investimentos nas frentes que acreditamos ser as maiores fontes de vantagem competitiva: pessoas, ampliação da infraestrutura tecnológica e aquisição/desenvolvimento de dados alternativos (que vão desde análise de sentimento no Twitter até processamento de imagens e vídeos)”, afirmou Flavio Terni, um dos sócios fundadores da Giant Steps, em comunicado à imprensa.

O principal fundo da casa, o Giant Zarathustra, registra desde 2012 um retorno absoluto de 290% contra 110% do CDI, o indicador de referência. Além disso, a empresa deve lançar um fundo de ações baseado em dados alternativos e um fundo de criptoativos, o primeiro do mercado brasileiro que terá o Bitcoin (BTC) como benchmark, ainda neste semestre.

Ainda segundo o comunicado, a governança e a independência das companhias seguem inalteradas.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

RIQUEZA DIGITAL

Dancinha milionária: estrelas do TikTok já ganham mais do que grandes executivos nos Estados Unidos; veja quanto elas faturam

Os milhões de seguidores de alguns tiktokers são irresistíveis para as marcas, que acabam gastando muito dinheiro não só em anúncios como em suas linhas de produtos

DA REALIDADE PARA O NOVO DIGITAL

Walmart no metaverso: gigante do varejo dos EUA vai fabricar e vender no mundo virtual; entenda

Para ter um pé nesse universo, Nike e marcas de vestuário como Urban Outfitters, Ralph Lauren e Abercrombie & Fitch também entram com pedidos de marca registrada

PEGA LADRÃO!

Fechada na economia e aberta ao cibercrime: Coreia do Norte desvia milhões de dólares com ataques a plataformas de criptomoedas em 2021

Norte-coreano Lazarus ganhou notoriedade com invasões cibernéticas à Sony Pictures e à WannaCry. Grupo já foi sancionado pelos Estados Unidos e pela ONU

EFEITOS DO CLIMA

Usiminas (USIM5) retoma gradualmente atividades de mineração afetadas por chuvas em Minas Gerais

Segundo o grupo, os problemas ainda afetam empresas responsáveis pela cadeia de escoamento de minério

Conteúdo Empiricus

Dos R$2 mil aos R$100 mil em 12 meses com esta criptomoeda? Criptoativo criado por sócio de Steve Jobs faz parte do segmento que pode decolar e deixar o Bitcoin no chinelo após evento do dia 24 de janeiro

Ele fundou a Apple junto de Steve Jobs e agora criou uma nova criptomoeda que custa centavos e pertence ao ecossistema que pode saltar 5.000% em 2022 e enriquecer os seus investidores

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies