Menu
2021-02-26T20:57:23-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Abandonando o barco?

Ações do Banco do Brasil recuam quase 5% com possibilidade de saída de André Brandão

Brandão tem mostrado insatisfação com o cargo e quer deixar o comando da estatal, segundo jornal; BB nega que presidente tenha renunciado

26 de fevereiro de 2021
17:21 - atualizado às 20:57
André Brandão, presidente do Banco do Brasil
André Brandão, presidente do Banco do Brasil - Imagem: Alan Santos/PR

Depois da Petrobras, o Banco do Brasil pode ser a próxima estatal a encarar uma mudança no comando em breve.

Segundo informações do jornal "O Globo", o presidente do banco, André Brandão, sinalizou a pessoas próximas que quer deixar o comando da instituição.

Segundo informações que o jornal confirmou com fontes do Palácio do Planalto, o presidente do Banco do Brasil já avisou o presidente Jair Bolsonaro da decisão e deixa o cargo à disposição. Brandão deve se manter no banco até a escolha de um substituto.

A notícia pesou sobre o Ibovespa, que renovou as mínimas. O índice, que já vinha num dia negativo, acabou fechando em queda de 1,98%, aos 110.035 pontos. Já as ações do Banco do Brasil (BBAS3) fecharam em baixa de 4,92%, a R$ 28,05, depois de terem chegado a cair mais de 5% no fim da tarde.

Há pouco, porém, o Banco do Brasil divulgou fato relevante negando que Brandão tenha renunciado e dizendo que desconhece as fontes das notícias veiculadas.

Não é a primeira vez que se especula sobre a saída de Brandão do comando do BB. A relação do CEO do banco com o presidente Jair Bolsonaro anda estremecida há um bom tempo.

Recentemente, Brandão chegou a ser ameaçado de demissão após anunciar o plano de reestruturação do banco estatal, que desagradou Bolsonaro, por envolver o fechamento de agências e demissões.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

em meio à crise

Em reunião com empresários, Bolsonaro defende vacinação e diz não ter preocupação com CPI da Covid

Presidente e ministros participaram de uma videoconferência com o grupo que reúne os 50 maiores grupos privados do País

seu dinheiro na sua noite

Ação da Moura Dubeux caiu 50% desde o IPO. Ficou barata?

O ano de 2020 começou promissor para a economia brasileira e com boas perspectivas para a chegada de novas empresas à bolsa. A temporada de IPOs se iniciou nos primeiros dias de fevereiro, com a estreia da construtora Mitre, seguida da empresa de tecnologia Locaweb. Mais para meados do mês, vimos a abertura de capital […]

ampliação de sortimentos

Lojas Americanas compra Imaginarium e prevê aumentar marcas próprias

Companhia anunciou aquisição do Grupo Uni.co, mas não revelou valores; com negócio, Americanas avança sobre varejo especializado em franquias

FECHAMENTO

Mercado olha desconfiado para Orçamento e Ibovespa acompanha queda do exterior; dólar fica estável

Com a agenda de indicadores esvaziada e a véspera de feriado, os investidores acabaram optando pela cautela

Prioridade na Casa

Câmara aprova requerimento de urgência sobre projeto de privatização dos Correios

A medida permite que a proposta “fure” a fila de votação de projetos e pode agilizar o processo de desestatização

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies