Menu
2020-01-15T17:27:27-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
pódio indigesto

Banco Pan, BMG e Banrisul lideram ranking de reclamações contra bancos em 2019

O índice do BC é calculado com base no número de reclamações consideradas procedentes, dividido pelo número de clientes da instituição, multiplicado por 1.000.000

15 de janeiro de 2020
14:54 - atualizado às 17:27
Banco Pan - Banrisul - BMG

O Banco Central informou nesta quarta-feira (15) que o Banco Pan terminou o quarto trimestre de 2019 na liderança do ranking de reclamações contra instituições financeiras. O banco registrou índice de 127,47.

Em segundo lugar aparece o BMG (68,66) e, em terceiro, o Banrisul (23,30). Nesta lista, estão os bancos e as financeiras com mais de 4 milhões de clientes.

O índice de reclamações é calculado com base no número de reclamações consideradas procedentes, dividido pelo número de clientes da instituição, multiplicado por 1.000.000. Na prática, quanto maior o índice, pior a classificação da instituição. O ranking é trimestral.

Na lista, o Santander aparece como a quarta instituição mais reclamada (índice de 22,94).

Na sequência estão Bradesco (19,36), Banco do Brasil (19,06), Caixa Econômica Federal (17,19), Itaú (16,85), Votorantim (9,50), Banco CSF (7,73), Omni (7,57), Midway (5,61), Realize (2,67), Banco do Nordeste (0,63) e Sicredi (0,00).

Instituições menores

Entre os bancos e financeiras com menos de 4 milhões de clientes - que formam um ranking à parte -, a liderança é da Facta Financeira, com índice de reclamações de 1.310,55 no quarto trimestre de 2019.

Em seguida aparecem Novo Banco Continental (998,61), Safra (629,65), Industrial do Brasil (336,21), BNP Paribas (151,13), Modal (150,15), Inter (123,55) e Original (111,92), entre outros. A lista completa tem 20 instituições.

Entre as reclamações mais frequentes estão irregularidades relativas à oferta ou prestação de informação sobre produtos e serviços de forma inadequada e irregularidades ligadas à integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações e serviços relacionados a cartões de crédito.

Em nota enviada ao "Broadcast" (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado), o Banco Pan pontuou que "tem se destacado na adoção de medidas concretas para melhorar e modernizar produtos, processos e a qualidade do atendimento ao consumidor".

Até o fechamento deste texto, a reportagem não havia obtido o posicionamento das demais instituições citadas.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Orçamento em foco

Presidente da Câmara defende a desvinculação total do orçamento

Arthur Lira (PP-AL) rejeita tese segundo a qual desvinculação deixaria setores essenciais sem recursos

Liminar

Tribunal de Contas de São Paulo suspende leilão de linhas da CPTM

Leilão estava previsto para a próxima terça-feira

Contra a pandemia

Câmara dos EUA aprova pacote de US$ 1,9 trilhão

Projeto de lei segue agora para o Senado

IPO registrado

Rio Branco Alimentos protocola pedido de registro de oferta pública de ações

Oferta será primária e terá como coordenador-líder o Citi, além da coordenação do Bank of America Merril Lynch e do BTG Pactual

Boleto salgado

Aneel mantém bandeira amarela em março; conta de luz continua com taxa adicional

É o terceiro mês consecutivo que o órgão regulador aciona bandeira neste patamar

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies