Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-04-02T15:01:09-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Crescimento de ganhos

Lucro de companhias abertas sem Vale, Petrobras e Oi cresce 7% em 2019, diz estudo

Lucro cresceu 7,16% em 2019, passando de R$ 94,2 bilhões em 2018 para R$ 101 bilhões no ano passado, segundo levantamento da Economática

2 de abril de 2020
15:01
Ações negociadas na bolsa de valores
Imagem: Shutterstock

O lucro das empresas de capital aberto cresceu 7,16% em 2019. A cifra passou de R$ 94,2 bilhões em 2018 para R$ 101 bilhões no período, segundo levantamento da Economática, que não considera Petrobras, Vale e Oi.

A análise é feita com base nos demonstrativos financeiros entregues à CVM por 260 empresas não financeiras e retira as três do universo para não distorcer os números totais, já que os dados foram bem diferentes entre elas no ano passado. Os cálculos consideraram valores nominais sem ajuste de inflação.

Incluindo os bancos, o lucro chegou a 13,64%: de R$ 169,2 bilhões para R$ 192,3 bilhões. Nesse caso, foram analisados os dados de 283 empresas. Os bancos, inclusive, foram o setor mais lucrativo em 2019. Juntas, as 23 instituições lucraram R$ 91,3 bilhões, valor 21,77% superior ao de 2018 quando as mesmas instituições lucraram R$ 75,0 bilhões.

Dos 25 setores analisados, 13 tiveram crescimento de lucratividade no ano de 2019. O setor de bancos foi o que apresentou o maior crescimento nominal de lucratividade, seguido pelo setor de Alimentos e Bebidas. Doze setores tiveram redução de lucratividade no ano de 2019 com relação a 2018 e o setor com maior queda foi o de siderurgia e metalurgia com redução de R$ 4,5 bilhões. O setor de telecomunicações teve a segunda maior queda nominal com recuo de R$ 2,86 bilhões. Em 2019 somente quatro setores registraram prejuízo consolidado. O setor com maior prejuízo foi o de papel e celulose com perda de R$ 2,25 bilhões.

Entre as dez empresas mais lucrativas, quatro foram do setor de bancos e duas do setor de alimentos e bebidas. Os quatro bancos da lista (Itaú, Bradesco, Banco do Brasil e Santander) acumularam R$ 81,5 bilhões de lucro no ano de 2019, valor 17,98% superior ao do ano de 2018 quando o lucro foi de R$ 69,0 bilhões. Em alimentos e bebidas, o lucro da Ambev chegou a R$ 11,0780 bilhões em 2019 ante R$ 1,025 bilhão em 2018. Já JBS teve lucro de R$ 6,068 bilhões, contra R$ 25 milhões no ano anterior.

Entre as empresas com maiores prejuízos no ano de 2019 apareceram Embraer e OSX, categorizadas como do setor de veículos e peças.

Se adicionadas à amostra a Petrobras, Vale e Oi, o lucro de 286 empresas em 2019 foi de R$ 216,8 bilhões, valor 11,61% inferior ao de 2018. A Petrobras foi a empresa mais lucrativa no ano de 2019 com R$ 40,1 bilhões, valor 55,7% superior ao do ano de 2018. Já a Oi foi a empresa com maior prejuízo em 2019 com R$ 9,00 bilhões, seguida pela Vale, com R$ 6,67 bilhões.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

FECHAMENTO DO DIA

Auxílio Brasil fora do teto de gastos apavora Ibovespa e índice perde quase 4 mil pontos; dólar e juros disparam

O ministério da Cidadania chegou a anunciar um evento para lançar o novo programa social, mas com a bolsa indo abaixo dos 110 mil pontos, a festa não teve clima para continuar. O anúncio foi cancelado por ora, mas vai ser preciso mais do que isso para tranquilizar o mercado

Batatinha frita 1-2-3

Na Netflix (NFLX34), a virada operacional e financeira veio no Round 6 — e deu impulso ao balanço do terceiro trimestre

A Netflix (NFLX34) deu um salto no número de novos assinantes no trimestre, reanimando um ano que estava péssimo — tudo graças a Round 6

Comandante do navio

Em meio à crise econômica, Bolsonaro se isenta de culpa pela situação do país: ‘se é assim, ache um cara melhor’

Como de costume, o presidente voltou a jogar a culpa da crise nas medidas restritivas adotadas por governadores e prefeitos para conter o novo coronavírus

Quem não tem teto de vidro...

Governo cancela lançamento do Auxílio Brasil; veja por que o programa social fez a bolsa despencar e o dólar disparar hoje

Ainda não há uma nova data para o lançamento do programa, que levou o Ibovespa às mínimas antes do sinal vermelho para o anúncio

Juntando forças

Saiba mais sobre a Novi, carteira de criptomoedas criada pela parceria entre Facebook e Coinbase

Essa wallet ainda está em versão piloto, mas já está disponível para download; algumas pessoas estranharam a ausência da criptomoeda Diem, antes chamada de Libra

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies