Menu
2020-01-06T18:48:41-03:00
Altas e baixas

Petrobras, BR Distribuidora, Hapvida, Azul e Gol: os destaques do Ibovespa nesta segunda-feira

A escalada nos preços do petróleo dá forças às ações da Petrobras, mas afeta negativamente os papéis de Azul e Gol. Hapvida e BR Distribuidora também estão entre os destaques do dia

6 de janeiro de 2020
15:35 - atualizado às 18:48
Prédio da Petrobras no Rio de Janeiro
Imagem: Shutterstock

Em meio às tensões geopolíticas no exterior e ao intenso noticiário corporativo neste início de ano, alguns papéis do Ibovespa apresentaram movimentações expressivas nesta segunda-feira (6). Por um lado, as ações da Petrobras subiram, mas, por outro, os papéis da BR Distribuidora, Hapvida, Azul e Gol fecharam em baixa.

Entre os destaques positivos da sessão, Petrobras ON (PETR3) subiu 3,25% e Petrobras PN (PETR4) avançou 1,18% — as ações da estatal recuperaram-se das perdas registradas na última sexta, quando fecharam o pregão nas mínimas do dia.

Esse movimento positivo teve como gatilho a onda de valorização do petróleo no exterior: a commodity passou por fortes altas nos últimos dias, na esteira das tensões crescentes entre Estados Unidos e Irã.

Sem saber quais serão os desdobramentos da morte do general iraniano Qassim Suleimani após um ataque aéreo dos EUA, o mercado tem optado por assumir uma postura mais defensiva. A possibilidade de uma escalada bélica no Oriente Médio assusta os investidores e faz o petróleo disparar, já que a região é a principal produtora da commodity no mundo.

Mas, apesar da valorização do petróleo, os agentes financeiros ainda mostram preocupação em relação à Petrobras, uma vez que a política de preços da estatal volta aos holofotes — a disparada na commodity, afinal, pode impactar o valor dos combustíveis.

O presidente Jair Bolsonaro declarou estar atento à movimentação da commodity e deu a entender que será necessário adotar algum mecanismo para compensar uma eventual alta nos preços dos combustíveis — uma fala que não foi bem recebida pelos mercados.

Mas, enquanto uma posição oficial por parte da empresa ainda não é conhecida, os investidores optam por se ater à valorização da commodity, o que desencadeia um movimento positivo nas cotações dos papéis.

Vai vender?

Por outro lado, as ações ON da BR Distribuidora (BRDT3) caíram 5,01% e apresentaram o pior desempenho do índice. Durante o fim de semana, o jornalista Lauro Jardim, de O Globo, afirmou em seu blog que a Petrobras pretende vender sua participação na companhia ainda no primeiro trimestre deste ano. Atualmente, a estatal possui 37,5% da empresa.

Compra cancelada

Uma das estreantes do Ibovespa, Hapvida ON (HAPV3) caiu 3,12% e também apareceu entre as maiores perdas do índice após o cancelamento da compra da carteira de clientes da Agemed Saúde, fechada no início do mês — a operação foi barrada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

De olho nos custos

Gol PN (GOLL4) e Azul PN (AZUL4) despontaram no lado negativo do Ibovespa, com perdas de 4,60% e 3,10%, respectivamente. Ao contrário da Petrobras, os papéis dessas empresas são prejudicados pelo aumento na cotação do petróleo.

As oscilações da commodity interferem diretamente na linha de custos das companhias aéreas, uma vez que o petróleo é um dos componentes do combustível de aviação. Assim, uma disparada no produto implica num aumento dos gastos — o que afeta o balanço dessas empresas.

Top 5

Confira as cinco ações de melhor desempenho do Ibovespa nesta segunda-feira:

  • Braskem PNA (BRKM5): +5,20%
  • Qualicorp ON (QUAL3): +4,10%
  • Petrobras ON (PETR3): +3,25%
  • Fleury ON (FLRY3): +2,96%
  • Yduqs ON (YDUQ3): +1,92%

Veja também as cinco maiores quedas do índice:

  • BR Distribuidora ON (BRDT3): -5,01%
  • Gol PN (GOLL4): -4,60%
  • Carrefour Brasil ON (CRFB3): -4,36%
  • NotreDame Intermédica ON (GNDI3): -4,12%
  • Smiles ON (SMLS3): -3,27%
Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

sem apoio, sem emprego

United alerta para risco de corte de 16 mil empregos caso não tenha ajuda

Em carta endereçada ao secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, e a lideranças no Congresso americano, o CEO da United Airlines, Scott Kirby, alertou que a aérea poderá ter que cortar até 16 mil empregos caso o governo e o Legislativo não aprovem novo pacote de apoio financeiro ao setor

veja ao vivo!

Podcast Touros & Ursos: Onde investir após a ressaca de juros?

Overdose de decisões de política monetária movimentou a semana dos mercados. Onde pôr o dinheiro em um mundo de taxas reais negativas? Veja no nosso podcast ao vivo

diga lá, presidente

Agronegócio evitou que Brasil entrasse em colapso econômico, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro voltou a enaltecer a participação do agronegócio na manutenção da economia brasileira durante o período da pandemia da covid-19

Gênios bilionários

Seria Elon Musk o próximo Steve Jobs? Veja a resposta de Bill Gates

Fundador da Microsoft foi perguntado se o CEO da Tesla seria parecido com o fundador da Apple; ele respondeu apontando diferenças entre os executivos

Exile on Wall Street

#SomosTodosDesqualificados

Quer diversificar sua carteira com um fundo que investe 100% no exterior? E que tal um veículo que compra empresas que não são listadas em Bolsa, os fundos de private equity? Essas duas categorias não estarão disponíveis para o Neivaldo, que tem menos de R$ 1 milhão investidos.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements