Menu
2020-01-06T18:48:41-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa e UBS Escola de Negócios. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência CMA, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico.
Altas e baixas

Petrobras, BR Distribuidora, Hapvida, Azul e Gol: os destaques do Ibovespa nesta segunda-feira

A escalada nos preços do petróleo dá forças às ações da Petrobras, mas afeta negativamente os papéis de Azul e Gol. Hapvida e BR Distribuidora também estão entre os destaques do dia

6 de janeiro de 2020
15:35 - atualizado às 18:48
Prédio da Petrobras no Rio de Janeiro
Imagem: Shutterstock

Em meio às tensões geopolíticas no exterior e ao intenso noticiário corporativo neste início de ano, alguns papéis do Ibovespa apresentaram movimentações expressivas nesta segunda-feira (6). Por um lado, as ações da Petrobras subiram, mas, por outro, os papéis da BR Distribuidora, Hapvida, Azul e Gol fecharam em baixa.

Entre os destaques positivos da sessão, Petrobras ON (PETR3) subiu 3,25% e Petrobras PN (PETR4) avançou 1,18% — as ações da estatal recuperaram-se das perdas registradas na última sexta, quando fecharam o pregão nas mínimas do dia.

Esse movimento positivo teve como gatilho a onda de valorização do petróleo no exterior: a commodity passou por fortes altas nos últimos dias, na esteira das tensões crescentes entre Estados Unidos e Irã.

Sem saber quais serão os desdobramentos da morte do general iraniano Qassim Suleimani após um ataque aéreo dos EUA, o mercado tem optado por assumir uma postura mais defensiva. A possibilidade de uma escalada bélica no Oriente Médio assusta os investidores e faz o petróleo disparar, já que a região é a principal produtora da commodity no mundo.

Mas, apesar da valorização do petróleo, os agentes financeiros ainda mostram preocupação em relação à Petrobras, uma vez que a política de preços da estatal volta aos holofotes — a disparada na commodity, afinal, pode impactar o valor dos combustíveis.

O presidente Jair Bolsonaro declarou estar atento à movimentação da commodity e deu a entender que será necessário adotar algum mecanismo para compensar uma eventual alta nos preços dos combustíveis — uma fala que não foi bem recebida pelos mercados.

Mas, enquanto uma posição oficial por parte da empresa ainda não é conhecida, os investidores optam por se ater à valorização da commodity, o que desencadeia um movimento positivo nas cotações dos papéis.

Vai vender?

Por outro lado, as ações ON da BR Distribuidora (BRDT3) caíram 5,01% e apresentaram o pior desempenho do índice. Durante o fim de semana, o jornalista Lauro Jardim, de O Globo, afirmou em seu blog que a Petrobras pretende vender sua participação na companhia ainda no primeiro trimestre deste ano. Atualmente, a estatal possui 37,5% da empresa.

Compra cancelada

Uma das estreantes do Ibovespa, Hapvida ON (HAPV3) caiu 3,12% e também apareceu entre as maiores perdas do índice após o cancelamento da compra da carteira de clientes da Agemed Saúde, fechada no início do mês — a operação foi barrada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

De olho nos custos

Gol PN (GOLL4) e Azul PN (AZUL4) despontaram no lado negativo do Ibovespa, com perdas de 4,60% e 3,10%, respectivamente. Ao contrário da Petrobras, os papéis dessas empresas são prejudicados pelo aumento na cotação do petróleo.

As oscilações da commodity interferem diretamente na linha de custos das companhias aéreas, uma vez que o petróleo é um dos componentes do combustível de aviação. Assim, uma disparada no produto implica num aumento dos gastos — o que afeta o balanço dessas empresas.

Top 5

Confira as cinco ações de melhor desempenho do Ibovespa nesta segunda-feira:

  • Braskem PNA (BRKM5): +5,20%
  • Qualicorp ON (QUAL3): +4,10%
  • Petrobras ON (PETR3): +3,25%
  • Fleury ON (FLRY3): +2,96%
  • Yduqs ON (YDUQ3): +1,92%

Veja também as cinco maiores quedas do índice:

  • BR Distribuidora ON (BRDT3): -5,01%
  • Gol PN (GOLL4): -4,60%
  • Carrefour Brasil ON (CRFB3): -4,36%
  • NotreDame Intermédica ON (GNDI3): -4,12%
  • Smiles ON (SMLS3): -3,27%
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Boas notícias

Ações da Moderna sobem mais de 10% após confirmação de eficácia da vacina e pedido para uso emergencial

Além dos números finais, a empresa também anunciou que irá solicitar a autorização para uso emergencial da vacina junto a FDA e EMA

relatório focus

Economistas elevam pela 16ª semana seguida projeção para inflação em 2020

Aceleração dos preços dos alimentos faz mediana de estimativas para IPCA avançar par 3,54%, segundo BC

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

13 notícias para começar o dia bem informado

Acabou a eleição, acabou novembro e chegamos ao dia mais feliz do ano (ao menos para parte da população brasileira assalariada). Sim, hoje é dia 30 de novembro, cai salário na conta e também a primeira parcela do 13º.  Nada como um dinheirinho para melhorar o humor na segunda-feira.  O dia começa com clima de […]

Não vai mais rolar

Iguá Saneamento desiste de oferta inicial de ações

O pedido de abertura de capital havia sido protocolado no dia 1º de setembro e seria uma oferta pública de distribuição primária e secundária.

follow on

Notre Dame Intermédica anuncia oferta em que Bain Capital venderá até R$ 3,7 bi em participação

Tamanho da operação equivale a 44% do total de ações detidas pela empresa de private equity americana na operadora de saúde

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies