Menu
2019-10-03T18:32:30-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
queda livre

Ações da Tesla despencam após promessa frustrada de Elon Musk

O CEO da companhia havia dito que a entregaria 100 mil veículos no trimestre, mas empresa chegou a 97 mil; papeis da Tesla abriram o dia em queda

3 de outubro de 2019
11:45 - atualizado às 18:32
Tesla
Apesar da promessa frustrada de Musk, o número representa um recorde, segundo a empresa, que adiantou outros números que devem sair no balanço a ser divulgado em breve. Imagem: Shutterstock

As ações da Tesla, a montadora de carros de elétricos do bilionário Elon Musk, amanheceram em queda vertiginosa nesta quinta-feira, 3, após a empresa divulgar uma prévia de seus números mais recentes.

  • Veja mais: Investidores comuns estão aprendendo como antecipar o movimento das ações com um dos maiores analistas técnicos do país. VAGAS LIMITADAS. Corra. Entre aqui.

Os investidores se decepcionaram com a quantidade de veículos entregues pela companhia nos últimos três meses, que chegou a 97 mil. O CEO da Tesla havia dito, em setembro passado, que havia uma chance do resultado chegar aos 100 mil carros no período.

Por volta das 11h, os papeis da Tesla eram negociados a R$ 225,33 na bolsa americana Nasdaq, numa baixa de 7,33%, mas se recuperaram um pouco e encerraram o pregão em baixa de 4,15%. No ano, a ações da Tesla acumulam perdas da ordem de 30%. Acompanhe nossa cobertura de mercado.

Apesar da promessa frustrada do bilionário, o desempenho representa um recorde, segundo a empresa, que adiantou outros números que devem sair no balanço a ser divulgado em breve.

De acordo com a Tesla, foram entregues 79,6 carros do Modelo 3 e 17,4 mil unidades dos Modelos S e X nos últimos três meses. A produção total foi de 95,1 veículos.

"Assim como no segundo trimestre, quase todos os pedidos do Modelo 3 foram recebidos de clientes que não possuíam uma reserva anteriormente, solidificando a transição para gerar forte demanda orgânica", diz a companhia.

Anteriormente

No trimestre anterior, a empresa de Elon Musk havia entregue 95,2 mil carros elétricos  — deste total, eram 17,6 mil unidades dos Modelos S e X, e outros 77,5 mil veículos do Modelo 3. A produção de automóveis chegou a 87 mil unidades.

No início do ano, a Tesla estabeleceu como meta a entrega de 360 mil a 400 mil novos veículos neste ano.

Somando os resultados dos três trimestres até aqui, a companhia já entregou pouco mais de 255 mil unidades — foram 63 mil veículos  nos três primeiros meses.

Assim, considerando o limite inferior da projeção, a Tesla precisaria entregar pelo menos 105 mil veículos no último trimestre de 2019.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

FECHAMENTO

Ibovespa ignora tensão em Brasília e NY no vermelho e avança 1%; dólar também sobe

Enquanto as blue chips garantiram o bom desempenho do Ibovespa, o dólar avançou 0,84%, pressionado pelo noticiário em Brasília

Exaltou integração

Presidente do Banco Central não enxerga competição entre bancos e fintechs

Segundo Campos Neto, a integração entre as mídias sociais e o sistema financeiro é maior inovação que existe no momento

Menos pontos e milhas

Setor de empresas de fidelidade encolhe quase 30% em 2020

O segmento de fidelidade movimentou R$ 5,3 bilhões em 2020, segundo a Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (ABEMF)

Estamos em um novo ciclo de alta de commodities?

Por que está se falando tanto em commodities? Isso é o que Matheus Spiess te explica no vídeo de hoje. Observando o histórico de ciclos de alta de commodities, presenciamos ciclos de altas de preços nas matérias primas. E estudos dizem que estamos na beira de um SUPERCICLO. Vamos ao passado: Início de 1900: 2º […]

Controle total

Petrobras: Cade aprova venda da participação da estatal em eólica para FIP Pirineus

Após a assinatura do acordo de R$ 32,97 milhões, o FIP Pirineus passa a deter o controle unitário do empreendimento

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies