Menu
2019-08-09T11:06:44+00:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
#sextou

BRF sai do vermelho no segundo trimestre e ações disparam na bolsa

Companhia registrou um lucro líquido de R$ 191 milhões no segundo trimestre de 2019, revertendo o prejuízo de R$ 1 bilhão do trimestre passado e uma cifra parecida do mesmo período de 2018

9 de agosto de 2019
10:59 - atualizado às 11:06
BRF
Imagem: Shutterstock

As ações da BRF dispararam no início do pregão desta sexta-feira, 9, reagindo aos resultados do segundo trimestre de 2019 divulgados pelo grupo. Os papeis ordinários (BRFS3) registravam alta de 7,82%, a R$ 39,16, por volta das 10h30. Você pode acompanhar nossa cobertura de mercados aqui.

Mas o que os investidores viram? Para começar, a empresa enfim saiu do vermelho e registrou um lucro líquido de R$ 191 milhões no segundo trimestre. Nos três primeiros meses, a companhia havia registrado um prejuízo de R$ 1 bilhão. O resultado é também uma reversão do prejuízo de R$ 1,435 bilhão no mesmo período de 2018.

Segundo o balanço da BRF, a receita líquida no trimestre ficou em R$ 8,338 bilhões - alta anual de 18,0%. Já o Ebitda ajustado ficou em R$ 1,547 bilhão, avanço de 333,9% ante o segundo trimestre do ano anterior, com margem de 18,6%, maior que a de 5,0% um ano atrás.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Reestruturação

A alavancagem - relação entre dívida líquida e ebitda ajustado - teve queda expressiva de março para junho, indo de 5,64 vezes a 3,73 vezes."Esse movimento reflete a disciplina de execução do nosso plano de reestruturação operacional e financeira iniciada no segundo semestre do ano passado", diz a BRF em comunicado, destacando a expansão das margens operacionais

No balanço dos três primeiros meses de 2019, a empresa divulgou que tinha como meta reduzir a alavancagem financeira até o fim de 2019. Os números divulgados hoje dão uma dimensão de como estão os planos da empresa.

Fato é que o ebitda ajustado ficou em R$ 1,547 bilhão, avanço de 333,9% ante o segundo trimestre do ano anterior, com margem de 18,6%, maior que a de 5,0% um ano atrás. A empresa destacou que o Ebitda teve o efeito de R$ 157 milhões do IFRS 16, adotado a partir de 1º de janeiro de 2019.

O dado inclui ainda o impacto negativo de uma provisão referente ao recolhimento de ICMS sobre produtos da cesta básica, de cerca de R$ 360 milhões no Ebitda e de R$ 390 milhões no resultado financeiro, e a exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS/Cofins, de R$ 690 milhões e R$ 340 milhões, respectivamente.

O efeito líquido desses lançamentos gerou um ganho de R$ 328 milhões no Ebitda ajustado do segundo trimestre. O resultado financeiro foi uma despesa de R$ 619 milhões, 18,0% menor que no mesmo período do ano passado.

Impacto do volume de vendas

A BRF lembrou ainda que o volume de vendas do segmento Brasil teve queda anual de 3,5% no segundo trimestre deste ano, para 519 mil toneladas. A companhia considera o recuo como consequência da alta nos preços médios, que subiram 14,8%, chegando a R$ 7,86 o quilo.

Esse avanço nos preços compensou, segundo a BRF, a alta de custos decorrente do maior preço dos grãos - o preço médio subiu 14,7% na comparação anual - e o aumento do frete. A receita operacional líquida do segmento subiu 10,8% chegando a R$ 4,082 bilhões.

O segmento internacional teve alta em todas as categorias. O volume de vendas subiu 4,3%, para 504 mil toneladas, no segundo trimestre deste ano em relação ao segundo trimestre de 2018. Já a receita operacional líquida subiu 24,1% no período, para R$ 3,985 bilhões, impulsionada pelo avanço de 19,0% no preço médio, que ficou em R$ 7,90 o quilo. O lucro bruto ficou em R$ 1,047 bilhão, avanço anual de 210,0%.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

O FUTURO CHEGOU

“Revolução que está por vir é a maior que a indústria já teve”, diz Carlos Zarlenga

Para o presidente da General Motors América do Sul, a tarefa diária é tentar liderar o processo de metamorfose digital que tornará o automóvel uma espécie de celular gigante que carrega pessoas

Surpresa

Bilionário Bernard Arnault fica US$ 6 bi mais rico em menos de 3 dias

O homem mais rico da Europa viu sua fortuna subir de novo para a casa dos US$ 100 bilhões após a divulgação dos resultados de seu conglomerado

HERMANOS

O sobe e desce da Argentina sob o governo Macri

As falhas do presidente argentino no comando do país ficaram evidentes em 2018, quando seu plano econômico foi por água abaixo

Seu dinheiro no domingo

Você prefere comprar ações baratas ou que estão em alta?

Setembro viu um movimento de rotação entre essas categorias de ações, com grandes investidores trocando momentum por value. Calma que vamos explicar

Gigante

Natura diz que custo de união de negócios com Avon será de R$ 349 milhões

A expectativa é de que a combinação dos negócios dê origem ao quarto maior grupo do setor de beleza no mundo

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS: O bilionário mais (des)conhecido do Brasil

Existem algumas situações na vida em que, simplesmente, não dá para não ser notado. Gêmeos idênticos, por exemplo. Falo por experiência própria: quando eu ando na rua ao lado da minha irmã as pessoas ficam olhando como se estivessem assistindo a um jogo de ping-pong. Olham para uma, depois para a outra, depois voltam na […]

BACK TO THE GAME

O bilionário André Esteves e sua incrível capacidade de voltar ao jogo

Conheça a história do banqueiro que começou como garoto-prodígio, fez fortuna no mercado financeiro, já foi preso e está de volta

Pesquisa

20% dos usuários do Twitter são investidores; será este o perfil do #fintwit?

Segundo pesquisa da empresa responsável pela rede social, este público é majoritariamente masculino e de renda alta

Mais um casamento?

“Bolsonaro é o principal influenciador em SP”, diz Datena

O apresentador nunca concorreu a cargo público, mas seu nome tem surgido nas últimas eleições como potencial “outsider” a entrar para a política

Em obras

Retomar obras destrava até R$ 144 bilhões

Os “esqueletos” correspondem a 14 mil obras paralisadas em todo o País, 37,5% dos empreendimentos analisados pelo órgão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements