O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-04-13T06:36:55-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
CENAS DO PRÓXIMO CAPÍTULO

Petrobras (PETR4) vota hoje se aceita no conselho o novo indicado de Bolsonaro para a presidência da empresa

Caso José Mauro Ferreira Coelho seja aceito no conselho da Petrobras, a reunião para sua condução à presidência será realizada amanhã

13 de abril de 2022
6:33 - atualizado às 6:36
O presidente Jair Bolsonaro, em montagem ao lado do logotipo da Petrobras
José Mauro Ferreira Coelho é o indicado do governo para a presidência da Petrobras. - Imagem: Montagem Andrei Morais/Shutterstock

A presidência da Petrobras (PETR4) transformou-se nos últimos anos em uma novela repleta de conflitos e reviravoltas.

O próximo capítulo da novela está previsto para a tarde de hoje, na assembleia geral de acionistas convocada para hoje.

Com início previsto para as 15h, a assembleia terá na pauta a aprovação da entrada para o conselho de administração do mais novo indicado do governo para o cargo de presidente da Petrobras.

Comitê da Petrobras valida indicação de José Mauro Ferreira Coelho para conselho

Na noite de ontem, um comitê interno da Petrobras considerou que a indicação de José Mauro Ferreira Coelho, como membro do conselho de administração da companhia, preenche os requisitos necessários previstos em lei e não incorre em suas vedações.

Para o comitê, caso Coelho seja eleito na assembleia desta quarta-feira, sua indicação ao cargo de presidente da companhia estará apta para ser apreciada pelo conselho de administração.

Para amanhã está prevista a realização de reunião do novo conselho de administração para apreciar a indicação de José Mauro Ferreira Coelho ao cargo de presidente da companhia. Caso seja eleito, a posse está prevista para a tarde de quinta-feira.

Coelho é químico industrial de formação e sua trajetória com o governo não começa agora. O indicado foi secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia (MME) até outubro de 2021, onde atuou desde abril de 2020, e comanda o Conselho de Administração da Pré-Sal Petróleo S.A. (PPSA) desde maio de 2020.

Novela na chefia da Petrobras

Vale lembrar que os indicados originais ao cargo desistiram das posições há poucos dias. O economista Adriano Pires, que era o nome da União para a presidência da Petrobras, disse "não" ao cargo por "motivos pessoais".

Já Rodolfo Landim, apontado pelo governo federal para comandar o Conselho de Administração da Petrobras, abriu mão do posto para permanecer apenas como presidente do Clube de Regatas do Flamengo.

Landim anunciou a desistência depois de o clube perder a final do campeonato carioca para o Fluminense. Na ocasião, ele afirmou que o seu foco continuaria sendo o Flamengo; no entanto, ao longo do fim de semana começaram a circular as primeiras notícias quanto aos possíveis conflitos de interesse envolvendo os executivos indicados pelo governo.

A carta na qual Pires anunciou sua desistência aborda o problema: "Ficou claro para mim que não poderia conciliar meu trabalho de consultor com o exercício da Presidência".

Para mitigar os conflitos, o economista conta que já havia iniciado os procedimentos para desligar-se do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE), consultoria da qual é sócio-fundador, mas, ao longo do processo, percebeu que não teria condições de fazê-lo "em tão pouco tempo".

*Com informações do Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

'PERGUNTA PRO SACHSIDA'

Bolsonaro se pronuncia sobre ‘fritura’ e possível substituição do presidente da Petrobras (PETR4)

Bolsonaro voltou a dizer que “ninguém vai tabelar preço de combustível”, mas afirmou que a “finalidade social” da Petrobras não está sendo cumprida

BAIXOU A PREVISÃO

Magazine Luiza (MGLU3) rebaixado: JP Morgan corta previsão para ações antes do balanço de amanhã, mas projeção ainda é de alta de quase 50%; entenda motivos

O cenário de alta dos juros deve pressionar o varejo, mas o JP Morgan entende que a empresa está bem posicionada no setor

ESFRIOU

Ano deve ter queda de fusões e aquisições, mas 2022 conta com negócios de grante porte até o momento; relembre algumas delas

Entre os fatores que causaram essa freada, estão a guerra entre Rússia e Ucrânia e a expectativa de desaceleração na China, após lockdowns para conterdos casos de covid

SEU DIA EM CRIPTO

Terra (LUNA) não acompanha recuperação do bitcoin (BTC) neste domingo; criptomoedas tentam começar semana com pé direito

Mesmo com a retomada de hoje, as criptomoedas acumulam perdas de mais de dois dígitos nos últimos sete dias

A COISA VAI ESQUENTAR

Novo capítulo da guerra? Vizinhos da Rússia, Finlândia e Suécia devem se juntar à Otan e tensão na região aumenta

Vladimir Putin, presidente russo, já havia dito que a entrada dos países na Organização exigiria retaliações

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies