O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-04-20T16:13:43-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
BOLSA E DÓLAR AO VIVO

Bolsa hoje: Ata do Fed mostra postura agressiva e faz o Ibovespa fechar em queda; dólar vai a R$ 4,71

6 de abril de 2022
11:37 - atualizado às 16:13

RESUMO DO DIA: Os temores de que o Federal Reserve tenha que acelerar a alta de juros nos Estados Unidos se concretizaram e agora o mercado financeiro precifica a possibilidade de que a atividade econômica global possa voltar a sofrer com uma recessão. A cautela dos investidores internacionais pesam sobre o Ibovespa nesta quarta-feira (06).

Acompanhe por aqui o que mexe com a bolsa, o dólar e os demais mercados hoje, além das principais notícias do dia.

Em dia de grande aversão ao risco em escala global, o dólar à vista fechou o dia em alta de 1,19%, a R$ 4,7147. Já o Ibovespa teve queda de 0,55%,a 118.227 pontos.

FECHAMENTO EM WALL STREET

As bolsas americanas sustentaram a queda firme após a sinalização mais dura do Fed quanto ao combate à inflação. Confira o fechamento do dia em Wall Street:

  • Dow Jones: -0,42%
  • S&P500: -0,97%
  • Nasdaq: -2,22% 
ELET6 EM DESTAQUE

As ações da Eletrobras se destacam como as maiores altas do dia após o Tribunal de Contas da União (TCU) negar a participação de empregados da estatal no debate público sobre a privatização da companhia.

VEM MAIS SANÇÕES POR AÍ

Nesta quarta-feira (06), Estados Unidos e Reino Unido anunciaram novas sanções contra a Rússia, com impactos para as principais instituições financeiras do país. O acesso do Kremlin a fundos para o pagamento da dívida pública também está comprometido.

O anúncio não é surpresa, já que, ainda no domingo (03), o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, afirmou que Washington e seus aliados estariam analisando novas sanções “todos os dias”.

Após susto inicial, as bolsas internacionais e o Ibovespa moderaram as perdas, ainda digerindo os sinais de que o Federal Reserve está dispota a utilizar todas as suas armas para conter a inflação.

FED ESTÁ CORRENDO ATRÁS

Federal Reserve vai usar uma dose de ataque para combater a inflação galopante nos EUA. A ata da reunião de março divulgada nesta quarta-feira (06) confirmou o que muitos esperavam: nem mesmo a guerra na Ucrânia será capaz de frear o ímpeto do Fed de subir o juros quantas vezes forem necessárias.

O banco central norte-americano vai elevar rapidamente a dose de juros na corrente sanguínea da economia dos EUA, na tentativa de obter um resultado terapêutico mais rápido: o controle dos preços — algo que o Brasil já vem fazendo há algum tempo.

As bolsas em Nova York passaram a renovar mínimas. Confira:

  • Dow Jones: -0,77%
  • S&P 500: -1,33%
  • Nasdaq: -2,43%
Ibovespa em 130 mil pontos? Goldman Sachs conta o que pode impedir o índice de chegar lá — e qual o cenário mais provável

Uma corrida com obstáculos. Assim deve ser o percurso do Ibovespa nos próximos 12 meses caso o principal índice da bolsa brasileira queira cruzar a linha de chegada no patamar de 130 mil pontos, segundo o Goldman Sachs.

Ao invés de cavaletes e fossos com água, o Ibovespa precisará superar um crescimento econômico fraco em 2022 e uma inflação acima da meta de 3,5% — um cenário que, para o banco americano, nem mesmo a enxurrada de dinheiro gringo vai poder mitigar.

Segundo o Goldman Sachs, a continuidade do fluxo estrangeiro pode levar o principal índice da bolsa brasileira aos 131 mil pontos no curto prazo; no entanto, num horizonte mais longo, a instituição crê que o Ibovespa deva ficar nos 118 mil pontos, dados os atuais fundamentos da economia doméstica.

EXPORTADORAS EM ALTA E TECHS EM QUEDA

A apreciação do dólar beneficia o comportamento das empresas exportadoras nesta quarta-feira (06). A alta do minério de ferro puxa o setor de commodities. Confira as maiores altas do dia no Ibovespa:

CÓDIGO NOME VALOR VAR
SUZB3 Suzano ON R$ 55,37 2,22%
RRRP3 3R Petroleum ON R$ 44,25 1,96%
VALE3 Vale ON R$ 96,38 1,34%
KLBN11 Klabin units R$ 23,53 1,20%
B3SA3 B3 ON R$ 16,01 1,14%

Com a pressão extra na taxa de juros, empresas dos setores de tecnologia e consumo passam por mais uma tarde de queda. Confira:

CÓDIGO NOME VALOR VAR
BIDI11 Banco Inter unit R$ 19,04 -8,02%
LWSA3 Locaweb ON R$ 9,07 -7,83%
CVCB3 CVC ON R$ 15,94 -7,75%
CASH3 Meliuz ON R$ 2,46 -6,82%
AMER3 Americanas S.A R$ 29,61 -5,43%
QUEM ESTÁ VENDENDO?

As ações da PetroRio entraram em leilão com venda de um bloco de 20,7 milhões de ações – cerca de 2,34% da composição acionária da companhia. 

O Credit Suisse aparece na ponta compradora, enquanto a Planner Corretora atua como vendedora. O leilão deve ir até às 13h13. Antes da operação, as ações da companhia chegaram a operar em alta de quase 1%. 

 

Enquanto aguarda a divulgação da ata da última reunião do Federal Reserve, que será divulgada nesta tarde, as perspectivas para os juros futuros se elevam em todo o mundo.

No Brasil, as taxas sofrem com uma pressão extra: o possível impacto fiscal das paralisações de servidores federais que buscam reajuste – incluindo o Banco Central, Tesouro Nacional e Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Confira o comportamento dos principais vencimentos negociados hoje:

CÓDIGO NOME  ULT   FEC 
DI1F23 DI jan/23 12,76% 12,72%
DI1F25 DI Jan/25 11,50% 11,32%
DI1F26 DI Jan/26 11,30% 11,12%
DI1F27 DI Jan/27 11,26% 11,07%
Petrobras (PETR4) desgovernada? Saiba quem são os candidatos à presidência da empresa e do conselho

Após o fiasco da indicação de Adriano Pires para a presidência da Petrobras (PETR4) e de Rodolfo Landim para a chefia do conselho de administração da estatal, o governo Bolsonaro corre contra o tempo para encontrar novos nomes para comandar a petroleira.

Por ora, seis nomes aparecem como possíveis candidatos para assumirem a presidência:

  • Márcio Weber, atual conselheiro da Petrobras;
  • Vasco Dias, ex-presidente da Shell Brasil;
  • Caio Mario Paes de Andrade, secretário-especial do ministério da Economia;
  • Márcio Félix, ex-secretário executivo do ministério de Minas e Energia;
  • Cynthia Oliveira e Omar Carneiro da Silva, ex-conselheiros da Petrobras
Mercado está subestimando WEG (WEGE3) e hora de comprar é agora, diz Credit Suisse

Após acumular queda de quase 10% em 12 meses, a ação da WEG (WEGE3) chegou a um ponto atrativo de entrada, disseram analistas do Credit Suisse em relatório publicado nesta quarta-feira (6).

De acordo com o banco suíço, o ponto de entrada se justifica por um fator principal. O preço do papel está 15% abaixo da média dos últimos três anos em uma razão de preço sobre lucro (P/L) de 35,9x projetada um ano para frente. Em outras palavras: WEG está barata.

Vale (VALE3) levanta mais de US$ 1 bilhão com venda de ativos

A Vale (VALE3) vai levantar US$ 1,2 bilhão com a venda de suas minas de ferro e manganês no Mato Grosso do Sul para a J&F Mineração, um dos braços da holding de investimentos da família Batista.

Além das minas, o acordo anunciado hoje pela Vale envolve a transferência de todos os passivos, da estrutura e dos contratos vigentes de trabalho e de logística da mineradora no chamado Sistema Centro-Oeste.

O clima segue tenso no mercado financeiro mundial. Os temores de que a taxa de juros americana suba mais do que o esperado para controlar a inflação e o prolongamento da guerra na Ucrânia geram incerteza e apreensão nesta quarta-feira (06). 

Os investidores estão em compasso de espera pela divulgação da ata da última reunião do Federal Reserve. Depois de declarações duras de dirigentes da instituição ontem, o mercado busca sinais mais claros sobre os próximos passos que devem ser seguidos pelo BC americano. 

Assim, as bolsas americanas começaram o dia ampliando a forte queda vista ontem. O Ibovespa acompanha e também opera no vermelho. Por volta das 10h30, o principal índice da bolsa brasileira recuava 0,61%, aos 118.163 pontos, mesmo com o bom desempenho do setor de mineração e siderurgia. O dólar à vista sobe 0,68%, a R$ 4,6910. 

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa futuro abre próximo da estabilidade e tenta ignorar exterior; dólar vai a R$ 5,07

RESUMO DO DIA: A desaceleração da economia chinesa pesou no sentimento das bolsas nesta segunda-feira (16). Os dados mais fracos dão os primeiros sinais de recessão, o que deve afetar o desempenho das atividades nos demais países. Por aqui, a Petrobras (PETR4) é o foco do dia, com debates envolvendo o preço dos combustíveis e […]

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Oportunidade de swing trade: compra de ações da Wiz (WIZB3) e lucro de 5% no bolso com Bradesco (BBDC4)

Identifiquei uma oportunidade de swing trade – compra dos papéis da Wiz (WIZS3), com entrada em R$ 8,44; veja a análise

O melhor do Seu Dinheiro

O Nubank estará Nu mais uma vez? Confira a história do dia e outras sete notícias que mexem com os seus investimentos

O Nubank virou rei na competição com os bancões, mas a nudez dos balanços amargou o gosto dos investidores pela fintech; veja o que esperar do resultado do primeiro trimestre

Segredos da Bolsa

Esquenta dos mercados: Desaceleração da China gera mal estar e bolsas amanhecem pressionadas; Ibovespa acompanha tensão na Petrobras (PETR4)

No panorama doméstico, os balanços de Magazine Luiza, Nubank e outros movimentam o dia

Fã ou hater?

O Nubank (NUBR33) vai calar a boca dos críticos? Saiba o que esperar dos resultados do 1T22 do banco digital

Nubank é um daqueles papéis que costumam gerar um comportamento binário dos investidores, a exemplo de Oi (OIBR3) e IRB (IRBR3): ou você é fã, ou é hater.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies