Menu
2021-05-31T15:13:37-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Rapidinhas da semana

Felipe Miranda responde sobre criptomoedas, Eletrobras na carteira e a newsletter Day One no Blink!

O CIO e estrategista-chefe da Empiricus também falou sobre techs e sobre sua escolha entre ENEV3, EQTL3 e WEGE3

31 de maio de 2021
15:13

Felipe Miranda dá insights, conta curiosidades e responde dúvidas dos seguidores na nova edição do BLINK! desta sexta-feira, 29/05. Em clima otimista com a alta da Bolsa, o CIO da Empiricus fala sobre criptomoedas, Eletrobras e Coelce e sobre de onde veio o nome da newsletter Day One

Respondendo sobre investimentos em cripto, Felipe opina que as melhores opções são através do fundo da Vitreo ou pelo HASH11. Para ele, comprar criptomoedas por conta própria é a forma mais complicada. 

O estrategista-chefe da Empiricus explicou a inspiração para o nome de sua newsletter Day One: a expressão veio das cartas escritas por Jeff Bezos, fundador da Amazon. A ideia é de que todos os dias são o primeiro dia, ou seja, sempre dá pra realizar mais e inovar - o importante é não se acomodar. 

A nova edição do BLINK! também traz uma breve análise entre as ações da Eletrobras e a Coelce, considerando a relação risco/retorno. 

Felipe revelou ainda qual ação compraria entre ENEV3, EQTL3 e WEGE3 e qual sua opinião sobre o posicionamento em techs, com o cenário inflacionário nos Estados Unidos. 

Para saber as respostas completas do CIO da Empiricus, é só dar play no vídeo abaixo:

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Pedido ao presidente

Instituto Aço Brasil pede a Bolsonaro para não reduzir tarifa de importação

Na visão do presidente executivo da entidade, Marco Polo de Mello Lopes, não há cenário de excepcionalidade que justifique tal medida

Insights Assimétricos

Preparado para a Super Quarta? O que você precisa saber antes das decisões do Fed e do Copom sobre juros

Um ajuste dos juros, mantendo-os ainda abaixo do neutro (entre 5,5% e 6,5%), seria salutar. Uma alta para além disso, contudo, poderá comprometer a retomada brasileira

Caçadores de tendências

Itaú Asset lança mais 3 ETFs com foco em inovação nas áreas de saúde, tecnologia e consumo dos millennials

Gestora do Itaú agora aposta em índices de empresas globais ligadas a tendências de consumo que estão mudando a sociedade

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

As ações das novas petroleiras valem a pena?

Nos recentes movimentos de rotação de carteiras nos mercados, temos nos deparado com a dicotomia Velha Economia (empresas de segmentos tradicionais) e Nova Economia (empresas ligadas à tecnologia e novas formas de consumo). Dentro do que se convencionou chamar de Velha Economia, temos visto o destaque das empresas de commodities, justamente o forte do Brasil. […]

Problemas no paraíso

Cesp, Engie, AES Brasil e mais: seca reduz brilho de ações do setor de geração hídrica

Com menos água, as empresas geram menos em hidrelétricas, mas não ficam livres de cumprir os contratos de fornecimento de energia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies