Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-11-22T13:21:51-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Entenda o DeFi

DeFi: Entenda o que é esse segmento de criptomoedas e seu potencial

Analista de criptoativos pontua que com a descentralização financeira, flexibilidade e rapidez nas transações das criptomoedas podem gerar mais ganhos

22 de novembro de 2021
13:21

Criptoativos já se tornaram sinônimo de flexibilidade e acessibilidade no mundo dos investimentos. Com o uso de uma rede de computadores, o funcionamento do nicho de criptomoedas é descentralizado e pode ser acessado de qualquer parte do mundo. 

A tecnologia para isso? A famosa rede blockchain, ou em tradução livre: sequência de blocos de informação, nos quais os registros e a validação de transações em criptomoedas são gravados para maior segurança de seus proprietários.

O potencial revolucionário desse modelo de operação reside no conceito de finanças descentralizadas, ou simplesmente DeFi, criado em 2009. 

Nesse tipo de negócio, não há a necessidade de um intermediário financeiro, a exemplo dos bancos e corretoras — entidades burocráticas e onerosas — já que o usuário conta com a facilidade em alocar as suas criptomoedas e com menores taxas, em comparação com as operações financeiras realizadas em uma agência bancária.

Neste vídeo, Valter Rebêlo, analista de criptos da Empiricus, explica que a superioridade do DeFi reside na capacidade de trocar ativos, usando alguns protocolos Swap, como o Uniswap, Pancakeswap e Sushiswap.

Mas de que maneira os protocolos podem ajudar?

Os protocolos de Swap, pontua Rebêlo, possibilitam as trocas através das Liquidity Pools (piscinas de liquidez), que são contratos trancados em fundos inteligentes.

O motivo disso? Não havendo contraparte para igualar a negociação dos ativos digitais, a exemplo do Ethereum pela criptomoeda Dai, a negociação pode ser feita com base na liquidez do pool em DeFi. E é aí que entram os protocolos, já que eles estabelecem a recompensa aos usuários em tokens, com base nos depósitos dos usuários.

Mas fique tranquilo, pois sabemos que o assunto é complexo para ser zerado em alguns parágrafos. Por isso, no vídeo, além de contar com uma introdução ao modelo DeFi, Rebêlo vai lhe indicar as maneiras de entrar e entender mais do mundo das criptomoedas.

Adiantamos que as carteiras mencionadas pelo analista são as oportunidades perfeitas que você tanto esperava. Com elas, além da análise dos possíveis riscos e recompensas, você também contará com publicações e acesso ao plantão de dúvidas.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

A BOLSA HOJE

Esquenta dos mercados: Mercado deve reagir ao tom ‘agressivo’ do Copom com aumento da Selic e esperar por dados de inflação na sexta-feira

A PEC dos precatórios deve ficar em segundo plano, enquanto os investidores ajustam suas posições para uma alta mais intensa dos juros

DINHEIRO NA CONTA

Dividendos: Vibra (VBBR3) distribui R$ 148,5 milhões em JCP

Valor refere-se à segunda parcela de pagamento aos acionistas anunciado quando a Vibra ainda atendia como BR Distribuidora

Rumo aos dois dígitos

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 9,25%

Aumento da taxa básica dispara gatilho de mudança na forma de remuneração da poupança. Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

BC aumenta a Selic, Nubank conclui IPO e mercado reage bem à PEC dos precatórios; veja o que marcou esta quarta-feira

Conforme esperado pelos economistas após dados recentes mais fracos da atividade econômica brasileira, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu elevar a taxa básica de juros em 1,5 ponto percentual, a 9,25% ao ano, em sua última reunião do ano. Se em muitos momentos ao longo de 2021 o mercado acionário reagiu ao […]

2022 MAIS GORDO

Dividendos e JCP: Copel (CPLE6) engrossa a lista de pagamentos milionários aos acionistas; não fique fora dessa

Data da remuneração ainda não foi definida pela empresa, mas valerá para aqueles com posição até 30 de dezembro deste ano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies