Menu
2021-06-03T09:13:43-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Segurança digital

Após ataque hacker, JBS diz que operações nos EUA serão totalmente retomadas hoje

Após um ataque hacker afetar suas unidades internacionais, a JBS diz que as operações nos EUA estão prontas para voltar ao normal

3 de junho de 2021
9:11 - atualizado às 9:13
Logo da JBS na parte externa de um prédio
Logo da JBS na parte externa de um prédio - Imagem: Divulgação

As operações de todas as unidades da JBS nos Estados Unidos serão normalizadas ainda hoje, de acordo com comunicado enviado pela companhia à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

"A JBS USA e a Pilgrim's continuam a fazer progressos significativos na restauração de nossos sistemas de tecnologia da informação e no retorno dos negócios ao normal”, diz André Nogueira, CEO da JBS USA.

A empresa foi alvo de um ataque hacker no fim de semana que afetou as operações das unidades na América do Norte e na Austrália, forçando paralisações totais ou parciais nos últimos dias. Segundo a JBS, não há evidência de que dados de clientes, fornecedores ou funcionários tenham sido comprometidos.

Embora a origem do ataque não tenha sido confirmada oficialmente, a JBS suspeita que hackers russos estejam envolvidos no incidente.

Biden e Putin

A Casa Branca informou ontem que o ataque cibernético à JBS será um dos assuntos que o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, discutirá com o mandatário da Rússia, Vladimir Putin, em um encontro presencial neste mês.

"O presidente Biden certamente pensa que o presidente Putin e o governo russo têm um papel a desempenhar para prevenir esses ataques", declarou a porta-voz Jen Psaki durante uma coletiva de imprensa.

Segundo a assessora, o ataque à JBS é um "lembrete" de que as empresas privadas precisam aumentar a segurança cibernética. "Não estamos retirando nada da mesa em termos de como podemos responder a isso", acrescentou Psaki.

A vice-secretária de imprensa da Casa Branca, Karine Jean-Pierre, informou que a empresa está recebendo assistência do governo americano. Em conversa com repórteres, a porta-voz explicou que a companhia foi alvo de uma ofensiva ransomware, em que os criminosos bloqueiam acesso ao sistema infectado e cobram uma espécie de resgate para a liberação.

Biden e Putin se reunirão presencialmente em 16 de junho. O encontro ocorrerá em Genebra, na Suíça.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Insights Assimétricos

Preparado para a Super Quarta? O que você precisa saber antes das decisões do Fed e do Copom sobre juros

Um ajuste dos juros, mantendo-os ainda abaixo do neutro (entre 5,5% e 6,5%), seria salutar. Uma alta para além disso, contudo, poderá comprometer a retomada brasileira

Caçadores de tendências

Itaú Asset lança mais 3 ETFs com foco em inovação nas áreas de saúde, tecnologia e consumo dos millennials

Gestora do Itaú agora aposta em índices de empresas globais ligadas a tendências de consumo que estão mudando a sociedade

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

As ações das novas petroleiras valem a pena?

Nos recentes movimentos de rotação de carteiras nos mercados, temos nos deparado com a dicotomia Velha Economia (empresas de segmentos tradicionais) e Nova Economia (empresas ligadas à tecnologia e novas formas de consumo). Dentro do que se convencionou chamar de Velha Economia, temos visto o destaque das empresas de commodities, justamente o forte do Brasil. […]

Problemas no paraíso

Cesp, Engie, AES Brasil e mais: seca reduz brilho de ações do setor de geração hídrica

Com menos água, as empresas geram menos em hidrelétricas, mas não ficam livres de cumprir os contratos de fornecimento de energia

Jabuti do bem?

MP da Eletrobras: contratação de térmicas a gás pode diminuir conta de luz, diz estudo da Abegás

A medida vem sendo criticada pela maioria das elétricas, que alegam que ela vai na contramão da modernização e competitividade do setor

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies