Menu
2020-05-04T16:07:08-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Jornalista formado pela Universidade de Federal do Paraná (UFPR). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros veículos.
coronavírus

Não sabemos o que acontece exatamente quando você fecha a sociedade, diz Warren Buffett

Em encontro anual da Berkshire Hathaway, mega-investidor reconheceu que os efeitos da pandemia ainda são incertos, mas disse acreditar na capacidade dos EUA

2 de maio de 2020
19:05 - atualizado às 16:07
buffett
Imagem: Reprodução Yahoo!

O bilionário Warren Buffett reconheceu que os efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre a economia ainda são incertos. O lendário investidor promove neste sábado o encontro anual da Berkshire Hathaway, companhia administrada pelo norte-americano, com transmissão ao vivo - e sem plateia.

"Não sabemos o que exatamente acontece quando você fecha uma parte substancial da sociedade", disse o executivo conhecido como 'Oráculo de Omaha' e com uma fortuna avaliada em US$ 72 bilhões, segundo a Forbes.

Buffett disse acreditar na capacidade dos EUA de superar crises. O bilionário lembrou que, em 2008, a economia saiu dos trilhos. "Desta vez, apenas tiramos o trem dos trilhos e o colocamos de lado", afirmou o bilionário. "Eu realmente não conheço nenhum paralelo”.

“Mesmo diante disso, gostaria de conversar com você sobre o futuro econômico do país, sobre como permaneço convencido - como durante a Segunda Guerra Mundial, a crise dos mísseis cubanos, e o 11 de setembro - de que nada pode parar os EUA”, disse Buffett.

Segundo o bilionário, para cada dólar investido na década de 1950, o mercado de ações produziu US$ 100. "Você não precisou ler o Wall Street Journal ou analisar o preço de suas ações", disse. "Tudo que você precisou fazer foi acreditar nos EUA".

Buffett se referiu ao período de 1929, quando teve início a pior recessão do sistema capitalista, como uma época em que muitas pessoas "perderam a fé".

Vendas e aquisições

O lendário investidor disse que não fez uma grande aquisição nos últimos quatro anos porque não encontrou nada atrativo. "Estamos dispostos a fazer algo muito grande. Você poderia me procurar na segunda-feira com negócio que envolvesse US$ 30 bilhões e, se nós gostássemos, nós compraríamos", disse.

A Berkshire Hathaway divulgou balanço trimestral neste sábado e revelou uma posição de caixa de cerca de US$ 137,3 bilhões — um aumento de cerca de US$ 10 bilhões em relação ao fim de 2019. No período, a empresa vendeu todas as ações das grandes companhias aéreas nos Estados Unidos.

O conglomerado reportou ainda um prejuízo de US$ 49,7 bilhões entre janeiro e março de 2020. No mesmo período do ano anterior, a companhia havia informado um lucro de US$ 21,6 bilhões. O resultado equivale a uma perda de US$ 30,6 mil por ação classe A (BRK-A) e de US$ 20,44 por papel classe B (BRK-B).

O valor da carteira de ações da Berkshire Hathaway, que era de mais de US$ 248 bilhões ao fim de 2019, agora é avaliado em cerca de US$ 181 bilhões — uma baixa de 27% nos primeiros três meses deste ano.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Balanço da covid no país

Brasil supera Itália em número de mortes por coronavírus e chega a 33.884

O Brasil registrou 33.884 mortes provocadas pelo coronavírus até agora. Há 612.862 casos confirmados da doença em todo o país

coronavírus na energia

Copasa prorroga pagamento de contas devido à pandemia

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) informou que prorrogou os prazos das medidas de auxílio aos clientes, a fim de minimizar os impactos à população devido à pandemia do novo coronavírus

seu dinheiro na sua noite

Licença para gastar

Na crise financeira de 2008, as autoridades dos países desenvolvidos se encontraram diante de um dilema: era certo usar dinheiro público para salvar os bancos que estavam à beira da falência? Se por um lado eles foram os grandes culpados pelo próprio destino, por outro os efeitos colaterais de uma quebradeira no sistema financeiro afetariam […]

Recorde histórico

Em meio à pandemia, poupança tem captação líquida recorde de R$ 37,201 bilhões em maio

Este é o maior volume de depósitos líquidos em um único mês em toda a série histórica do BC, iniciada em janeiro de 1995

Bolsa imparável

Ibovespa sobe pelo quinto dia, desafiando até mesmo o tom mais cauteloso no exterior

O Ibovespa contrariou a tendência global e fechou em alta, aproximando-se do patamar dos 94 mil pontos. O tom mais cauteloso visto lá fora só foi sentido no mercado de câmbio, com o dólar à vista subindo e voltando a R$ 5,13

MP 936

Maia avalia que desoneração de folha evita mais desemprego na crise

Para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a prorrogação da desoneração da folha de pagamento até o fim de 2021, como proposto no texto da medida provisória 936 aprovada pela Câmara, vai evitar um impacto de R$ 10 bilhões nos custos de mão de obra de 17 setores

Efeito covid

Busca por passagem aérea no Brasil atinge mínima histórica no Google

Diante de pandemia que deixou aéreas sem operação e impôs isolamento, as buscas por passagem aérea no Brasil atingiram o menor nível histórico no Google

Marink Martins: In GOLD we trust

Marink Martins vai apresentar o que se passa na mente dos principais investidores internacionais, condensando a avaliação de quem já esteve a frente da tesouraria de grandes bancos nos EUA e no Brasil.     Sem opções rentáveis na renda fixa, todos querem alternativas seguras. Agora, Marink Martins compartilha exclusivamente com você qual poderá ser a […]

Bruno Bianco

Meta é incluir informais no mercado formal no pós-pandemia, diz secretário

O secretário especial de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco, afirmou que o governo federal estuda como incluir no mercado formal a população de trabalhadores informais que precisou recorrer ao governo federal para receber o auxílio emergencial de R$ 600

Pré-sal

Com vinda de navios-tanque, Petrobras eleva capacidade de escoamento do pré-sal

A Petrobras recebe na próxima semana a primeira de quatro embarcações previstas para este ano para escoar a produção das plataformas do pré-sal

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements