Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-02-25T20:19:40-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
atuação do bc

Banco Central vai regular cobrança na portabilidade de crédito

Informação foi publicada pelo jornal Valor Econômico; medida deve facilitar a portabilidade do crédito

18 de fevereiro de 2020
8:09 - atualizado às 20:19
cadastro positivo crédito cartão
Imagem: Shutterstock

O Banco Central vai regulamentar a cobrança feita pelos bancos quando um cliente solicita a transferência de seu crédito para outra instituição, segundo o jornal Valor Econômico.

A decisão do BC deve facilitar a portabilidade do crédito. Hoje, a instituição que recebe o crédito paga à que cedeu uma taxa de Ressarcimento de Custo Operacional (RCO). Existe uma tabela fixa criada pelos grandes bancos, mas que estabelece um valor maior de instituições de pequeno porte, diz a publicação.

Ou seja, o RCO traria dificuldade à portabilidade de crédito — inicialmente criada para estimular a concorrência entre empresas do setor bancário.

A reportagem ainda diz que nova regra do BC permitirá a cobrança de taxas nas operações de portabilidade, mas os participantes serão obrigados a duas determinações. O banco que ceder o crédito terá de explicar o valor cobrado e a instituição que receber o crédito não poderá repassar o custo ao devedor.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Podcast Mesa Pra Quatro

De corretor de investimentos a árbitro e comentarista de futebol: conheça a trajetória de Arnaldo Cézar Coelho

O ex-árbitro e ex-comentarista de futebol é o convidado do podcast Mesa Pra Quatro. Ele conta como sua mãe influenciou a investir em imóveis e fala sobre a sua trajetória no mercado financeiro, um lado que poucos conhecem – confira agora

nome limpo na praça

Boa Vista (BOAS3): Itaú BBA inicia cobertura com ‘compra’ e potencial de alta de 27%

Preço-alvo para 2022 foi estabelecido em R$ 15,50, apoiado na tese de crescimento da companhia e do mercado de serviço de informações de crédito

de olho na inovação

Bitcoin é ineficiente como moeda e bom apenas para especulação, diz ‘Papa’ do valuation

Damodaran disse que a importância que tem sido dada ao bitcoin é desproporcional em relação ao seu papel na economia e minimizou a adoção da criptomoeda por El Salvador

entrevista

Para economista-chefe do Santander Brasil, flexibilização do teto de gastos já é uma realidade

É preciso entender a dinâmica do momento para não entrar em escaladas “otimistas” ou “pessimistas”, diz Ana Paula Vescovi

pós-fusão

Ações da Hering (HGTX3) deixam de ser negociadas na B3 a partir desta segunda (20)

Transferência de papéis faz parte do acordo de fusão entre as companhias; Soma comprou a Hering em abril

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies