Menu
2020-05-14T07:27:23-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Resultados no radar

GPA, SulAmérica, Ultrapar e Via Varejo: os balanços que mexem com o mercado nesta quinta

Resultados financeiros do primeiro trimestre vão embalar humor do mercado em meio à pandemia e ao estresse político

13 de maio de 2020
20:57 - atualizado às 7:27
Fachada da loja Casas Bahia, rede pertencente à Via Varejo
Casas Bahia é uma das redes de lojas operadas pela Via Varejo - Imagem: Shutterstock

A temporada de balanços continua a movimentar o mundo corporativo. Nesta quinta-feira (14), o Ibovespa deve operar de olho nos resultados do primeiro trimestre de empresas como Pão de Açúcar, SulAmérica, Ultrapar e Via Varejo.

O principal índice acionário da bolsa brasileira teve leve oscilação nesta quarta, em queda de 0,13%, aos 77.772,20 pontos. O dólar à vista subiu 0,55% e fechou a sessão aos R$ 5,90, em meio à preocupação dos investidores com o coronavírus e às tensões políticas.

Confira os principais números das empresas no primeiro trimestre:

Grupo Pão de Açúcar

O Grupo Pão de Açúcar teve um prejuízo líquido de R$ 130 milhões no trimestre inicial de 2020. O resultado se devepela maior depreciação com a consolidação do Grupo Éxito e maior custo da dívida. Sem impacto de outras receitas e despesas, o lucro líquido ajustado seria de R$ 65 milhões no 1T20. De outro lado, receita líquida e Ebitda subiram.

  • Prejuízo líquido: R$ 130 milhões
  • Receita líquida:  R$ 19,7 bilhões (↑54,9%)
  • Ebitda ajustado: R$ 918 milhões (↑13,3%)

SulAmérica

A SulAmérica reportou lucro líquido de R$ 79,8 milhões no primeiro trimestre de 2020, o que representa queda de 64,3% ante o primeiro trimestre de 2019. Os segmentos saúde e odontológico registraram alta de 6,2% nas receitas operacionais, somando R$ 4,534 bilhões, enquanto os seguros automotivos recuaram 17,6% e chegaram a R$ 658,3 milhões.

  • Lucro líquido:  R$ 79,8 milhões (↓64,3%)
  • Receita operacional: R$ 5,623 bilhões (↑7,2%)

Ultrapar

A Ultrapar reportou um lucro líquido de R$ 169 milhões, em queda de 30% se comparado ao mesmo trimestre de 2019. Esse lucro é de R$ 71 milhões, se excluído o efeito não recorrente dos créditos tributários indicados pela empresa. O Ebitda ajustado teve alta de dois dígitos.

  • Lucro líquido: R$ 169 milhões (↓30%)
  • Receita líquida:  R$ 21,4 bilhões (↑3%)
  • Ebitda ajustado: R$ 880 milhões (↑12%)

Via Varejo

A Via Varejo reportou lucro líquido de R$ 13 milhões no primeiro trimestre de 2020, revertendo um prejuízo de R$ 50 milhões no mesmo período de 2019. Sem considerar os impactos gerados pela pandemia do novo coronavírus (covid-19), estimados em R$ 87 milhões, o lucro líquido da empresa no período somaria R$ 100 milhões.

  • Lucro líquido:  R$ 13 milhões (ante prejuízo de R$ 50 milhões)
  • Receita líquida: R$ 6,339 bilhões
  • Ebitda ajustado:  R$ 621 milhões (↑21,8%)

*Com informações de Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Incentivo

Primeiro ciclo do sandbox regulatório está previsto para 2021, diz BC

A instituição divulgou nesta segunda a regulamentação do sandbox e, a partir de agora, prepara-se para estabelecer as normas para o primeiro ciclo do projeto.

Quem vai levar?

OCDE defende que leilão do 5G no Brasil garanta mercado competitivo

Governo Bolsonaro vem sofrendo pressão por parte dos Estados Unidos para vetar a participação da empresa chinesa Huawei do leilão de 5G.

Tesouro Nacional

Ajuste fiscal passa por reformas que aumentam produtividade, diz Bruno Funchal

O secretário participou na manhã desta segunda-feira do 10º Congresso Internacional de Contabilidade, Custos e Qualidade do Gasto no Setor Público.

Melhor para o bolso

Aneel aprova queda de 6,4% em revisão tarifária extraordinária da Roraima Energia

Novas tarifas vigoram a partir de 1º de novembro. A empresa atende a 175 mil unidades consumidoras no Estado

apesar da crise...

Mercado de startups do Brasil caminha para ter melhor ano da história em 2020

O número de aportes realizados em novatas também já tem recorde histórico de 322 cheques, superando o melhor ano do setor com folga – em 2017, foram 263 investimentos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies