Menu
2020-05-14T07:27:23-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Resultados no radar

GPA, SulAmérica, Ultrapar e Via Varejo: os balanços que mexem com o mercado nesta quinta

Resultados financeiros do primeiro trimestre vão embalar humor do mercado em meio à pandemia e ao estresse político

13 de maio de 2020
20:57 - atualizado às 7:27
Fachada da loja Casas Bahia, rede pertencente à Via Varejo
Casas Bahia é uma das redes de lojas operadas pela Via Varejo - Imagem: Shutterstock

A temporada de balanços continua a movimentar o mundo corporativo. Nesta quinta-feira (14), o Ibovespa deve operar de olho nos resultados do primeiro trimestre de empresas como Pão de Açúcar, SulAmérica, Ultrapar e Via Varejo.

O principal índice acionário da bolsa brasileira teve leve oscilação nesta quarta, em queda de 0,13%, aos 77.772,20 pontos. O dólar à vista subiu 0,55% e fechou a sessão aos R$ 5,90, em meio à preocupação dos investidores com o coronavírus e às tensões políticas.

Confira os principais números das empresas no primeiro trimestre:

Grupo Pão de Açúcar

O Grupo Pão de Açúcar teve um prejuízo líquido de R$ 130 milhões no trimestre inicial de 2020. O resultado se devepela maior depreciação com a consolidação do Grupo Éxito e maior custo da dívida. Sem impacto de outras receitas e despesas, o lucro líquido ajustado seria de R$ 65 milhões no 1T20. De outro lado, receita líquida e Ebitda subiram.

  • Prejuízo líquido: R$ 130 milhões
  • Receita líquida:  R$ 19,7 bilhões (↑54,9%)
  • Ebitda ajustado: R$ 918 milhões (↑13,3%)

SulAmérica

A SulAmérica reportou lucro líquido de R$ 79,8 milhões no primeiro trimestre de 2020, o que representa queda de 64,3% ante o primeiro trimestre de 2019. Os segmentos saúde e odontológico registraram alta de 6,2% nas receitas operacionais, somando R$ 4,534 bilhões, enquanto os seguros automotivos recuaram 17,6% e chegaram a R$ 658,3 milhões.

  • Lucro líquido:  R$ 79,8 milhões (↓64,3%)
  • Receita operacional: R$ 5,623 bilhões (↑7,2%)

Ultrapar

A Ultrapar reportou um lucro líquido de R$ 169 milhões, em queda de 30% se comparado ao mesmo trimestre de 2019. Esse lucro é de R$ 71 milhões, se excluído o efeito não recorrente dos créditos tributários indicados pela empresa. O Ebitda ajustado teve alta de dois dígitos.

  • Lucro líquido: R$ 169 milhões (↓30%)
  • Receita líquida:  R$ 21,4 bilhões (↑3%)
  • Ebitda ajustado: R$ 880 milhões (↑12%)

Via Varejo

A Via Varejo reportou lucro líquido de R$ 13 milhões no primeiro trimestre de 2020, revertendo um prejuízo de R$ 50 milhões no mesmo período de 2019. Sem considerar os impactos gerados pela pandemia do novo coronavírus (covid-19), estimados em R$ 87 milhões, o lucro líquido da empresa no período somaria R$ 100 milhões.

  • Lucro líquido:  R$ 13 milhões (ante prejuízo de R$ 50 milhões)
  • Receita líquida: R$ 6,339 bilhões
  • Ebitda ajustado:  R$ 621 milhões (↑21,8%)

*Com informações de Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Tombo grande

Elon Musk perde US$ 27 bilhões em uma semana após tombo da Tesla

Mesmo com o tompo gigantesco, Musk segue como segundo homem mais rico do mundo, atrás apenas de Jeff Bezos, o fundador da Amazon

Expansão

3R Petroleum fecha parceria com DBO para aquisições de campos offshore

Com a parceria, a DBO se tornará acionista minoritária da OP, que seguirá sob controle da 3R

Boletim médico

Covid-19: mortes ultrapassam 264 mil e casos chegam a quase 11 milhões

Os dados estão na atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada na noite deste sábado (6)

ESTRADA DO FUTURO

A mentira envolvendo o Clubhouse e o Tinder que rendeu 400% de valorização

Os mercados estão longe de serem perfeitos, e hoje vou te contar uma história real que envolve duas das empresas mais quentes no setor de mídias sociais: o “Clubhouse” e o “Tinder”.

reta final de negociações

Senado americano aprova “pacote Biden” de US$ 1,9 trilhão

Agora, o pacote voltará para a Câmara dos Representantes, que analisará as alterações feitas no texto pelos senadores. Se for aprovado, o projeto será enviado à Casa Branca para a sanção do presidente

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies