Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-05-14T07:27:23-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Resultados no radar

GPA, SulAmérica, Ultrapar e Via Varejo: os balanços que mexem com o mercado nesta quinta

Resultados financeiros do primeiro trimestre vão embalar humor do mercado em meio à pandemia e ao estresse político

13 de maio de 2020
20:57 - atualizado às 7:27
Fachada da loja Casas Bahia, rede pertencente à Via Varejo
Casas Bahia é uma das redes de lojas operadas pela Via Varejo - Imagem: Shutterstock

A temporada de balanços continua a movimentar o mundo corporativo. Nesta quinta-feira (14), o Ibovespa deve operar de olho nos resultados do primeiro trimestre de empresas como Pão de Açúcar, SulAmérica, Ultrapar e Via Varejo.

O principal índice acionário da bolsa brasileira teve leve oscilação nesta quarta, em queda de 0,13%, aos 77.772,20 pontos. O dólar à vista subiu 0,55% e fechou a sessão aos R$ 5,90, em meio à preocupação dos investidores com o coronavírus e às tensões políticas.

Confira os principais números das empresas no primeiro trimestre:

Grupo Pão de Açúcar

O Grupo Pão de Açúcar teve um prejuízo líquido de R$ 130 milhões no trimestre inicial de 2020. O resultado se devepela maior depreciação com a consolidação do Grupo Éxito e maior custo da dívida. Sem impacto de outras receitas e despesas, o lucro líquido ajustado seria de R$ 65 milhões no 1T20. De outro lado, receita líquida e Ebitda subiram.

  • Prejuízo líquido: R$ 130 milhões
  • Receita líquida:  R$ 19,7 bilhões (↑54,9%)
  • Ebitda ajustado: R$ 918 milhões (↑13,3%)

SulAmérica

A SulAmérica reportou lucro líquido de R$ 79,8 milhões no primeiro trimestre de 2020, o que representa queda de 64,3% ante o primeiro trimestre de 2019. Os segmentos saúde e odontológico registraram alta de 6,2% nas receitas operacionais, somando R$ 4,534 bilhões, enquanto os seguros automotivos recuaram 17,6% e chegaram a R$ 658,3 milhões.

  • Lucro líquido:  R$ 79,8 milhões (↓64,3%)
  • Receita operacional: R$ 5,623 bilhões (↑7,2%)

Ultrapar

A Ultrapar reportou um lucro líquido de R$ 169 milhões, em queda de 30% se comparado ao mesmo trimestre de 2019. Esse lucro é de R$ 71 milhões, se excluído o efeito não recorrente dos créditos tributários indicados pela empresa. O Ebitda ajustado teve alta de dois dígitos.

  • Lucro líquido: R$ 169 milhões (↓30%)
  • Receita líquida:  R$ 21,4 bilhões (↑3%)
  • Ebitda ajustado: R$ 880 milhões (↑12%)

Via Varejo

A Via Varejo reportou lucro líquido de R$ 13 milhões no primeiro trimestre de 2020, revertendo um prejuízo de R$ 50 milhões no mesmo período de 2019. Sem considerar os impactos gerados pela pandemia do novo coronavírus (covid-19), estimados em R$ 87 milhões, o lucro líquido da empresa no período somaria R$ 100 milhões.

  • Lucro líquido:  R$ 13 milhões (ante prejuízo de R$ 50 milhões)
  • Receita líquida: R$ 6,339 bilhões
  • Ebitda ajustado:  R$ 621 milhões (↑21,8%)

*Com informações de Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Aprovação do vice

Reforma Tributária: vice-presidente defende cobrança de impostos sobre dividendos

Para Hamilton Mourão a tributação sobre lucros e dividendos tornaria o sistema tributário brasileiro mais justo

Esquenta dos Mercados

Pré-mercado: ajuste pós-Copom e balanço da Petrobras devem movimentar a bolsa hoje

E mais: a temporada de balanços não dá trégua, com os ruídos de Brasília destoando do coro do Ibovespa

Olho na safra

Balanços que vão movimentar o mercado: Veja os números de BB, Braskem e Totvs

Resultados divulgados na noite de ontem se juntam aos da Petrobras no radar dos investidores, que devem ficar atentos à reação das ações

Palavra do CEO

Eduardo Ragasol, da Neogrid: Como o sucesso do cliente pode ajudar no desenvolvimento do seu negócio

Conhecimento é poder. Entenda a fundo seu cliente. Utilize toda a tecnologia e informações que estão à disposição. Alinhe expectativas. E meça o desempenho dos envolvidos

Se cuida, bitcoin!

Atualização EIP-1559: Ethereum (ETH) sobe mais de 5% com o ‘London Fork’; saiba o que muda para criptomoeda

Batizada de “hard fork London”, a Proposta de Melhoria do Ethereum 1559 (EIP-1559) deve reduzir taxas e tornar a moeda deflacionária

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies