Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-10-09T16:56:58-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Alô BC!

Guedes: Inflação baixa mostra que o Brasil tem condições de baixar juro

Ministro da Economia, Paulo Guedes, também falou que governo quer se concentrar no pacto federativo após aprovar reforma da Previdência

9 de outubro de 2019
16:56
Ministro Paulo Guedes
Ministro da Economia, Paulo Guedes - Imagem: Isac Nóbrega/PR

Ao comentar o resultado do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de setembro, que teve as menores leituras em 20 anos, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que: “a inflação baixa mostra que o Brasil tem condições de baixar juros”.

“O que está acontecendo é que a economia está começando a crescer com inflação baixa”, afirmou.

No mercado, a surpresa inflacionária estimula as apostas de que o Banco Central (BC) pode alongar o ciclo de cortes, levando a Selic, que está atualmente em 5,5% para algo mais próximo dos 4% que os 4,75%, atual mediana do mercado captada pelo Focus.

Depois da Previdência

Segundo o ministro, o governo federal pretende se concentrar na discussão do pacto federativo, do qual a reforma administrativa faria parte, após a aprovação da reforma da Previdência no Senado.

Os senadores dizem ter fechado acordo para fazer a votação em segundo turno no dia 22 de outubro. As negociações envolveram a distribuição de recursos do leilão de petróleo entre Estados e municípios.

"Estamos na expectativa de o Senado aprovar a reforma da Previdência, parece que está andando tudo direitinho e, assim que fechar isso, entramos na próxima fase, que é o pacto federativo. A reforma administrativa é um capítulo desse plano maior que é o pacto federativo", disse o ministro a jornalistas, depois de ter participado de visita institucional ao jornal "Folha de S.Paulo".

O ministro foi questionado sobre se a agenda econômica poderia ser atrapalhada pela recente crise do presidente Jair Bolsonaro com o seu partido, o PSL, mas evitou responder. "Eu não entendo nada de política, troca de partido, essas coisas, não entendo nada", limitou-se a dizer.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Ele está de volta?

Setores fazem pressão por volta do horário de verão

Criado com a finalidade de aproveitar o maior período de luz solar durante a época mais quente do ano, o horário de verão foi instituído no Brasil em 1931 pelo então presidente Getúlio Vargas e adotado em caráter permanente a partir de 2008.

MANOBRAS

Juiz põe no banco dos réus ex-gestores do banco Máxima por gestão fraudulenta

O Banco Máxima S.A. informa que seus atuais acionistas assumiram a administração do banco em 2018, após aprovação pelo Banco Central, e que os integrantes da antiga gestão não têm mais qualquer relação com a instituição financeira

Foguete? Tô fora!

Warren Buffet: o bilionário que não quer conhecer as estrelas

Enquanto Bezos, Musk e Branson protagonizam a nova corrida especial, o Oráculo de Omaha prefere apenas observar

O melhor do Seu Dinheiro

O seu momento Sherlock Holmes

Na adolescência, ouvia que quem buscasse por romance policial brasileiro deveria ler algo do Rubem Fonseca. Era uma vontade minha achar uma história desse gênero que fosse mais próxima da minha realidade — e o filtro nacionalidade me pareceu o mais adequado.  A ideia surgiu depois de ter conhecido parte das histórias criadas por Agatha […]

Mesa Quadrada

Comentarista da ESPN Paulo Antunes fala da sua paixão por futebol americano e experiência no mercado financeiro

Ele conta sobre suas aventuras na cobertura de futebol americano e basquete e ainda revela seus investimentos na Bolsa em novo episódio do podcast Mesa Quadrada

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies