O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-01-31T17:13:13-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
mercados hoje

Dólar acelera queda acompanhando o exterior e vai a R$ 5,30, enquanto bolsa se firma em alta na segunda metade do pregão

Ainda esta semana ocorre a divulgação da taxa básica de juros, a Selic, aqui no Brasil, o que injeta ainda mais cautela dos investidores

31 de janeiro de 2022
10:21 - atualizado às 17:13
Imagem com conjunto de notas de dólar americano
Confira o que movimenta a bolsa e o dólar hoje (31). Imagem: Shutterstock

Como em um piscar de olhos, o primeiro mês do ano já começa a ficar no passado. Com fevereiro virando a esquina, o último pregão de janeiro é de retrospectiva e ajuste de carteiras, aumentando a volatilidade dos negócios. Depois de um 2022 sangrento, os últimos dias foram de recuperação e encaminham o índice para um fechamento mensal no azul. 

Mesmo com uma agenda doméstica relevante, com os dados do mercado de trabalho formal (Caged) de dezembro nesta segunda-feira e a decisão de política monetária do Banco Central na próxima quarta-feira, os olhos dos investidores estão voltados para o exterior e os balanços corporativos que devem ser divulgados nos próximos dias. Nesta tarde, dois dirigentes do Federal Reserve farão pronunciamentos, aumentando a expectativa do mercado para mais informações sobre o aperto monetário da instituição. 

Os índices futuros americanos apontavam para uma abertura no vermelho, o que trouxe instabilidade ao Ibovespa na primeira etapa do pregão. Mas dados econômicos melhores do que o esperado reverteram o quadro. O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês), um importante indicador de atividade, subiu de 64,3 em dezembro para 65,2 em janeiro, acima das projeções dos analistas do The Wall Street Journal.

As bolsas americanas passaram para o campo positivo, mas o Ibovespa passou a operar em queda, acompanhando o avanço do retorno dos títulos do Tesouro americano. Com uma atividade forte, o temor é de um aperto monetário ainda mais rápido.

Em um dia instável, o Ibovespa operava em alta de 0,36%, aos 112.315 pontos, por volta das 17h. O dólar à vista, no entanto, aprofundou a queda com o movimento visto no exterior e fechou o dia em queda de 1,56%, a R$ 5,3059. O movimento da moeda americana tem grande relação com a entrada de fluxo estrangeiro no país. Só em janeiro, quase US$ 30 bilhões em investimentos foram contabilizados.

O mercado de juros amanheceu pressionado, de olho na decisão do Copom da próxima quarta-feira, mas os dados positivos do Caged em 2021 e o superávit primário do setor público reduziram o ímpeto de alta, com os principais vencimentos se aproximando da estabilidade. 

CÓDIGONOMEULT FEC 
DI1F23DI jan/2312,27%12,25%
DI1F25DI Jan/2511,29%11,35%
DI1F26DI Jan/2611,20%11,26%
DI1F27DI Jan/2711,25%11,32%

Rússia e Ucrânia em foco

O mundo acompanha a escalada da tensão entre Rússia e Ucrânia, que pressiona a cotação do barril de petróleo futuro. A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) afirmou que não pretende enviar tropas para a região mesmo com uma invasão russa ao país. 

O secretário-geral da organização, Jens Stoltenberg, afirmou que a Ucrânia é um “aliado”, mas não um país membro. Portanto, a Otan não poderia retaliar a Rússia imediatamente após uma invasão.

Mas as movimentações militares na fronteira entre os dois países geraram reações de líderes europeus e dos Estados Unidos. O Kremlin afirma que não pretende invadir a Ucrânia. O país é rota para o fornecimento de gás natural para a Europa e um controle da região pode colocar a Rússia em posição de vantagem frente ao velho continente.

Sobe e desce do Ibovespa

A 3R Petroleum é um dos principais destaques do dia. O mercado repercute a venda da participação da Petrobras em 22 concessões na Bacia Potiguar para a companhia, em uma operação de US$ 1,38, o que amplia a capacidade de produção da 3R. Confira as maiores altas do dia:

CÓDIGONOMEULTVAR
TOTS3Totvs ONR$ 29,265,33%
NTCO3Natura ONR$ 22,343,91%
MGLU3Magazine Luiza ONR$ 6,963,73%
RRRP33R Petroleum ONR$ 39,113,63%
VIIA3Via ONR$ 4,723,28%

Confira também as maiores quedas:

CÓDIGONOMEULTVAR
BRFS3BRF ONR$ 22,37-2,10%
CMIN3CSN Mineração ONR$ 7,04-1,54%
VALE3Vale ONR$ 82,46-1,43%
JBSS3JBS ONR$ 35,56-1,39%
CSNA3CSN ONR$ 25,40-1,05%
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

CVM recua e libera distribuição de dividendos do fundo imobiliário Maxi Renda FII (MXRF11) com base no ‘lucro caixa’ — relembre o caso

A xerife do mercado de capitais reconheceu “a existência de obscuridade e contradição” na decisão original

Superou o trauma? Bitcoin (BTC) segue no patamar de US$ 30 mil; saiba se a maior criptomoeda do mundo sustentará esse nível

BTC terá também que superar os críticos às moedas digitais, que não pouparam esforços para injetar ainda mais medo nesse mercado já extremamente desorientado

CEO do JP Morgan leva cartão vermelho de acionistas e pode ficar sem bônus milionário, entenda a decisão rara

A desaprovação foi a primeira desde que o conselho do banco norte-americano enfrentou um voto negativo sobre compensações desde que as regras foram introduzidas, há mais de uma década

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Hapvida, Magazine Luiza e Nubank tombam, mas Ibovespa fecha o dia no azul; confira os destaques desta terça-feira

O maior apetite ao risco e a expectativa de manutenção no ritmo de alta no juro nos Estados Unidos ajudou o Ibovespa, que teve um dia de ganho

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa sustenta alta após susto inicial com Powell; dólar cai abaixo dos R$ 5

O Ibovespa fechou o dia longe das mínimas, mas o dólar caiu 2% com o apetite por risco no exterior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies