🔴 5 MOEDAS PARA MULTIPLICAR SEU INVESTIMENTO EM ATÉ 400X – VEJA COMO ACESSAR LISTA

Eduardo Campos
Diário dos 100 dias
Eduardo Campos conta os bastidores do início do governo
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
dia 42

Igreja, crédito direcionado e o Piauí

Presidente pode deixar hospital nesta semana e dar andamento à reforma da Previdência. Agronegócio reclama de ações para cortar crédito subsidiado e tarifas de importação

Eduardo Campos
Eduardo Campos
11 de fevereiro de 2019
18:30 - atualizado às 14:12

O presidente Jair Bolsonaro segue internado em São Paulo, mas seu quadro melhora e ele já deixou a a unidade de terapia semi-intensiva. É possível que ele deixe o hospital ainda nesta semana. O retorno de Bolsonaro a Brasília seria o gatilho para o governo “voltar a andar”, já que a reforma da Previdência, e outras medidas aguardam o aval dele para seguir adiante. O porta-voz da Presidência, general Rêgo Barros, disse que estaria descarta, inicialmente, a apresentação da reforma no hospital. Ao longo do fim de semana, notícias dando conta de que o governo estaria preocupado com a postura de parte da igreja católica, conhecida como “clero progressista”, que usaria de evento no Vaticano para criticar Bolsonaro.

No lado econômico, atritos não surpreendentes surgem com a orientação do governo de reduzir crédito direcionado e revisar tarifas impostas a produtos importados. A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, reagiu ao aceno de Paulo Guedes de reduzir crédito a juros subsidiados ao setor. “Desmame de subsídios não pode ser radical”. Ainda no setor, a retirada de tarifa antidumping de leite em pó gerou enorme insatisfação, e já havia notícia de que Bolsonaro cedeu às reclamações e a tarifa protetiva voltará a ser aplicada. Temos aqui só uma amostra do tamanho do desafio que é “desestatizar o mercado de crédito” e promover a abertura comercial do país. Sempre que me deparo com essas notícias me lembro de uma frase que não sei o autor: "Se Thomas Edison fosse brasileiro, ele seria derrotado pelo lobby dos fabricantes de vela".

Sobre a reforma da Previdência, notícia do “Valor” nos informa que Bolsonaro voltou a defender critério regional para definir idade mínima. A notícia mostra uma insistente e pouco produtiva confusão entre expectativa de vida ao nascer e expectativa de sobrevida depois dos 60 anos, por exemplo. Indo direto ao ponto, pouco importa em termos de previdência que a expectativa de vida do Piauí (sempre citado) é de 69 anos, o que importa é que quem chega aos 60 anos ou mais tem expectativa de sobrevida praticamente igual a do restante do país, na casa de 20 anos. Além disso, o pessoal de menor renda já se aposenta por idade, pois não consegue completar os anos exigidos de contribuição. Colocando de outra forma, se aposenta mais cedo quem tem maior renda. A instituição de uma idade mínima deixaria essa equação mais justa.

A “boa notícia” veio de pesquisa do BTG Pactual e FSB, mostrando que a reforma tem apoio de 82% da Câmara e 89% do Senado. A boa notícia vem entre aspas, pois quando se apresentam alguns detalhes não há consenso ou vontade de “mudar o que está aí”. Não há entendimento sobre idade mínima, capitalização e modelo de transição. A batalha vai ser dura e, por ora, o que se intui é que teremos reforma, mas não temos ideia de qual reforma. São os “detalhes” que garantem (ou não) a sustentabilidade fiscal pretendida.

Leia aqui todo o Diário dos 100 Dias.

Compartilhe

DIA 100

Política interna e externa

10 de abril de 2019 - 17:53

Presidente comemora amanhã seus 100 dias e, enquanto isso, afaga deputados e se entende com países árabes

última página do diário

Os 100 dias de Bolsonaro: Foi bom para você?

10 de abril de 2019 - 5:16

Desempenho não foi frustrante e mostrou para o governo e para a população que a lógica da política é incontornável

dia 99

Encruzilhada pela frente

9 de abril de 2019 - 17:49

Bolsonaro defende Previdência em evento com prefeitos e chama Rodrigo Maia de irmão

DIA 98

Agradeço pelos serviços prestados

8 de abril de 2019 - 21:21

Presidente troca ministro da Educação e fala em dialogar com o Congresso pela aprovação da reforma da Previdência

dia 95

Não nasci para ser presidente

5 de abril de 2019 - 18:03

Presidente faz um desabafo, pede desculpas pelas caneladas, mas acerta as pernas de Paulo Guedes

DIA 94

Nada se falou sobre cargos

4 de abril de 2019 - 17:44

Bolsonaro recebe líderes partidário e enfatiza alto nível da conversa enquanto Guedes consegue fato inédito

DIA 93

Jogo pesado

3 de abril de 2019 - 17:59

Presidente promete maior atuação na reforma da Previdência

dia 92

Dia 92 de Bolsonaro: Polêmicas na Terra Santa

2 de abril de 2019 - 17:52

Afirmação que mais repercutiu foi sobre o nazismo ser de esquerda

dia 91

Sabedoria para bem decidir

1 de abril de 2019 - 17:33

Presidente tem que “bem decidir” como fazer a “nova política” e rápido

dia 88

O inimigo agora é outro

29 de março de 2019 - 17:56

Presidente e Rodrigo Maia parem ter selado um armistício

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar