Menu
Eduardo Campos
Diário dos 100 dias
Eduardo Campos conta os bastidores do início do governo
2019-04-16T12:52:28-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
DIA 98

Agradeço pelos serviços prestados

Presidente troca ministro da Educação e fala em dialogar com o Congresso pela aprovação da reforma da Previdência

8 de abril de 2019
21:21 - atualizado às 12:52

Depois de Gustavo Bebianno, o segundo ministro de Jair Bolsonaro a receber os agradecimentos pelos serviços prestados foi Ricardo Vélez Rodrigues, que deixa o Ministério da Educação depois uma série de declarações polêmicas e por “não estar dando certo”. Para o seu lugar vem o então número dois da Casa Civil, Abraham Weintraub. Que o novo ministro pacifique desentendimento que haviam dentro da pasta entre militares e apoiadores de Olavo de Carvalho.

Em entrevista à “Jovem Pan”, Bolsonaro disse acreditar que a reforma da Previdência será aprovada em pouco tempo e passou a bola, novamente, para o Legislativo que tem de avaliar o projeto. O presidente também se mostrou aberto ao diálogo para buscar soluções para as demandas dos parlamentares.

Enquanto sua entrevista era exibida, o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, mostravam um discurso afinado em defesa das reformas, mas pontuaram suas limitações no quesito articulação política.

Maia disse que perdeu a condição de ser articulador depois dos desentendimentos com Bolsonaro, que acha legítima a forma de atuação do presidente, mas que não é mulher de malando para ficar apanhando e achando que está bom.

Guedes disse não ter a pretensão de ser coordenador político, brincou com sua ida à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) dizendo: “vocês viram o desempenho que tive por lá” e disse que a coordenação está em excelentes mãos, com Rogério Marinho (secretário especial de Previdência). “Sou animal de combate, não sou animal para fazer essa coordenação”.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

CRIPTOMOEDA

Bitcoin ultrapassa US$ 60 mil antes de abertura de capital da Coinbase Global

Criptomoeda teve alta de 4,87%, a quatro dias de IPO da maior corretora de moedas digitais dos EUA

pandemia

Mortes por Covid-19 cresceram 468% no Brasil entre janeiro e março, alerta Fiocruz

Para os novos casos, o aumento foi de 701%; Sul e Centro-Oeste tendem a cenário mais crítico nas próximas semanas.

IPCA DE MARÇO

Inflação vai a 0,93% e mercado vê risco de estourar meta

Taxa acumulada passou a 6,10% no mês passado, reforçando temor de que inflação oficial termine o ano acima do teto da meta, de 5,25%.

congresso X executivo

Orçamento tem guerra de pareceres

Câmara e Senado se armaram com notas técnicas para mostrar que o presidente Jair Bolsonaro pode sancionar o Orçamento sem vetos a emendas; Ministério da Economia já prepara próprio embasamento jurídico.

Aura e Aeris: veja o que dizem os CEOs das novatas da bolsa e outras notícias que bombaram na semana no Seu Dinheiro

Novidade na praça sempre causa burburinho. Na bolsa não é diferente. É bem verdade que as opiniões divergem:Lindas!Não são lá tudo isso…Não sei, nunca ouvi falarA bolsa brasileira recebeu 43 novas integrantes em 2020 e 2021. E a fila para entrar continua a aumentar. Para você, amigo leitor, isso é excelente. São mais ações na […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies