Menu
Eduardo Campos
Diário dos 100 dias
Eduardo Campos conta os bastidores do início do governo
Dados da Bolsa por TradingView
2019-03-19T16:54:00-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
dia 66

Aquele 1% engajado com a reforma

Presidente volta a falar de Previdência, mas na Câmara atrasos devem se confirmar

7 de março de 2019
18:01 - atualizado às 16:54

Depois de uma semana sem tocar no assunto diretamente, o tema reforma da Previdência voltou ao discurso do presidente Jair Bolsonaro. Em evento no Rio de Janeiro, o presidente disse que “entraremos, sim, em uma nova Previdência” e que a reforma também atingirá os militares. A manifestação é pouco empolgante, mas melhor que a última fala sobre o tema, na qual o presidente falou das “gorduras” do seu projeto.

Depois dos alertas e apelos feito pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, a ideia transmitida era de que Bolsonaro usaria seu poder de comunicação e mobilização nas redes sociais para defender a reforma. Mas até agora, temos só pouco mais de 1% de engajamento. Levantamento feito pelos colegas do “Estadão” nos mostrou que dos 515 tuítes do presidente desde 1º de janeiro, o tema reforma da Previdência apareceu em apenas cinco deles.

O número de tuites subiu um pouco, mas sem impacto no quadro geral, pois no fim da tarde, Bolsonaro finalmente usou o “Twitter” para falar da importância da reforma, destacando que a partir dela “o país terá condições de estabilizar as contas, potencializar investimentos, viabilizar uma rígida reforma tributária e enxugar ainda mais a máquina pública, reduzindo nossas estatais”.

Se batalha da comunicação vai decepcionando, no lado da batalha política a coisa também não vai bem. O líder do governo na Câmara, major Vitor Hugo (PSL-GO) disse que a instalação das comissões da Casa deve levar de duas a três semanas. A instalação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), primeira parada da reforma, estava prevista para a próxima semana. Aliás, aguardar a próxima semana é o que resta.

Leia aqui todo o Diário dos 100 Dias.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Ajuste seu relógio

Pregão terá uma hora a mais a partir de novembro; entenda a mudança e veja a nova agenda da bolsa

As alterações começam a valer a partir do dia 8 de novembro; a B3 vai ajustar a bolsa para refletir o fim do horário de verão nos EUA

Nada de penny stock

Na Saraiva (SLED3 e SLED4), uma medida para aliviar a pressão da CVM — mas que não tira a corda do pescoço

A Saraiva (SLED3 e SLED4) quer fazer um grupamento de ações na proporção de 35 para 1, saindo da casa dos centavos — mas perdendo liquidez

Seu Dinheiro no sábado

O que esperar para os seus investimentos até 2024?

Como parte das comemorações de três anos do Seu Dinheiro, montamos um conteúdo especial para discutir o cenário de investimentos até 2024

PAPO CRIPTO #004

Bitcoin (BTC) pode chegar aos US$ 100 mil ainda este ano, tudo depende dos EUA, afirma André Franco ao Papo Cripto

As gamecoins como o Axie Infinity devem movimentar ainda mais o mercado até o final do ano

ATENÇÃO, ACIONISTA

Hapvida (HAPV3) vai recomprar até 100 milhões de ações; papéis acumulam queda de 17% no ano

A operadora de saúde anunciou hoje que dará início a um programa de recompra de papéis com duração de até 18 meses

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies