Menu
Eduardo Campos
Diário dos 100 dias
Eduardo Campos conta os bastidores do início do governo
2019-04-04T13:56:37-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Dia 37

Apoio condicionado

Tempo é o ativo mais precioso que existe e é algo que não “sobra” quando se trata de reformas e negociações com o Congresso

6 de fevereiro de 2019
18:30 - atualizado às 13:56

O presidente Jair Bolsonaro continua o processo de recuperação em São Paulo. No núcleo familiar, o senador Flávio Bolsonaro é alvo de uma investigação por suposto crime eleitoral envolvendo compra e venda de imóveis. Aqui em Brasília, notícias de “caneladas” no início do trabalho de articulação política pelo líder do governo na Câmara, major Vitor Hugo, que fez um convite de reunião por “Whatsapp”, falando aos colegas em base "do apoio consistente e do apoio condicionado".

Consistente ou condicionado, o que importa, como disse ontem o presidente da Câmara Rodrigo Maia, é ter votos para levar a reforma da Previdência adiante. Nesse sentido, Vitor Hugo disse que o governo vai negociar com partidos políticos. Na campanha, o governo deu grande ênfase a negociações com bancadas temáticas. Não sei se é uma mudança ou ampliação de rumos. A conferir. O porta-voz da Presidência, general Rêgo Barros, foi questionado sobre a atuação do major Vitor Hugo e deitou elogios ao escolhido pelo presidente para fazer "o processo de convencimento do Congresso" e disse que Bolsonaro não esboçou “qualquer iniciativa de cambiar” o major, que é parlamentar de primeiro mandato. Segundo o porta-voz, "o tempo dirá sobre o acerto do presidente na escolha". Tempo é o ativo mais precioso que existe e é algo que não “sobra” quando se trata de reformas e negociações com o Congresso.

Leia aqui todo o Diário dos 100 Dias. Trincheira

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Mais uma opção

Empresa protocola na Anvisa pedido para uso emergencial da Sputnik V

Neste domingo, Anvisa se reunirá para tratar de pedidos para uso de vacinas CoronaVac e a da AstraZeneca/Oxford

Seguro obrigatório

Pagamento de indenizações do DPVAT passa a ser feito pela Caixa

Banco agora é o responsável pela gestão dos recursos do seguro e pelo pagamento das indenizações. A medida começa a valer a partir desta segunda-feira

Sinal verde

Bolsonaro não deve mais barrar a Huawei no leilão do 5G no Brasil

Segundo fontes do Palácio do Planalto e do setor de telecomunicações, o banimento da empresa chinesa provocaria um custo bilionário com a troca dos equipamentos

Impasse

Guedes monta operação ‘apara arestas’ para manter Brandão à frente do Banco do Brasil

Por enquanto, o presidente do BB está no “limbo” na avaliação de funcionários do próprio banco, sem uma manifestação pública do presidente e de Guedes

IPO

Espaçolaser pode arrecadar até R$ 3 bilhões em estreia na B3

Maior rede de clínicas de depilação do País lançou ontem sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês)

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies