Menu
Eduardo Campos
Diário dos 100 dias
Eduardo Campos conta os bastidores do início do governo
2019-04-04T13:56:37-03:00
Dia 37

Apoio condicionado

Tempo é o ativo mais precioso que existe e é algo que não “sobra” quando se trata de reformas e negociações com o Congresso

6 de fevereiro de 2019
18:30 - atualizado às 13:56

O presidente Jair Bolsonaro continua o processo de recuperação em São Paulo. No núcleo familiar, o senador Flávio Bolsonaro é alvo de uma investigação por suposto crime eleitoral envolvendo compra e venda de imóveis. Aqui em Brasília, notícias de “caneladas” no início do trabalho de articulação política pelo líder do governo na Câmara, major Vitor Hugo, que fez um convite de reunião por “Whatsapp”, falando aos colegas em base "do apoio consistente e do apoio condicionado".

Consistente ou condicionado, o que importa, como disse ontem o presidente da Câmara Rodrigo Maia, é ter votos para levar a reforma da Previdência adiante. Nesse sentido, Vitor Hugo disse que o governo vai negociar com partidos políticos. Na campanha, o governo deu grande ênfase a negociações com bancadas temáticas. Não sei se é uma mudança ou ampliação de rumos. A conferir. O porta-voz da Presidência, general Rêgo Barros, foi questionado sobre a atuação do major Vitor Hugo e deitou elogios ao escolhido pelo presidente para fazer "o processo de convencimento do Congresso" e disse que Bolsonaro não esboçou “qualquer iniciativa de cambiar” o major, que é parlamentar de primeiro mandato. Segundo o porta-voz, "o tempo dirá sobre o acerto do presidente na escolha". Tempo é o ativo mais precioso que existe e é algo que não “sobra” quando se trata de reformas e negociações com o Congresso.

Leia aqui todo o Diário dos 100 Dias. Trincheira

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

balanço da doença

Brasil acumula 4,55 milhões de casos e 137,2 mil mortes por covid-19

Nas últimas 24 horas, o Brasil registrou 377 mortes por covid-19, segundo o Ministério da Saúde

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Razão e Sensibilidade no mercado financeiro: a recente pressão de preços e possíveis alternativas

De todos os romances de Jane Austen, prefiro “Razão e Sensibilidade” — talvez pelo fato de estar em um ambiente tão atrelado à ambivalência: os mercados financeiros

Disputa com a Stone

Linx se recusa a assinar protocolo de oferta da Totvs, que sobe tom contra conselheiros da empresa

Totvs ainda não desistiu do negócio, mas disse que os conselheiros independentes da Linx trataram a oferta da companhia de forma desigual em relação à proposta feita pela Stone

seu dinheiro na sua noite

A segunda onda (e o primeiro teste)?

A bolsa brasileira ganhou 1 milhão de pessoas físicas nos últimos seis meses. São novos investidores que praticamente não sabem o que é perder dinheiro na renda variável. O Ibovespa registrou uma alta de respeitáveis 40% entre março — o epicentro do terremoto nos mercados provocado pela crise do coronavírus — e agosto. O ganho […]

abertura de capital

Bradesco planeja IPO da Ágora e corretora deve se separar do banco até o fim do ano

Analistas do Goldman Sachs tiveram conferência com os diretores do Bradesco, Leandro Miranda e Carlos Firetti. O plano é realizar o IPO depois de a Ágora conquistar o segundo lugar do setor em termos de participação de mercado — o que é previsto para acontecer dentro de 4 ou 5 anos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements