Menu
2019-06-07T18:43:03+00:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Um polvo da construção

Duratex anuncia a compra da Cecrisa por R$ 1 bilhão e amplia ainda mais seu espaço no mercado

Anúncio feito nesta quinta-feira está em linha com o modelo de negócio da companhia, que espera estabelecer um sistema “one stop shop” no setor de materiais de construção

23 de maio de 2019
15:13 - atualizado às 18:43
pisos
Com a compra da Cecrisa, Duratex passa a deter a marca Portinari de pisosImagem: Shutterstock

Um gigante ganhando cada vez mais braços. Pouco menos de dois anos após adquirir a fabricante de cerâmicas catarinense CEUSA, a Duratex (DTEX3) voltou ao mercado e anunciou nesta quinta-feira, 23, a aquisição de 100% do capital da Cecrisa Revestimentos Cerâmicos. O acordo prevê o pagamento de quase R$ 1 bilhão, incluindo aquisição de ativos (R$ 539 milhões) e de dívidas (R$ 442 milhões).

O movimento é considerado essencial para acelerar o novo modelo de negócios da Duratex. Há alguns anos, a empresa mira um sistema chamado de "one stop shop", cuja ideia é fornecer diversas soluções e uma ampla gama de produtos para os clientes.

Fundada na década de 1970, a Cecrisa é hoje uma das maiores empresas de revestimentos cerâmicos do Brasil. Ela deve agregar mercado à Duratex graças à sua posição de vantagem no segmento "premium" de cerâmicas, uma vez que é dona da marca Portinari, considerada uma referência em design de alto padrão no país.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Atualmente, a Duratex já está por trás de diversas marcas, como a Durafloor (pisos laminados e LVT), Deca (louças e metais sanitários), Hydra (produtos para aquecimento de água e válvulas), Duratex (painéis de madeira e revestimentos de paredes e forros) e Ceusa (revestimentos cerâmicos).

Para além da marca, a aquisição da Cecrisa foi justificada pelos resultados financeiros atrativos que a empresa veio apresentando nos últimos anos. Além disso, a Duratex também vê grande potencial para ser um complemento de negócios para a Ceusa, tanto pelo portfólio quanto pela sua localização estratégica, próxima à unidade da Ceusa em Santa Catarina.

Compra que eu gosto

Em fato relevante divulgado ao mercado, a Duratex afirmou que a conclusão da operação de compra está sujeita ao cumprimento de condições precedentes, entre elas a aprovação da aquisição pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Ainda que esteja longe de ser concluído, o projeto anunciado agradou bastante os investidores. Na bolsa, as ações ordinárias da Duratex dispararam logo após a abertura do pregão de hoje e fecharam o dia em alta de 6,11%.

Compra que eu gosto (2)

De modo geral, os analistas de mercado receberam com bons olhos a aquisição anunciada pela Duratex.

Para o Banco Safra, a compra terá um impacto positivo sobre o processo de transformação realizado dentro da empresa. O banco destacou a iniciativa de buscar a diversificação de produtos através de segmentos de alta rentabilidade, como é o caso da marca Portinari.

O Safra também observou que o acordo deve ter um impacto reduzido no fluxo de caixa da Duratex, uma vez que as saídas para a compra da Cecrisa serão parcialmente compensadas pela entrada de R$ 400 milhões referentes à segunda etapa da venda de ativos para a Suzano. A operação foi realizada em maio do ano passado, mas o pagamento dessa segunda parcela deve aparecer apenas no balanço do 2º trimestre de 2019.

Já o Bradesco BBI divulgou um relatório bastante positivo sobre o negócio. Para os analistas de lá, "a Duratex está expandindo sua presença em um mercado importante dentro de materiais de construção, com (...) uma excelente complementaridade ao seu portfólio atual de produtos".

O Bradesco BBI estima que a Duratex se torne a quarta maior produtora de cerâmica do Brasil, com uma participação de mercado de cerca de 3%. Os analistas mantiveram sua classificação "Outperform" (acima da média do mercado) sobre as ações da companhia.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Seu Dinheiro na sua noite

Tupi or not tupi

Há quase um século, o escritor Oswald de Andrade redigia o Manifesto Antropofágico, o clássico (e divertidíssimo) texto no qual defende a valorização de uma cultura verdadeiramente brasileira. A ideia não era se opor à influência estrangeira, mas devorá-la. A zoeira com o monólogo de Shakespeare em Hamlet (“To be, or not to be”) sintetiza […]

No júri

Petrobras tem vitória no Carf em processo envolvendo R$ 5,1 bilhões

Processo administrativo fiscal trata da cobrança de CIDE-Importação sobre remessas ao exterior para pagamento de contratos de afretamento

Crédito mais barato

Caixa apresenta nova modalidade de financiamento com juros atrelados ao IPCA

Taxas de juros da nova modalidade vão oscilar entre 2,95% a 4,95% ao ano mais a variação do IPCA. A demanda estimada pelo produto está na casa de R$ 50 bilhões

Vai tranquilo

Maia sobre reforma tributária: “não estamos com pressa”

Presidente da Câmara diz querer estabelecer um debate sobre o tema de forma tranquila e profunda

De mudança e sob nova direção

Após governo mandar Coaf para o BC, Ricardo Liáo é nomeado novo presidente do órgão

Indicação é vista como uma forma de garantir certa continuidade na administração do Coaf

Sem sinal

Oi perde quase metade do valor na bolsa em apenas quatro dias

Com mais de 37,5 milhões de clientes no país, Oi passa a ser avaliada em apenas R$ 4,4 bilhões na B3; só hoje, as ações ordinárias da operadora registraram uma desvalorização de 27%, cotadas a R$ 0,73

DE OLHO NO GRÁFICO

Queda do Ibovespa, S&P e as ações para ficar de olho

No De Olho no Gráfico de hoje, Fausto Botelho fala de suas expectativas para o Ibovespa, o S&P, o Nasdaq, o dólar e o desempenho das ações para as quais tem recomendação de venda

Primeiro texto

Relator da reforma da Previdência no Senado diz estar fazendo esforço para entregar relatório na sexta-feira

A presidente da CCJ, Simone Tebet, já havia dito que essa era a previsão, sendo que a leitura do documento será feita no dia 28

Siga o dinheiro

Fluxo do gringo na bolsa em 2019 ainda é positivo e eu posso provar

Dados disponibilizados pela B3, que mostram saída de R$ 19 bilhões até 15 de agosto, não contabilizam valores movimentados em ofertas de ações

um passo atrás

‘Não quero submeter meu filho ao fracasso’, diz Bolsonaro sobre Embaixada

Presidente admitiu a possibilidade de desistir da nomeação de seu filho, após “guerra de pareceres” no Senado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements