Menu
2019-05-24T11:56:48+00:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Mercado de capitais

Bancos têm R$ 40 bilhões “contratados” em ofertas de ações de empresas na bolsa

Número considera tanto ofertas públicas iniciais de ações (IPO) como de empresas já listadas (follow ons) e pode ser ainda maior, dependendo da aprovação da reforma da Previdência

24 de maio de 2019
11:55 - atualizado às 11:56
Sede da B3 em São Paulo
Sede da B3 em São Paulo - Imagem: Shutterstock

Apesar da agenda política conturbada, as empresas seguem bastante ativas nos bastidores do mercado de capitais. Os bancos que coordenam ofertas de ações na bolsa possuem hoje um volume de R$ 40 bilhões em emissões "contratadas" para acontecer neste ano.

O número foi divulgado hoje por Hans Lin, responsável pela área de banco de investimento do Bank of America Merrill Lynch (BofA), e considera tanto as ofertas de novas empresas via IPO (sigla em inglês para oferta pública inicial de ações) como emissões de empresas já listadas (follow ons).

Incluindo as operações que ainda estão em discussão, ele afirmou que esse número pode aumentar para R$ 80 bilhões. O que vai fazer a diferença é o tema que centraliza - e paralisa - as discussões no país.

"A reforma da Previdência é a chave", afirmou Lin a uma plateia de investidores reunidos em um evento da Abvcap, associação que reúne os gestores de fundos que compram participações em empresas, conhecidos como "private equity".

Com a aprovação da Previdência, a bolsa brasileira pode receber até R$ 400 bilhões adicionais em recursos nos próximos anos, principalmente de estrangeiros, segundo Lin.

A redução da taxa de juros para o menor patamar histórico joga a favor do investimento em bolsa. Nas contas do executivo do BofA, os fundos de ações recebem entre R$ 500 milhões e R$ 1 bilhão por semana de recursos que antes estavam alocados em renda fixa.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

O número de empresas na bolsa pode crescer de forma "dramática" com a aprovação das reformas, afirmou Pedro Costa, responsável no Santander pela área de mercado de capitais na área de ações, que também participou do evento.

A expectativa é que a agenda de ofertas de ações nos próximos seja concentrada na venda das participações detidas pela Caixa Econômica Federal, segundo Costa.

O executivo do Santander reconheceu, porém, que o otimismo já não é o mesmo do início do ano em razão da agenda política travada. "O clima está mais desafiador, mas ainda não azedou", disse.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Análise

Pode ir se acostumando com dólar mais caro

Fortalecimento do dólar é fenômeno global amplificado por questões locais e crise na Argentina. Disney vai demandar maior planejamento

Apoio declarado

Em podcast, Maia diz que decisão do governo de transferir Coaf para BC é boa

Presidente da Câmara afirmou também que a Casa irá discutir a proposta de autonomia do Banco Central

Seu Dinheiro na sua noite

Belo, recatado e dólar

Foi Edmar Bacha, um dos criadores do Plano Real, quem ensinou a jamais fazer previsões sobre o dólar. É dele a conhecida frase de que a taxa de câmbio foi criada por Deus apenas para humilhar os economistas. Hoje foi um típico dia de humilhação para quem acompanha o mercado financeiro. Mesmo com o noticiário […]

Google e Facebook na mira

Procuradores dos EUA preparam investigação antitruste de gigantes de tecnologia

Investigações devem se concentrar no uso de algumas plataformas de tecnologia dominantes para ofuscar a concorrência

Dança das cadeiras

Receita confirma substituição do subsecretário-geral João Paulo Ramos Fachada

Servidor de carreira, Fachada era o número dois da Receita e é, na prática, o responsável pela gestão do dia a dia do Fisco

Agilidade

Líder do governo defende votar reforma tributária em 45 dias no Senado

Se executado, o prazo coincidiria com a tramitação da reforma da Previdência na Casa

Grupo das aéreas

Avianca Brasil deixará Star Alliance em setembro

Com o movimento, a rede global de companhias aéreas não terá mais empresas brasileiras entre seus membros

Enquanto isso, no Congresso...

Projeto de Lei que reduz para 1% royalties de campos de petróleo marginais avança no Congresso

PL 4663/2016, de autoria de Beto Rosado (Progressista/RN) propõe cortar de 10% para 1% o royalty sobre a produção de campos marginais

BR Distribuidora na conta

Postos ‘bandeira branca’ ganham força e geração de caixa de gigantes de distribuição decepcionam no 2º tri

No centro do problema, as gigantes do setor BR Distribuidora, Raízen Combustíveis e Ipiranga apontaram um vilão em comum: a crise econômica

Expectativas

Vice-presidente da Toyota Brasil diz que venda direta deve chegar a 50% no país em 2019

Vendas diretas são como o setor chama os veículos vendidos pelas montadoras diretamente para os clientes

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements