Menu
2018-11-16T12:14:20+00:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Bolsa

Ações da BR Distribuidora disparam depois que Mourão fala em privatização

A “palavra mágica” para os ouvidos do mercado foi dita pelo vice-presidente eleito por videoconferência em um evento do Bradesco BBI em Nova York

13 de novembro de 2018
15:00 - atualizado às 12:14
Posto de combustíveis Petrobras / BR Distribuidora
Imagem: Shutterstock

A palavra mágica "privatização" levou a uma corrida na tarde de hoje às ações da BR Distribuidora, rede de distribuição e postos de combustíveis controlada pela Petrobras.

As ações chegaram a mais de 8% na máxima do dia após o vice-presidente eleito, Hamilton Mourão, afirmar que a empresa pode passar para as mãos da iniciativa privada. Ele disse que essa também é a opinião do presidente eleito Jair Bolsonaro, de acordo com informações da agência Bloomberg.

Antes da fala de Mourão, os papéis da empresa eram negociados em queda, em linha com o resto da bolsa hoje. No fechamento, as ações da BR subiram 5,49%.

O general da reserva falou hoje por videoconferência em um evento do Bradesco BBI em Nova York. Ele também disse que o atual presidente da Petrobras, Ivan Monteiro, deve ser mantido no cargo no governo Bolsonaro.

A BR Distribuidora abriu o capital no fim do ano passado. Na ocasião, a Petrobras vendeu 28,75% do capital da empresa, por pouco mais de R$ 5 bilhões.

A oferta de ações da subsidiária fez parte do plano da estatal de reduzir o endividamento. A Petrobras chegou a negociar a venda direta da participação a investidores estratégicos, mas não fechou acordo.

Desde a estreia, as ações da BR Distribuidora acumulam uma alta de 48,6%, sem considerar a variação de hoje, de acordo com a Economatica. O valor de mercado da companhia no fechamento de ontem era de pouco menos de R$ 25 bilhões.

Sem considerar a valorização de hoje na bolsa, a participação da Petrobras na empresa equivale a R$ 17,8 bilhões. Mas deve aumentar consideravelmente se a privatização de fato caminhar.

Embraer

Além da BR Distribuidora, as ações da Embraer pegam uma carona nas declarações de Mourão. O vice de Jair Bolsonaro disse que o acordo da fabricante de aeronaves brasileira com a americana Boeing e a Embraer é bom será mantido pelo novo governo.

Depois da declaração, os papéis da Embraer deixaram as mínimas do dia e fecharam em alta de quase 3%, ante uma queda de 0,71% do Ibovespa, o principal índice da bolsa.

Ainda segundo Mourão, o Brasil poderá privatizar entre 140 e 150 empresas estatais.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Vitória do governo

Câmara aprova texto-base da MP que reformula estrutura do Executivo

No início da votação, o PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro que vive uma crise interna, obstruiu a tramitação e tentou esvaziar o quórum do plenário

Investigação

CVM aplica R$ 82 milhões em multas em esquema intermediado por Cruzeiro do Sul

Inquérito aberto em 2010 pela xerife do mercado de capitais identificou prejuízos milionários a fundos de pensão de estatais como Copel, Eletronuclear, Correios e Cedae

Em meio à crise

Líder do PSL na Câmara diz que partido não vai expulsar nenhum parlamentar

Delegado Waldir negou também que vá haver qualquer retaliação do partido em relação ao governo do presidente Jair Bolsonaro

Perto do fim

CCJ do Senado marca reunião para analisar emendas do 2º turno da reforma da Previdência

Até o momento, senadores apresentaram nove sugestões de alteração, que mexem na redação da proposta

Seu Dinheiro na sua noite

Quando a realidade se impõe

Groucho Marx dizia que jamais faria parte de um clube que o aceitasse como sócio. Durante muito tempo os brasileiros trataram erroneamente a bolsa de valores como o tipo de clube desprezado pelo lendário comediante. Mas essa realidade começa a mudar. Quem decidiu ingressar no clube da renda variável no início do ano obteve um […]

De olho no gráfico

S&P vai, não vai, fez que vai…

Apesar da recente alta em um dos principais índices da bolsa de Nova York, Fausto Botelho ainda projeta um ciclo de queda

Dados do Tesouro

União honra R$ 442,6 milhões e dívidas de governos estaduais em setembro

Nos primeiros nove meses de 2019, o governo federal precisou desembolsar R$ 5,695 bilhões para honrar dívidas garantidas pela União de quatro Estados

Papo reto

Para Sabesp, metas definidas pelo relator no marco do saneamento são difíceis de atender

Entre os pontos tidos como difíceis de cumprir está o limite de 25% para subdelegações pelo prestador de serviços

Falando em projetos...

Na reforma da Previdência dos militares, contribuições devem aumentar mais rápido que o proposto pelo governo

Segundo relatório da Câmara, a cobrança que hoje é de 7,5% passará a 9,5% já no ano que vem, chegando a 10,5% em 2021

Gestoras

JGP lista 6 fatores que devem impulsionar a economia e empurrar a bolsa para cima em 2020

Gestora acredita que migração de renda fixa para ações vai continuar dando força ao Ibovespa. Carta de setembro também faz uma defesa do teto de gastos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements